Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
7Activity

Table Of Contents

UMA RELAÇÃO DE AGRADECIMENTOS
Os Meliponíneos e outras abelhas
Os nomes e a identidade dos Meliponíneos
A distribuição geográfica
As tentativas de aclimatação
OS MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO
A cera
O cerume
As resinas ou própolis
O geoprópolis
O barro
Os excrementos dos vertebrados
Outros materiais usados pelas abelhas indígenas sem ferrão
A ARQUITETURA DOS NINHOS
Os depósitos de própolis
Os batumes
A entrada e o túnel de ingresso
O invólucro
Os potes de alimentos
As câmaras de aprisionamento
Os cabos ou colunas
O escutelo
Os pequenos depósitos de detritos
Os pequenos materiais depositados
As galerias de drenagem
A DETERMINAÇÃO DOS SEXOS E CASTAS
Alguns aspectos genéticos e alimentares
A QUESTÃO DOS MACHOS DIPLÓIDES
Considerações Gerais
Na Apis mellifera
Nos bombíneos (mamangabas sociais)
Nos Meliponíneos
AS RAINHAS, AS OPERÁRIAS E OS MACHOS
As rainhas, determinação e "ritual" de postura
As operárias e suas funções
Os machos ou zangãos e seus hábitos
A idade e a cor de operárias e machos
ALGUMAS CAPACIDADES E ATIVIDADES BÁSICAS
A divisão geral do trabalho
As distâncias de vôo
Do ovo ao adulto
A comunicação entre as abelhas campeiras
A enxameação
A ESCOLHA DAS ESPÉCIES
As abelhas de lugares distantes
As espécies nativas da região
O recenseamento preliminar
A abundância de colônias nativas
Alguns cuidados importantes
Seguindo abelhas em vôo
A procura e o corte de árvores
O transporte da colônia capturada
A captura de colônias subterrâneas
A obtenção de colônias por meio de "colmeias iscas"
Caixotes provisórios
O TRANSPORTE E O RECEBIMENTO DE COLÔNIAS
Considerações gerais
A alimentação prévia
O fechamento da entrada
A embalagem
O transporte por via aérea
A abertura da colmeia recém-chegada
O exame da colônia antes e depois da remessa
O aproveitamento das colônias que morrem em viagem
O deslocamento da colmeia para longe e para perto
Os suportes fixos para as colmeias
Os suportes móveis para as colmeias
As banquetas de alvenaria
As banquetas de concreto
As localizações demasiado frias
As localizações demasiado quentes
Os quadros de ferro e as ripas de madeira removíveis
A água corrente
Os depósitos de materiais, colmeias e instrumentos
As telhas
As luzes perigosas
Os ladrões de duas pernas
Um meliponário concentrado
Os bebedouros
Os abrigos subterrâneos
As estufas aquecidas
Os caixotes de proteção
UMA NOVA COLMEIA RACIONAL PARA MELIPONÍNEOS
Uma breve perspectiva histórica
O projeto de uma colmeia nova e aperfeiçoada
A relação de peças para uma colmeia de gavetas empilhadas
O espaço livre, quadrado e central, para a cria
A colmeia de tamanho grande
As outras dimensões e características
A colmeia de tamanho mediano
As peças para colmeias medianas de 2 gavetas
Outras dimensões e características
A colmeia de tamanho pequeno
As peças para colmeias pequenas de 2 gavetas
A colmeia de tamanho muito pequeno
As peças para colmeias muito pequenas de 2 gavetas
ALGUNS DETALHES DAS COLMEIAS
O tamanho da entrada
Os tetos ou coberturas
Os espaços laterais
Os sulcos e as varetas de contenção
O tamanho dos espaços livres centrais das gavetas de cima
Uma colmeia de uso múltiplo e seus quadros de aumento
As madeiras da colmeia
A pintura e o isopor
A diminuição do espaço interno excessivo
Algumas recomendações específicas
AS ATIVIDADES DE MANUTENÇÃO
A manutenção do meliponicultor
As inspeções periódicas
Algumas ferramentas
O manejo dos batumes
O manejo dos potes
Os faroletes
A retirada e a reposição de gavetas e tetos
As abelhas mais agressivas
As abelhas agarradas aos véus e tecidos
As construções presas ao teto
Primeiro o dever
COMO FORTALECER AS COLÔNIAS
