Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Bhaktivedanta Swami Prabhupada - Maya e Vaikuntha

Bhaktivedanta Swami Prabhupada - Maya e Vaikuntha

Ratings: (0)|Views: 11 |Likes:
Published by Rasa Kalika

More info:

Published by: Rasa Kalika on Oct 25, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/25/2011

pdf

text

original

 
Maya e Vaikuntha
 
O que segue é parte de uma palestra de Sua Divina Graça A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, o acharya-fundador da ISKCON e da BBT, proferida na cidade deSeattle, no dia 20 de outubro do ano de 1968.
Assim, onde está esse Vaikunthaloka? É bastante imprudente pergunta porque não podemos calcular sequer este mundo material, qual é o comprimento e alargura deste universo. Este é apenas um universo. Isso se chama mayika brahmananda.Mayika significa sombra. Sombra... Sombra existe por conta do real. Assim, portanto,chama-se maya. Assim como o exemplo de que, no país de vocês, na janela, há muitosmodelos ótimos, belas mulheres paradas, ou um homem parado, bem vestido, mas não éum homem ou uma mulher de verdade. Trata-se de sombra. Isso se chama maya. Esse éo exemplo de maya. Maya significa que não se trata de um fato, mas parece como umfato. Isso se chama maya. Outro exemplo é... Assim como a miragem, a água nodeserto. Na verdade, não há água, mas parece haver água. Os animais tolos, eles corremats da água, mas o água. Simplesmente correndo ats de fogo tuo,fantasmagoria. Assim, todos nós neste mundo material estamos ansiando por felicidade.Todos estão tentando ser felizes. Mas é como o mesmo exemplo, de que não há água nodeserto, e, ainda assim, o animal tolo está correndo atrás disso.Então, toda a criação material é assim. O criador deste universo, Krishna,Ele diz, duhkhalayam asasvatam: [Bg. 8.15] “Este é o lugar para sofrimento”. E vocêesbuscando por felicidade. Assim como na casa de deteão: é o lugar parasofrimento, e, se você quer ficar confortável, isso se chama maya. Maya-sukhaya
bharam udvahato vimudhan
[SB 7.9.43]. O mundo inteiro está correndo atrás defelicidade, o que não é possível. Portanto, são descritos como vimudhan, patifes. Nós,algumas vezes, usamos esta palavra com grande frequência, “patifes”, e eles ficamirritados. Mas, na verdade, essa é a descrição: “Patifes”. Todos esses homens assimchamados civilizados, homens assim chamados civilizados, eles sequer são homens.Eles são todos animais. Mas, no sastra, eles são descritos como dvi-pada-pasu. Eles sãoanimais, mas eles têm duas pernas. Isso é tudo. Essa é a diferença. Os animais,geralmente, eles têm quatro pernas, catus-pada, mas esses animais são bípedes. Essa é adiferença. Eles são animais porque... O mesmo exemplo: No deserto, não há água, e oanimal está correndo atrás disso. Por que ele é chamado de animal? Porque ele nãoentende que: “No deserto, como pode haver água?”.Assim, Vidyapati canta uma canção, tatala saikate, vari-bindu-sama, suta-mitra-ramani-samaje. Estamos tentando ser felizes aqui neste mundo material—como?Suta-mitra-ramani-samaje. Suta significa filhos. Mitra significa amigos. Sociedade,amizade e amor, esposa, filhos... Tata... Assim, alguém talvez diga: “A menos que nãohaja felicidade, como estão batalhando por esse suta-mitra-ramani-samaja?”. Então,Vidyapati diz: “Sim, há felicidade”. Certamente há felicidade. Do contrário, por queesses vimudhan, indivíduos tolos, estão correndo atrás dela? Ele, então, diz que o valor da felicidade deles é a proporção de uma gota de água no deserto. Tatala saikate. Tatalasignifica muito quente, e saikate significa areia. Aqueles que já viram o deserto, elestêm a experiência de como ele é intolerável durante a presença dos raios solares, vasto,quero dizer, seguimento de terra com areia. Então, naturalmente, eles necessitam deágua. Então, se alguém diz: “Sim, eu darei água a vocês”, e uma gota de água... Comose chama? Proporcional, simbólico. Chama-se quantia simbólica. “Sim, você quer água.
 
