Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
30Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Scan Doc0044

Scan Doc0044

Ratings:

4.0

(1)
|Views: 12,414|Likes:
Published by SociologiaHistFilo

More info:

Published by: SociologiaHistFilo on Nov 05, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

11/21/2013

pdf

text

original

 
CAPíTULO
FILOSOFIACONTEMPORÂNEA:
pensamentodoséculoXIX
DetalhedeÓrfã
nocemitério
(1824)-EugeneDelacroix. Apreensãoenervosismosãoestadosdeespírito característicosdoséculoXIX,comoseobservanaexpressão dajovemmendicanteretratadanestapintura.
ChegamosagoraaoprimeiroséculodaIdadeContemponea.Vocêveráqueavariadaprodãofilosóficadesseperíododeslizou,emparte,naesteiradosideaismodernos,deconfiançanarazãoenoprogresso.Mastamm reagiu,commuitaconvicção,aessesideaissdesilusõessurgidascomanovaordemcapitalista. Queordemeraessa?
Questõesfilosóficas
Existeumaevolãodassociedadeshumanas?Osavançosdaciênciaedaindustrialização tornaramossereshumanos'maisfelizes? Existeumprincípiounificadordarealidade? Seexiste,esseprincípioématerialouespiritual?Comoéadimicadastransformaçõesdoreal?Comoéarelãoexistencialdoserhumanocom
°
mundo?Oque
éa
história?
Conceitos-chave
romantismo,nacionalismo,subjetividade, liberdade,positivismo,ciência,ordem,progresso, evolão,leidostrêsestados,idealismoalemão, eu,inteligência,esrito,razão,absoluto, movimentodialético,esritosubjetivo,espírito objetivo,espíritoabsoluto,materialismo, vontade,representação,dimensãoética,dimensãoestética,dimensãoreligiosa, materialismohistórico,dialéticamarxista, capital,trabalho,lutadeclasses,mododeprodução,forçasprodutivas
 
CULOXIX
Expansãodocapitalismoeosnovosideais
Iniciemosnossopercursonestecapítuloanali- sando,comovimosfazendo,ocontextohistóricoemquesedesenvolveuareflexãofilosóficadosécu-loXIX.Deacordocomaperiodizãotradicional,conside-ra-sea
RevoluçãoFrancesa
(1789-1799)omarcoini- cialdaépocacontemponea.Juntocomela,nasceramosideaisde
liberdade,igualdadeefraternidade.
Essemovimentopotico-socialfoiemgrande partelideradoporgrupos
burgueses
que,apósob-teremcertaascensãoeconômica,reivindicarampar- ticipaçãonopoderpolíticoenaconstruçãodeumnovomodelodesociedade.Noplanoeconômico,apartirdemeadosdoculo XVIII,o
capitalismo
foiseconsolidandoemdiversospaísesdaEuropaocidentale,maistarde,emoutrasregiõesdomundo.Esseprocessodetransformações, aoqualestávinculadaa
RevoluçãoIndustrial,
atin-giuamplossetoresdaeconomia:produçãodemanu- faturas,agricultura,corcio,transportesetc.
Progressotécnicoecientífico
Comotendênciageral,asantigasoficinasdos artesãosforamsendosubstituídaspelasfábricas
251
I
Capítulo15Filosofiacontemporânea:pensamentodoséculoXIX
enovasmáquinastomaramolugardemuitasfer- ramentas.Emlugardastradicionaisfontesdeenergia,comoágua,ventoeforçamuscular,pas- sou-seautilizartambémocarvão,aeletricidade eopetleo.Atodasessas
inovaçõestecnológicas
somaram- -semuitasoutras,aolongodoséculoXIX,comoa utilizaçãoemlargaescaladoaço,ainvençãodalo- comotivaelétrica,domotoragasolina,doautomó- vel,domotoradiesel,doavião,dotelégrafo,do telefone,dafotografia,docinemaedorádioetc.O impactodessastransformaçõesaindaecoaemnos-sosdias.Essesavançosratificavamaconfiançanopoderdaraohumana,geradanosséculosanteriores,le- vandocadavezmaisaoentusiasmocomaideiade
progresso
dahumanidadee
à
apologiada
ciência
comoaprincipalcondutoranessecaminho.
Desigualdadesedesumanização
Paralelamente,aexpansãoeaconsolidaçãodoca- pitalismofoiumprocessoquetrouxeconsigonovasformasde
exploraçãodotrabalhohumano.
Issoconstituiriaumgrandeproblema,pois-alémdosan-seiosprópriosdasburguesias-aRevoluçãoFrancesatammhaviatrazido
à
cenaasaspiraçõesdostraba-lhadoresurbanosedocampesinatopormelhorescondõesdevida.Osideaisdeliberdade,igualdadee fratemidadeconduziam
à
esperançadequeoprogres- sobeneficiariaatodos.Masofoibemassim.
Alberguenoturnoparaossem-tetonacidadedeLondresc.
1868).
ComaRevoluçãoIndustrialeo afluxodepessoasàsgrandescidades,
a-falta
demoradia edeboascondiçõesdevidatornaram-seproblemas gravesparaosmaispobres.
 
