Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
34Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Ossos Do Tronco

Ossos Do Tronco

Ratings:

3.0

(2)
|Views: 21,659|Likes:
Published by api-3700467

More info:

Published by: api-3700467 on Oct 18, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

 
OSSOS DO TRONCO
1- CONCEITOOs ossos do tronco formam a chamada caixa torácica que protege ospulmões e o coração. São formados por ossos planos como o esterno e ascostelas, e irregulares como as vértebras, formando a
 porção truncal
doesqueleto axial. Resumindo temos:
-
33 vértebras
-
1 esterno
-
24 costelas (12 pares)1.1) Vértebras (33)São rígidas o bastante para fornecer o suporte adequado para o corpo,contudo os discos intervertebrais permitem o alto grau de flexibilidade. Asvértebras fornecem proteção para a delicada e vital medula espinhalA coluna vertebral é formada por uma série de 33 vértebras separadas eacolchoadas pelos discos intervertebrais, sendo uma vértebra típicacaracterizada pelos seguintes aspectos:
-
Corpo: na porção anterior, espessa e discóide.
-
Arco: formado por dois pedículos que se projetam posteriormente. Temoso forame vertebral, além de três processos, um espinhoso e doistransversos para a inserção muscular.
-
Lâminas
-
Processos articulares: dois superiores e dois inferiores.
-
Forames intervertebrais: para a passagem de nervos que entram e saemda medula espinhal.O nome e o número das vértebras são dados regionalmente de cima parabaixo. Dessa forma temos na classificação das mesmas o seguinte:
-
7 cervicais
-
12 torácicas
-
5 lombares
-
5 sacrais
-
4 coccígeasAs cervicais, torácicas e lombares são chamadas de vértebras móveis,enquanto a sacral e a coccígea são chamadas de fixas e pertencem tanto aoesqueleto axial como ao apendicular, participando da formação da pelve.1.1.1) Cervicais (7)São as menores vértebras, sendo mais largas no diâmetro lateral do queno diâmetro ântero-posterior. O processo espinhoso de todas as vértebrascervicais exceto da primeira e da sétima são bífidos ou bifurcados e o processotransverso é perfurado por um forame que permite a passagem da artériavertebral. A primeira cervical é chamada de atlas, a segunda de áxis e a sétimade vértebra proeminente.
 
1.1.2) Torácicas (12)Os corpos das vértebras torácicas são mais compridos e maisarredondados do que as da região cervical. Apresentam um longo processoespinhoso apontado para baixo e fóveas (três em cada lado), para a articulaçãocom as costelas.1.1.3) Lombares (5)São as maiores e mais fortes vértebras do corpo, sendo o processoespinhoso modificado para a inserção dos músculos dorsais.1.1.4) Sacrais ( 5 )Osso triangular discretamente curvado, localizado na base da cavidadepélvica entre os ossos do quadril. Sua base articula-se acima com a quintavértebra lombar.- forames sacrais- promontório- canal sacral- cristas sacrais- hiato sacral1.1.5) Coccígeas (4)O cóccix articula-se com a extremidade ou o ápex do sacro. Um ligeiromovimento é possível nessa articulação, servindo para aumentar o tamanho docanal vaginal durante o parto.1.1.6) Curvaturas da coluna- Primária- Secundária1.2) Esterno (1) Também chamado de “osso do peito”, possui três partes de cima parabaixo:
-
manúbrio
-
corpo ou gladíolo
-
processo xifóide
-
incisuras jugular e clavicular
-
ângulo esternal
-
facetas articulares para as costelas1.3) Costelas (24) = 12 paresOs doze pares de costelas são denominados de acordo com a sua ligaçãoanterior. Os sete pares superiores articulam-se diretamente com o esterno e sãochamados de costelas verdadeiras, enquanto os cinco pares inferioresarticulam-se com o esterno apenas indiretamente e são chamadas de falsas
 
costelas. Completamente desligadas estão a
11
°  
e 12
°  
que se articulam apenascom as vértebras, então chamadas de costelas
 
flutuantes.Uma costela típica tem na sua constituição:
-
Extremidade vertebral ou posterior = uma cabeça e um colo.
-
Extremidade anterior ou esternal = diáfise ou corpo.
-
ÂnguloAs cabeças das costelas (2 a 9) têm duas facetas para articulação com asfacetas dos corpos das vértebras torácicas. Cada cabeça articula-se entre oscorpos adjacentes de duas vértebras – sua faceta anterior articula-se com umavértebra de número correspondente; a superior articula-se com a vértebraacima. As cabeças das costelas 1, 10, 11 e 12 têm uma única faceta que searticula com o corpo da vértebra numericamente correspondente.

Activity (34)

You've already reviewed this. Edit your review.
Tatiana Moreira liked this
1 thousand reads
1 hundred reads
Evanilza Adorno liked this
Kwamba Luciano liked this
Lisiane Aguiar liked this
Marcos Vinicius liked this
Lorena Morais liked this
Samila Ruane liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->