Pegue esta água, gota”. “Que diferença fará essa água? Estamos no deserto. Quero umoceano de água e você está me dando uma gota de água? Que valor há nisso?”. Então,ainda assim, estamos buscando por água lá. Portanto, é dito corretamente, tatala saikate,vari-bindu-sama. Vari-bindu. Suta-mitra-ramani-samaje.dehapatya-kalatradisuatma-sainyesu asatsv api pramattah tasya nidhanam pasyann api na pasyatiDehapatya-kalatradisu. Este corpo, deha, apatya, filhos; kalatra, esposa;adisu, com todas essas coisas... Então, expande novamente. A partir dos filhos, vocêsobtêm... Vocês os casam. Então, novamente, expansão—nora, genro, neto. Destamaneira, estamos ampliando a nossa assim chamada felicidade. Atma-sainyesu. Eestamos pensando que: “Esses amigos que me rodeiam—a sociedade, os amigos e oamor, a nação—irão me proteger”. No nosso país, nós vimos. Gandhi batalhou muito,quero dizer, duro para obter a independência, pensando que: “Seremos felizes”. Mas o próprio Gandhi foi morto.Então, isso se chama maya. Tentem compreender maya. Maya significaonde não há felicidade, não há fato, e, ainda assim, estamos nos empenhando por isso.Isso se chama maya. Tentem compreender o que é maya. Maya-sukhaya bharamudvahato vimudhan [SB 7.9.43], Prahlada Maharaja diz. Na verdade, não há fato, e,ainda assim, estamos nos empenhando por isso. Todo o universo é como isso. Mesmocaso voesteja situado como Brahma, ou esteja situado como uma formigainsignificante, esse empenho pela existência está prosseguindo.
Além do Mundo de Ansiedades
Então, Prahlada Maharaja diz que: “Esses patifes, eles estão labutando por uma existência, por uma felicidade, que não é possível neste mundo material. E, alémdessa atmosfera de labuta do mundo material, maya atite...”. Atite. Atite significa além.Mayatite vyapi-vaikuntha-loke. Existe outro mundo. Isso também é informado no
 Bhagavad-gita
. “Parah tasmad tu bhava anyah vyaktavyaktat sanatanah”. Existe outro bhava. Bhava significa natureza. Assim como isto é natureza. Temos experiência, maya.A natureza maya significa que, aqui, a nossa principal meta é encontrar a felicidade.Isso é... Porque somos almas espirituais, partes e parcelas de Krishna, sac-cid-ananda-vigraha [Bs. 5.1]. Krishna, então também somos sac-cid-ananda diminutas. A nossaexistência é assim. Todavia, porque somos muito pequenos, essa, quero dizer,qualidade, sat, algumas vezes se extingue. O exemplo é da centelha de fogo. Ela é fogo.Uma centelha do fogo cai em seu corpo. Tão logo caia, ela queimará aquele pequenolocal, pequeno como um ponto. Então, ela tem a mesma qualidade, mas, tão logo sai dofogo, ela se extingue—não mais é fogo. É carbono. Novamente, pegue isso e coloque nofogo, então é fogo mais uma vez. Então, a nossa posição é assim. Somos, de fato, damesma qualidade, sac-cid-ananda. Então, a nossa queda de Krishna para este mundomaterial significa que perdemos a nossa identidade de eternidade. Ela se encobriu.Assim como a mesma pequena centelha. Ela é fogo, mas agora está extinta, cinza, talqual carvão, cinza. Enquanto está com o fogo original, ela também está queimando,mas, se você a retira e a deixa à parte, então se torna cinzas. Assim, tal é a nossa posição. E estamos batalhando aqui. Nós perdemos a qualidade ígnea, e, ainda assim,estamos tentando ser fogo. Isso se chama existência de maya.
 
