Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
23Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Alfabetização e letramento na sala de aula

Alfabetização e letramento na sala de aula

Ratings: (0)|Views: 8,913 |Likes:
Published by Rosane Minchin
Aqui apresentao um fichamento, no qual anotei as principais partes do livro Alfabetização e letramento na sala de aula
Aqui apresentao um fichamento, no qual anotei as principais partes do livro Alfabetização e letramento na sala de aula

More info:

Published by: Rosane Minchin on Nov 01, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/18/2013

pdf

text

original

 
Os conceitos de alfabetização e letramento e os desafios da articulação entreteoria e prática
Francisca Izabel Pereira Maciel e Iara Silva Lúcio 
[...] a aprendizagem da leitura e da escrita se torna um instrumento quepermitirá o individuo ter acesso à informação e criar novos conhecimentos. (p. 14)Freire (1991 aput Maciel & Lúcio 2009, p. 15) afirma que não bastasimplesmente dominar a escrita como um instrumento tecnológico. É precisoconsiderar as possíveis conseqüências políticas da inserção do aprendiz no mundoda escrita.[...] Ao interpretar e produzir textos escritos em diferentes gêneros, o aprendizé levado a de indagar sobre quem escreve e em que situação escreve; o que seescreve; a quem o texto se dirige e com que intenções; quais os efeitos que o textoprocura produzir no leitor, etc. (p. 16)[...] O ato de ensinar a ler e a escrever, mais do que possibilitar o simplesdomínio de uma tecnologia, cria condições para a inserção do sujeito em práticassociais de consumo e produção de conhecimento e em diferentes instâncias sociaise políticas. (p. 16)[...] é preciso que haja um equilíbrio entre ambos, e estabelecer esseequilíbrio tem sido um grande desafio, tanto para os acadêmicos quanto para osprofessores que atuam nas turmas de alfabetização. (p. 17-18)[...] é importante aprender todas as letras do nosso alfabeto, sim, mas não deforma desprovida de identificar as letras do alfabeto, mas também de memorizá-las ecompreender os seus usos e funções na nossa sociedade. [...] Para dar sentido àmemorização da ordem alfabética, o professor deverá incentivar a aprendizagem doalfabeto juntamente com seus usos sociais. (p.19)[...] A simples memorização das famílias silábicas não é suficiente para levaro aluno a conhecer diferentes valores sonoros representados pelos grafemas, bemcomo estruturas silábicas variadas. Ressaltamos, contudo, que esseconhecimento/habilidade de reconhecer as diferentes famílias silábicas é parteintegrante do processo inicial da aprendizagem da leitura e da escrita, ou seja, amemorização dessas famílias é um dos componentes do processo de alfabetização.(p. 24)
 
[...] o aprendizado da leitura e da escrita não pode estar desvinculado dossentidos que construímos e dos usos que fazemos do ler e do escrever. (p. 31)[...] para alfabetizar letrando, é preciso [...] realizar o trabalho de aquisição datecnologia da escrita, somado à interação com diferentes textos escritos, bem como,criar situações de aprendizagem que se aproximem do uso real da escrita fora daescola. (p. 32)
O planejamento das práticas escolares de alfabetização e letramento
Ceris S. Ribas da Silva 
 A prática de ensino é uma ação intencional, que procura atingir determinadosfins e, para ser realizada, apóia-se em conhecimentos sobre como funciona arealidade da sala de aula, nos conteúdos a serem ensinados, e no perfil dos alunosque são objeto desse ensino. (p. 36)O principal objetivo da organização do planejamento é o de possibilitar que oprofessor desenvolva um trabalho sistemático dos conteúdos e habilidades queenvolvem o processo de alfabetização e letramento. Desenvolver um trabalhosistemático significa considerar, entre outros aspectos, uma continuidade entre umaaula e outra; a previsão do ensino dos conhecimentos complexos para o alunodepois daqueles menos complexos; e a seleção de atividades adequadas aosconhecimentos que serão ensinados. (p. 37)[...] Ao planejar, os profissionais da escola precisam ainda prever e articularoutras dimensões, como a relação entre as diversas disciplinas a serem trabalhadas,a organização da dinâmica dos trabalhos, os desdobramentos das atividadesdesenvolvidas no cotidiano da sala de aula e a natureza das avaliações a seremimplementadas. (p. 39)[...] Portanto, planejar não é uma ação simples de ser realizada: dependetanto da competência do professor quanto das condições de trabalho que eleencontra na escola em que atua. (p. 40)[...] a escolha pelo desenvolvimento de projetos pedagógicos de trabalho(HERNANDEZ, 1998, aput SILVA, 2009) é uma metodologia que pode serincorporada aos planejamentos diários. A realização de projetos na sala de aula éuma estratégia que favorece o desenvolvimento de atividades diferenciadas, pois
 
utiliza textos de diferentes gêneros como fonte de consulta dos temas propostospara estudo. (p. 48-49)O planejamento envolve o ensino de diferentes conteúdos, o que requer odesenvolvimento de um trabalho metódico e ordenado todos os dias na sala de aula,de modo que o resultado desse trabalho represente a aprendizagem, emdeterminado tempo, de algumas das capacidades da alfabetização e letramento.Alguns conteúdos, como, por exemplo, o ensino do sistema de escrita, dada anatureza de suas regras e definições, requerem a utilização de procedimentossistemáticos para serem consolidados em curtos espaços de tempo. Nesse caso,prevalecem as atividades do tipo abertas e fechadas. Outros conteúdos,principalmente os que envolvem o letramento, são ensinados por meio deexperiências contextualizadas e pela vivência de diferentes práticas de leitura e deprodução escrita na escola e, por outro lado, pela familiarização com outrosambientes letrados além da sala de aula. (p. 49)As
atividades abertas
têm por objetivo criar situações em que as criançasaprendam a negociar pontos de vista ou tenham que solucionar algum problemapara elaborarem algum conceito ou definição. A escolha desse tipo de atividade estárelacionada com a concepção de aprendizagem que orienta a prática pedagógica doprofessor ou da escola. Nesse sentido, procura-se desenvolver as habilidadescognitivas das crianças de análise e reflexão como conduta para a compreensão dedeterminados conceitos ou definições. (p. 49-50)As
atividades fechadas
têm por objetivo apresentar conhecimentos queserão aplicados (ou repetidos) pelos alunos. Nesse caso geralmente, as atividadesprecisam ser realizadas com autonomia e individualmente pelas crianças. (p. 50)O terceiro tipo de atividades refere-se àquelas que promovem experiênciascontextualizadas de ensino e são dirigidas especificamente para as práticas deletramento. Trata-se de atividades que, ao serem realizadas, se orientam parainterlocutores reais, suportes e contextos de circulação para produtos, seja da esferaescolar ou da vida em sociedade. Essas atividades caracterizam-se, de modo geral,por possibilitarem a experiência e familiarização com determinadas funções e uso daescrita, ou seja, pela produção de situações reais de uso da escrita. (p. 51)[...] As atividades lúdicas e as brincadeiras também auxiliam nodesenvolvimento do raciocínio e da criatividade. Trata-se, portanto, de umprocedimento didático que deve ser utilizado em algumas situações de ensino e

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->