Unidade3Afilosofianahistória
1252
Osromânticosvalorizavamaspaixõeseossen- timentosvalorosos.Eraorenascimentodaintui- çâoedaemoçâocontraasupremaciadarazão.Era aafirmaçãodoamorcontraafriezadaracionalida- de,apósoreconhecimentodequeoindivíduoper- maneciainsatisfeitoemrelaçãoa'seusanseiesmais profundosdeliberdade.Enfatizandoaintuição,a aventuraeafantasia,valorizaramtambémasubje- tividade.Osujeitoeraocentrodavisãoromântica domundo. Oromantismoretomouaideiadenatureza comoforçavitalqueresiste
à
racionalizaçãotec-
nológica,
outrarespostaaessainconformidade comomundourbano-industrial.Anaturezapas- souaserexaltadaeidealizada,aservistacom certomisticismo.Oromânticorecuperava,as- sim,asensaçãodeplenitude,depertencimentoa umatotalidade,aqualnãomaisreconheciana fragmentãoracionalístadomundosociale científico. AconcepçãodeDeuscomorazãosuprema,pró- priadoIluminismo,foisubstituídapelaconcepção místicaeemocionaldadivindade,pois,paraosro- mânticos,Deusfalaalinguagemdocoração,nãoa darazão. Odesenvolvimentodonacionalismo,doamor pelatria,davalorizãodastradõesnacionais, alémdoanseioporliberdadeindividual,sobretu- donafasemaismaduradomovimento,foramou- trascaracterísticasromânticas. Aexploraçãodotrabalhonocontextodocapita-lismoindustrialgerouumasériedeconflitosentre essesdoisgrandesgrupossociaiseseusdiversos segmentos:deumlado,aburguesiaempresarial(da instria,docomércio,dasfinançasetc.);deoutro, ostrabalhadoresdascidadesedoscampos. Foinessecontextoquesurgiramasdiversascor- rentessocialistasdoculoXIXesuaslutas.Uma sériedequesessociaisepoticaspassaramaganhar destaquenasreflexõesfiloficasdessepeodo. Aomesmotempo,onoriootimismoemrelação aospoderesdarazão-quepredominoudurantea IdadeModernaeemboapartedoséculoXIX-co- meçou,emmuitossentidos,aminguarlentamente. Nessequadrodedesafios,surgiramdiversas propostasparaosdilemashumanos,destacando- -se,nesseiníciodaIdadeContemporânea,oro- mantismo. OromantismofoiummovimentoculturalqueseiniciounofinaldoséculoXVIIIepredominou duranteaprimeirametadedoséculoXIX,envolven- doaarteeafilosofia.Expandiu-sepelaEuropae poroutrasregiõesdomundo,assumindocaracterís- ticaspeculiaresemcadasociedade. Demodogeral,oromantismofoiumareaçãoaoespíritoracionalista,quepretendiaabraçaromun- doeorientarasociedade.Captouprecocementea noçãodequearacionalizaçãoeamecanizaçãoca- racterizariamomundoindustriale
:30
intuiuaameaçaqueesseprocesso~ representavaparaaexpressãohu-~ mana,tendoemvistaqueossenti-_~ mentosindividuaisestariamsendo~ relegadosasegundoplano..~
:;;
Romantismo
Principaiscaracterísticas
Emlinhasgerais,oromantismo caracterizou-sepela
exaltação
doin-divíduo-suasubjetividadeesuas emoções-,danaturezaedapátria. Vejamoscommaisdetalhes.
Aliberdadeguiando
o
povo
(1830)-
EugeneOelacroix. Umadascaracterísticasmarcantesdo romantismofoiadefesadaliberdade,que, emcertoscasos,sedesdobrounasimpatia pelosmovimentossociaislibertários.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->