 Assim, há outro mundo. Essa informação é dada aqui [Caitanya-caritamrta,Adi-lila 1.8]. Mayatite vyapi. Vyapi significa muito extenso. Todo este mundo materialé um quarto da expansão de Krishna, um quarto. E aquele Vaikunthaloka são trêsquartos. Assim, portanto, ele se chama vyapi. Vyapi significa muito extenso. Não podemos calcular sequer esta existência material. Ela tem apenas um quarto. Agora,como nos é possível calcular o vyapi vaikuntha-loka? Vyapi-vaikuntha-loka. Vaikunthasignifica... Vi significa sem, e kuntha significa ansiedade. Assim, Vaikunthalokasignifica que não há ansiedade. Não há ansiedade. Aqui, estamos cheios de ansiedades,neste mundo material. Mesmo grandessíssimos homens de negócios, que têm dinheirosuficiente, vocês verão que eles estão em ansiedade. O homem de negócios está sempre pensando: “Como este negócio continuará? Como manter tantos homens?”. Assim, viisso naquele nosso tipógrafo, Dai Nippon, o presidente, quando nós temporariamentedescontinuamos os nossos negócios, ele ficou cheio de ansiedade. Sim. Agora, elesconcordaram em reduzir dez por cento a mais do que qualquer outro tipógrafo. Por quê?Ele estava cheio de ansiedade. (risos) Esse é o fato. Eno, o pensem quegrandessíssimos homens de negócios ou aqueles que têm dinheiro o suficiente não têmansiedade. A ansiedade tem de estar lá. Este é um lugar de ansiedade, kuntha. PrahladaMaharaja apontou que tat sadhu manye ’sura-varya dehinam sada samudvigna-dhiyamasad-grahat. Aqui neste mundo material, quem quer que esteja... Brahma também estáem ansiedade, repleto de ansiedade. Indra... Vocês sabem. Prthu Maharaja estavasacrificando cem vezes, e Indra ficou muito ansioso que: “Se Prthu se tornar muitograndioso, então ele talvez ocupe meu assento”. Ele, então, quis colocar obstáculos desorte que ele não concluísse tantos yajnas.Deste modo, todos estão em ansiedade neste mundo material, maya. Assim,o nosso movimento da consciência de Krishna visa levar a pessoa, ou todas as pessoas,desta maya para Vaikuntha. Isto é a consciência de Krishna: salvar a entidade viva daansiedade e levá-la para a plataforma de não-ansiedade. Esta é a diferença: da ansiedade para a não-ansiedade. Trata-se da maior dádiva para a sociedade humana. Todos estãocheios de ansiedade porque estão neste mundo material. Eles têm de estar cheios deansiedade. Aqui, então, a informação é dada, mayatite vyapi-vaikuntha-loke: “Existeoutra atmosfera, outra natureza, onde não há ansiedade, não há ansiedade”. Kalpa-vrksa-laksavrtesu surabhir abhipalayanatam. Aqui, estamos mantendo vacas, mas, semleite: ansiedade. Milhares de rúpias gastas, e nada de leite; leite em pó. Vêem? Esta é a posição, repletos de ansiedade, sempre. Então, vocês o podem ficar livres deansiedade neste loka. Portanto, nesta vida, na forma humana de vida, vocês podemcompreender cultivando conhecimento do sastra, do guru, das pessoas santas: “Qual é a posição? O que quero? Por que estou cheio de ansiedade? Como isso pode ser mitigado?”. Assim, portanto, essa informação é dada: vaikuntha-loka, voltar ao lar. Yadgatva na nivartante tad dhamam paramam mama [Bg. 15.6]. 
Política e a Transformação do Mundo Material em Vaikuntha
Assim, o movimento da consciência de Krishna é o único empenho onde..., por se tornar consciente de Krishna, você se transfere desta maya para Vaikuntha. Este éo significado. Mayatite, além desta maya, outro reino, onde o kuntha,vaikuntha-loke. E há administração. Assim como aqui há administração, o rei ou o presidente, ou ministros e muitíssimas coisas, também há administração lá, mas aquela

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->