Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
110Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Nbr 10898 - Abnt -Sistema de Iluminação de Emergência

Nbr 10898 - Abnt -Sistema de Iluminação de Emergência

Ratings:

3.67

(3)
|Views: 17,135 |Likes:
Published by api-3699449

More info:

Published by: api-3699449 on Oct 18, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

 
 
ENGESUL
SET/1999
NBR 10898
ABNT- AssociaçãoBrasileira de NormasTécnicas
 
Sistema de Iluminação de Emergência
Especificação
Sede:Rio de JaneiroAv. Treze de Maio,13/28
o
andarCEP 20003 – Caixa Postal 1680Rio de Janeiro - RJTel.: PABX (021) 210-3122Telex: (021)) 34333 ABNT-BREndereço Telegráfico:NORMA TÉCNICA
Origem NBR 10898/1990CB-24 - Comitê Brasileiro de Segurança Contra IncêndioCE 24:204.01 – Comissão de Estudo de Sistema de Iluminação de EmergênciaNBR 10898/1998 Emergency Lighting SystemDescriptors: Emergency Lighting
Copyright
©
1990ABNT – Associação Brasileirade Normas TécnicasPrinted in Brazil / Impresso no BrasilTodos os direitos reservados
Palavra-chave: iluminação de emergência 28 Páginas
 ____________________________________________________________________________ 
SUMÁRIO
1 Objetivo2 Normas complementares3 Definições4 Composição5 Função6 Instalações especiais7 Simbologia8 Projeto e instalação do sistema9 Manutenção10 Medidas e aferições11 Aceitação do sistema
AnexosA
Abrangência da iluminação
B
Baterias para Sistemas de Segurança - Iluminação de Emergência
C Quadro para o cálculo da capacidade da bateria
 
D
Lista dos itens para verificação prática do sistema
E
Áreas ou locais de alto risco de acidentes
______________________________________________________________________
OTTE INDÚSTRIA ELETRÔNICA LTDA E-mail:engesul@flynet.com.br
engesul9@terra.com.br
 Rua Bahia , 3943 Salto WeissBach CEP. 89032-000 Blumenau - SCCNPJ. 01.372.957/0001-21 Fone : (0xx47) 327.7777 367.5417 Fax : 323.7677 363.4147 IE. 253.391.164 
 
NBR 10898-99Pag.2
Prefácio
A ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas - é o Fórum Nacional de Normalização. As NormasBrasileiras, cujo conteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (CB) e dos Organismos de NormalizaçãoSetorial (ONS), são elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas por representantes dos setoresenvolvidos, delas fazendo parte: produtores, consumidores e neutros (universidades, laboratórios e outros).Os projetos de Norma Brasileira, elaborados no âmbito dos CB e ONS, circulam para Votação Nacional entre osassociados da ABNT e demais interessados.
1 Objetivo
Esta Norma fixa as características mínimas exigíveis para as funções a que se destina o sistema deiluminação de emergência a ser instalado em edificações, ou em outras áreas fechadas sem iluminaçãonatural.
2 Referências normativas
As normas relacionadas a seguir contêm disposições que, ao serem citadas neste texto, constituem prescriçõespara esta Norma. As edições indicadas estavam em vigor no momento desta publicação. Como toda norma estásujeita a revisão, recomenda-se àqueles que realizam acordos com base nesta, que verifiquem a conveniência dese usarem as edições mais recentes das normas citadas a seguir. A ABNT possui a informação das normas emvigor em um dado momento.NBR 5410 - Instalação elétrica de baixa tensão - ProcedimentoNBR 5413 - Iluminação de interiores - ProcedimentoNBR 5456 - Eletricidade geral - TerminologiaNBR 5461 - Iluminação - TerminologiaNBR 6146 - Invólucro de equipamentos elétricosNBR 7192 - Elevadores elétricos – elevadores de passageiros, elevadores de carga, monta-carga e elevadoresde maca - projeto, fabricação e instalação.NBR 7195 - Cores para segurança - ProcedimentoNBR 8662 - Identificação por cores de condutores elétricos nus e isolados - Procedimento.NBR 9077 - Saída de emergência em edifícios – ProcedimentoNBR 14100 - Proteção contra incêndio – Símbolos gráficos para projetos
3 Definições
Para os efeitos desta Norma, aplicam-se as definições das NBR 5461 e NBR 9077, e as seguintes:3.1
autonomia do sistema:
Tempo mínimo em que o sistema de iluminação de emergência assegura os níveisde iluminância exigidos.3.2
estado de flutuação:
Estado em que a bateria de acumuladores elétricos recebe uma corrente necessáriapara a manutenção de sua capacidade nominal.3.3
estado de vigília do sistema:
Estado em que a fonte de energia alternativa (sistema de iluminação deemergência) está pronta para entrar em funcionamento na falta ou na falha da rede elétrica da concessionária.3.4
estado de funcionamento do sistema:
Estado no qual a(s) fonte(s) de energia alimenta(m), efetivamente,os dispositivos da iluminação de emergência.3.5
estado de repouso do sistema:
Estado no qual o sistema foi inibido de iluminar propositadamente. Tantoinibido manualmente com religamento automático ou através de célula fotoelétrica, para conservar energia emanter a bateria em estado de carga para uso em emergência, quando do escurecimento da noite.3.6
fonte de energia alternativa:
Dispositivo destinado a fornecer energia elétrica ao(s) ponto(s) de luz deemergência na falta ou falha de alimentação na rede elétrica da concessionária.
3.7 fluxo luminoso nominal:
Fluxo luminoso medido após dois minutos de funcionamento do sistema.
 
