Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
18Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Umbanda - Pontos - Letras de Pontos de Exú - 02

Umbanda - Pontos - Letras de Pontos de Exú - 02

Ratings:

4.0

(1)
|Views: 6,384 |Likes:
Published by api-3822865

More info:

Published by: api-3822865 on Oct 18, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

 
PONTOS DE EXÚ
“Laroiê” 
Unhas grandes, braços fortesSeu Tranca Tudo vem trazendo a boa sorteUnhas grandes, braços fortesExú Caveira vem trazendo a boa sorteUnhas grandes, braços fortesTodos Exús vem trazendo a boa sorte(segue com os nomes dos Exús que trabalham no terreiro) Lá na porteira vou deixar meu sentinela } bisVou deixar Exú Caveira tomando conta da cancela } bisLá na porteira vou deixar meu sentinela } bisVou deixar seu Tranca Tudo tomando conta da cancela } bis(segue com os nomes dos Exús que trabalham no terreiro) Exú Caveira vem tomar chochoê } bisVem Exú Caveira vem tomar chochoê } bis(segue com os nomes dos Exús que vão baixando no terreiro) Exú é do querer, quererNa hora grande é que eu quero verExú é do romper da auroraSeu Tranca Tudo é quem manda agoraExú é do querer, quererNa hora grande é que eu quero verExú é do romper da auroraExú Caveira é quem manda agora(segue com os nomes dos Exús que vão baixando no terreiro Ainda não era meia noiteQuando o malvado passouVestido de capa pretaDizendo que era doutorMas ele é ExúDizendo que era doutorSoltei meu pombo na pedreira não pousou } bisFoi pousar na encruzilhadaExú Caveira é quem mandou Exú que tem duas cabeçasMas ele traz sua gira com féUma é da banda do infernoE a outra é do Senhor Nazaré Quem nunca viu venha verCaldeirão sem fundo ferverDeu meia noite cemitério tremeCatacumba racha e o defunto geme Exú foi no inferno com sapato de algodão } bis
 
O sapato pegou fogo Exú ficou de pé no chão } bisBotei na encruzilhada um despacho pra vocêUma galinha preta com azeite de dendêAi Ai ai quero ver quem pode maisAi Ai Ai quero ver quem vai vencerQuem anda na macumba tem que ter seu protetorMais cedo ou mais tardeVai virar borocochô.ai ai ai quero ver quem pode maisai ai ai quero ver quem vai vencerEu mandei calhar um caixão de amareloPra entregar pro Tranca RuaNo portão do cemitério(substitui-se o nome do Exú por outro)Marola onde vai com esse pratoEu vou para a encruza dar comida a meu SantoUma garrafa de azeite de dendêE uma galinha preta pra Exú comerMeu galo preto do pé amareloMeu galo preto do pé amareloQuando ele canta faz tudo que eu queroQuando ele canta faz tudo que eu queroExú fez uma casa sem porteira e sem janelaAté hoje não achouMorador pra morar nela
PONTOS PARA EXÚ TRANCA RUA
O Sino da igrejinha faz delém, dlem dlomO Sino da igrejinha faz delém, dlem dlomDeu meia noite o galo já cantouSeu tranca Rua que é dono da giraOi corre gira que Ogum mandou**************Tranca rua chorouChorou mas não se arrependeuEle matou seu patrãoCom uma gargalha Sexta-feira da paixãoOh luar, oh luarOh luar ele é o dono da ruaQuem cometeu as suas faltasPeça perdão da Tranca ruas
PONTO PARA EXÚ SETE ENCRUZILHADAS
Seu sete, seu seteSeu sete encruzilhadaPresta conta e leva contaNo romper da madrugada
PONTO PARA EXÚ DO LODO
Na beira da praia eu vi ExúO meu corpo tremeu todoArriei o seu marafo

Activity (18)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Lidi Andrade liked this
Marcelo Julio added this note
boas musicas
Márcia Penafort liked this
Bárbara Góis liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->