A umidificação
A alimentação artificial com polem e substitutos
A alimentação artificial com produtos diversos
A alimentação artificial com xarope de água e açúcar
A alimentação artificial com mel
Os tipos de alimentadores
Um novo alimentador
A quantidade de alimentos a dar
O cerume e a cera de reforço
O própolis de reforço
Os favos e os cachos de cria
A reunião de colônias
Alguns métodos de divisão de colônias
Os procedimentos para a divisão
O MANEJO DAS RAINHAS
Nas colônias de Meliponíneos
A substância de rainha
A retirada prévia da rainha poedeira
Odores estranhos
A ORFANDADE
Prazo inicial
As operárias poedeiras produtoras de zangãos
A ausência de operárias poedeiras em colônias órfãs
O controle da orfandade
A ausência de fecundação
A ausência de casulos reais
A multiplicidade de formas regionais
Algumas conclusões
As funções do polem
A colheita e o transporte do polem
A samora ou saburá
O melato
A colheita do mel
As épocas de maior presença de mel nas colmeias
Os méis mais saborosos
A meliponicultura migratória
HÁBITOS ANTI-HIGIÊNICOS DE CERTAS ABELHAS
Hábitos indesejáveis e anti-higiênicos das abelhas
AS PROPRIEDADES ANTIBIÓTICAS DO MEL
Estudos e pesquisas
Outros antibióticos no mel
As misturas de méis que possuem diferentes teores antibióticos
A ação contra fungos
Substâncias antibióticas produzidas pelas próprias abelhas
Usos medicinais e cuidados necessários
COMO PASTEURIZAR E CONSERVAR BEM O MEL
Por que pasteurizar
Como pasteurizar
Aquecimento e botulismo
O papel da acidez em conjunto com a temperatura
Mel cristalizado
Méis perigosos
O mel e a samora/saburá semi líquida das IRATIM ou LIMÃO
Os méis tóxicos no Paraguai, Misiones, Rio Grande do Sul
As lendas do "vamos embora" e do "mel de Abreu"
As intoxicações causadoras de tonturas
Os casos graves no Estado de São Paulo
Distinguindo as possíveis causas
Uma hipótese fitotoxínica
Os esporos no mel e o botulismo intestinal
O botulismo intestinal infantil e o mel
Outros casos graves causados pela ingestão de samora/saburá (polem)
Araribá
Balsa
Canora-canê ou Cangará-canê
Espatódea ou tulipeira do Gabão
Malaleuca
Mulungu
Tílias
Tupuraiba
Uvaia grande
Velame
Barbatimão
AS MORTALIDADES DA CRIA
Observações na Europa
As observações do Dr. Hermann von Ihering
As observações do Dr. José Mariano-Filho
As observações do Prof. Dr. Warwick E. Kerr
As observações de diversos autores
Um ácaro perigoso
Um ácaro terapêutico
A amostragem da cria
Uma severa mortalidade de pupas
A mortalidade causada por calor solar excessivo
A mortalidade da fase de transição (MFT)
A natureza da mortalidade da fase de transição (MFT)
A mortalidade de embriões e larvas jovens
Alimento larval infestado
A postura infértil
AS MORTALIDADES DAS ABELHAS ADULTAS
A samora/saburá (polem) quando é tóxica
Os nematóides perigosos
A nosemose
As mortalidades indeterminadas de abelhas adultas
O equipamento Roepke de controle
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Livro Completo Sobre Nativas

Livro Completo Sobre Nativas

Ratings: (0)|Views: 209 |Likes:
Published by Gabriela Gaya

More info:

Published by: Gabriela Gaya on Oct 23, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/13/2013

pdf

text

original

You're Reading a Free Preview
Pages 9 to 20 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 29 to 240 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 249 to 361 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 377 to 447 are not shown in this preview.

Activity (7)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Cesar Neto liked this
Nádya Mouro liked this
Luccas Vobe liked this
Mirian_Vetere liked this
Vinícius Rocha liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->