 
NBR 10898-99Pag.3
3.8
fluxo luminoso residual:
Fluxo luminoso medido após o tempo de autonomia garantida pelo fabricante nofuncionamento do sistema.
3.9 iluminação auxiliar: Iluminação destinada a permitir a continuação do trabalho, em caso de falha dosistema normal de iluminação. Por exemplo : centro médicos, aeroportos, metrô, etc.
3.10 iluminação de ambiente ou de aclaramento:
 
Iluminação com intensidade suficiente para garantir a saídasegura de todas as pessoas do local em caso de emergência.3.11 iluminação de emergência: Vide item 01 Objetivo3.12
iluminação de balizamento ou de sinalização:
Iluminação de sinalização com símbolos e/ou letras queindicam a rota de saída que pode ser utilizada neste momento.3.13
sinalização especial para aviação comercial:
(ver exigências da Aeronáutica).3.14
Quanto à condição de permanência de iluminação dos pontos dos sistemas, são classificadosconforme a seguir:
 3.14.1 Iluminação permanenteNas instalações de iluminação de emergência permanente, as lâmpadas de iluminação de emergência sãoalimentadas pela rede elétrica da concessionária, sendo comutadas automaticamente para a fonte de alimentaçãode energia alternativa, em caso de falta e/ou falha da fonte normal.3.14.2 Iluminação não permanenteNas instalações de iluminação de emergência não permanente, as lâmpadas de iluminação de emergência nãosão alimentadas pela fonte rede elétrica da concessionária e, só em caso de falta da fonte normal, sãoalimentadas automaticamente pela fonte de alimentação de energia alternativa.3.15
ponto de luz:
Dispositivo constituído de lâmpada(s) ou outros dispositivos de iluminação, invólucro(s) e/ououtros(s) componente(s) que têm a função de promover o aclaramento do ambiente ou a sinalização.3.16
rede de alimentação:
Conjunto de condutores elétricos, dutos e demais equipamentos empregados natransmissão de energia do sistema, inclusive a sua proteção.3.16.1 A fiação troncal interliga todas as fiações ramais à fonte de energia de iluminação de emergência. Estafiação pode ser projetada na forma normal ou em forma de anel, com duas ou mais entradas possíveis de energiae, em caso de interrupção ou de curto-circuito, isola o defeito fazendo dois circuitos comuns do anel.3.16.2 A fiação ramal interliga uma ou várias luminárias com a fiação troncal. Deve conter meios de separarlâmpadas do circuito troncal em caso de curto-circuito (exemplo, por queima de uma luminária) sem interromper aalimentação para os demais luminárias.3.17
rota de saída:
Caminho livre de obstáculos e materiais inflamáveis, definido para ser percorrido em casode abandono do local, para alcançar um ambiente seguro ou uma área externa da edificação, através decorredores, rampas, escadas, etc.3.18
tempo de comutação:
Intervalo de tempo entre a interrupção da alimentação da rede elétrica daconcessionária e a entrada em funcionamento do sistema de iluminação de emergência.3.19
rede elétrica da concessionária:
É a energia elétrica fornecida pela concessionária do município, a qualopera independente da vontade do usuário.Nota - Os termos técnicos utilizados nesta Norma estão definidos de 3.1 à 3.18 e na NBR 5461 e NBR 9077.
4 Composição4.1
T
ipos de sistemas
Para o efeito de aplicação desta Norma são aceitos os seguintes tipos de sistemas :a) conjunto de blocos autônomos (instalação fixa);b) sistema centralizado com baterias;c) sistema centralizado com grupo moto-gerador;d) equipamentos portáteis com a alimentação compatível com o tempo de funcionamento garantido;e) sistema de iluminação fixa por elementos químicos sem geração de calor, atuado a distância;f) sistemas fluorescentes a base de acumulação de energia de luz ou ativado por energia elétrica externa.

Activity (110)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
igor_capelo1396 liked this
hernandesluiz liked this
Paula Cazu liked this
Matheus Leite liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->