Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
5Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
A Música No Brasil Colonial anterior à chegada da Corte de D. João VI

A Música No Brasil Colonial anterior à chegada da Corte de D. João VI

Ratings: (0)|Views: 1,324|Likes:
Published by Falcon Ffalconeti
Estudos sobre a música produzida em terras brasileiras em período anterior à segunda metade do século XVIII.
Estudos sobre a música produzida em terras brasileiras em período anterior à segunda metade do século XVIII.

More info:

Categories:Types, Research, History
Published by: Falcon Ffalconeti on Oct 21, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

07/06/2013

pdf

text

original

 
H
ARRY
C
ROWL
A música noBrasil Colonialanterior àchegada daCorte deD. João VI
22
 
OS AVANÇOS DOS ESTUDOS MUSICOLÓGICOS NOSÚLTIMOS ANOS, NA ÁREA DA MÚSICA PRODUZIDANO BRASIL NA ÉPOCA DA CONIA, M APONTADOSEMPRE PARA UM FATO QUE JÁ NOS PARECEIRREVERSÍVEL – DESCONHECE-SE TODA A MÚSICAPRODUZIDA EM TERRAS BRASILEIRAS EM PERÍODOANTERIOR À SEGUNDA METADE DO SÉCULO XVIII.ASSIM COMO TAMBÉM DESCONHECEMOS A MAIORPARTE DO QUE SE PRODUZIU NAS REGIÕES NORTEE NORDESTE EM TODA A ÉPOCA COLONIAL.
23
 
24
Em Recife, encontramos o nome de Luís ÁlvaresPinto (1719-1789). Esse compositor, regente, poeta eprofessor viajou, por volta de 1740, para Lisboa, ondeestudou com Henrique da Silva Negrão, organista dacatedral de Lisboa, e que foi discípulo de Duarte Lobo.Na época em que viveu na capital portuguesa, elecompunha, tocava violoncelo na Capela real, faziacópias de música e dava aulas em casas de nobres.Na relação de músicos portugueses publicada porJosé Mazza, em 1799, ele informa o seguinte sobreesse compositor: “Luis Alvares Pinto naturalde Pernambuco, excelente Poeta Português e Latino,muito inteligente na língua Francesa, e Italiana;acompanhava muito bem rabecão, viola, rabeca veioa Lxa aprender contraponto com célebre Henrique daSilva, tem composto infinitas obras com muito acertoprincipalmente eclesiásticas; compôs (ultimat.e humasexequias) à morte do Senhor Rey D. José o primeiroa quatro coros, e ainda em composições profanas temescrito com muito aserto
(sic)
.
Em 1761 já estava de volta a Pernambuco,profissionalmente atuante. Nesse mesmo ano escreveua
 Arte de Solfejar 
, cujo manuscrito encontra-sena Biblioteca Nacional de Lisboa. Foi responsávelpela formação de vários músicos e mestres-de-capela.L. A. Pinto foi também militar, tendo tido a patentede capitão do regimento de milícia confirmadatambém em 1766.Luís Álvares Pinto foi também um dos primeiroscomediógrafos nascidos no Brasil. Sua peça teatral emtrês atos,
 Amor Mal Correspondido
, foi encenada em 1780.Em 1782, por ocasião da inauguração da igrejade São Pedro dos Clérigos, foi confirmado na funçãode mestre-de-capela, cargo que já desempenhava desde1778 e que ocupou até 1789, ano de seu falecimento.De suas poucas composições que alcançaramos nossos dias restaram apenas um
Te Deum
alternado,cuja orquestração perdeu-se, e um
Salve Regina
para trêsvozes mistas, violinos I e II e baixo contínuo. Constaainda ter composto três hinos a Nossa Senhora daPenha, um hino a Nossa Senhora do Carmo, um hinoa Nossa Senhora Mãe do Povo, um Ofício da Paixão,matinas de São Pedro, matinas de Santo Antônio,novenas, ladainhas e sonatas.
O
conjunto da produção musical encontrado na capitania-geral das Minas Gerais, na época do ciclo do ouro,tornou-se a referência mais antiga da produção musicalartística no Brasil. Salvo alguns poucos exemplosisolados de manuscritos encontrados em outras regiõesdo país, a produção mineira consistiu-se no primeirogrande conjunto de obras musicais disponíveis parao desenvolvimento de um estudo mais aprofundadosobre a expressão musical no país.Apesar do deslocamento do eixo econômico paraa região das Minas Gerais, é nas capitanias-gerais daBahia e Pernambuco que encontraremos as referênciasmusicais comprovadamente mais antigas do Brasil.Considerando que as descobertas de Mogi-das-Cruzesna década de 1980 apontam para as práticaspolifônicas portuguesas anteriores ao século XVIII,somos obrigados a retomar a antiga capital da colônia,Salvador, como ponto de partida para qualquerconsideração que queiramos fazer sobre a músicaexclusivamente escrita no Brasil, na época anteriorà independência política. Sendo a região por ondeiniciou-se a colonização, a Bahia apresenta nessaépoca uma sociedade já relativamente sedimentada,se comparada com as demais regiões da Colônia.Poderíamos acrescentar a Capitania de Pernambucocomo a segunda região mais importante do pontode vista sócio-cultural e econômico. Nesse sentido,o achado mais importante até agora é uma obrade caráter profano, anônima, composta em 1759,denominada
 Recitativo e Ária
. Esse manuscrito parasoprano, violinos I e II, e baixo contínuo, datado de2/7/1759, está dedicado a José Mascarenhas PachecoPereira de Mello, um importante magistrado da“Casa de Suplicação”, a suprema Corte de Justiçade Portugal, na época. Essa composição, que estábaseada num texto vernáculo, também de autoriadesconhecida, é uma laudatória em homenagemao referido magistrado, que estava ligado à “AcademiaBrasílica dos Renascidos”, uma sociedade intelectualsemelhante à “Arcádia Romana”. O referidomagistrado estava recém-restabelecido de uma longaenfermidade e, ao que parece, o
 Recitativo e Ária
foi composto especialmente para recebê-lo numadas reuniões da Academia”.

Activity (5)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
João Gabriel liked this
limacastor liked this
Ze Bomba liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->