Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
93Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
o Que Significa Metodologia

o Que Significa Metodologia

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 58,084|Likes:
Published by api-3801140

More info:

Published by: api-3801140 on Oct 18, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

 
O QUE SIGNIFICA METODOLOGIA ?
 
(Prof. Gilberto Teixeira)
 
O QUE É PESQUISA
 Para uma boa compreensão do que é metodologia é imprescindivel saber o que é
PESQUISA
. Apesquisa consiste na execução de um conjunto de ações e de estratégias planejadas no projeto de pesquisa,integradas e harmonizadas seqüencialmente, para a geração de conhecimento original, de acordo com certasexigências e condições. Esse processo se inicia com: a) a caracterização do problema (que fazer ?) delineado em dimensões técnicas e operacionais viáveis,delimitadas e objetivas;b) o estabelecimento de um conjunto de afirmações conjeturais (hipótese) sobre a relação existente entre asvariáveis, na forma de supostas e plausíveis respostas ao problema ou de explicações do fenômeno-problema, em proposições que podem ser testadas, nunca demonstradas ou provadas, a partir de dados eobservações levantadas pelo pesquisador para servir como setas indicadoras da definição de objetivos, isto é,respostas de para que fazer ? (objetivo geral) e para quem fazer ? (objetivos específicos);c) esses objetivos serão atingidos mediante a execução de ações planejadas e desenvolvidas conformeuma metodologia científica que responde o como fazer ?, de forma consistente com os cenários da pesquisa,os recursos disponíveis para sua execução e a finalidade ou aplicação esperada dos resultados.
O QUE É METODOLOGIA
Metodologia significa, etimologicamente, o estudo dos caminhos, dos instrumentos usados para se fazer pesquisa científica, os quais respondem o como fazê-la de forma eficiente.A metodologia, é uma disciplina normativa definida como o estudo sistemático e lógico dos princípios quedirigem a pesquisa científica, desde suposições básicas até técnicas de indagação. Não deve ser confundidacom a teoria, pois só se interessa pela validade e não pelo conteúdo, nem pelos procedimentos (métodos etécnicas), à medida que o interesse e o valor destes está na capacidade de fornecer certos conhecimentos.Nesse contexto teórico, há, de um lado, quadros teóricos de referência (o conhecimento acadêmico) por suavalidade e, de outro, embasamentos empíricos.Assim, a metodologia, mais do que uma descrição formal de técnicas e métodos a serem utilizados napesquisa científicas, indica a opção que o pesquisador fez do quadro teórico para determinada situaçãoprática do problema objeto de pesquisa.O conceito heurístico da pesquisa destaca a importância do problema, um plano de observações ou variáveisdestinado a contestar determinadas hipóteses e um método científico para descrever (estudos retrospectivos),estabelecer relações de interdependência entre as variáveis do problema (estudos diagnósticos) e fazer previsões (estudos prospectivos), entre outras finalidades da pesquisa em economia (propósitos daeconometria, nesse caso).A metodologia contempla a fase exploratória es estabelecimentos de critérios de amostragem, entre outros, ea definição de instrumentos e procedimentos para síntese e a análise de dados e informações, destacando o
método
.O
método
, traço característico da ciência, representa um procedimento racional e ordenado (forma depensar), constituído por instrumentos básicos, que implica utilizar, de forma adequada, a reflexão e aexperimentação, para proceder ao longo de um caminho, (significado etimológico de método) e alcançar osobjetivos preestabelecidos no planejamento da pesquisa (projeto).Ao responder sobre o como fazer após ter-se definido o que é importante pesquisar o pesquisador buscaconhecer a realidade, integrando trabalhos teóricos e trabalhos empíricos, em diferentes áreas e escalas deplanejamento: macroeconômica, microeconômico e regional, ou exploratório e analítico.Segundo esse conceito, é possível destacar vários elementos, tais como os instrumentos (métodos etécnicas), os objetos (materiais) e as referências teóricas. A harmonização e a integração balanceada desseselementos definem a metodologia de pesquisa.A metodologia será, então, o estudo dos instrumentos de montagem de uma teoria ou o estudo dosarcabouços teóricos para atender a certas necessidades. Não estuda teorias, mas o modo de armação pelavalidade delas, com base em observações.É oportuno salientar que essa distinção é abstrata, uma vez que existe uma adaptação (interação) mútuaentre teoria e instrumentos usados para a montagem que permite definir o problema, formular hipótese,observar fatos e femenos, sintetizar e analisar as variáveis desses fatos e obter conclues erecomendações sobre a realidade objeto de pesquisa e que se quer e pode alterar.A pesquisa em economia, por exemplo, não pode excluir de seu trabalho a reflexão e as considerações sobreo contexto histórico e tendencial, e sobre estruturas e conjunturas do meio externo à pesquisa, projetadasnum horizonte mais amplo (cenários). Essa reflexões e considerações devem ser tratadas na definição dametodologia de pesquisa.
 
Assim como a investigação científica se desenvolve com a utilização de métodos que tendem a orientar oprocesso de investigação, as técnicas de pesquisa relacionam-se à forma de se conduzir a investigação,compreendendo várias fases, da adoção de normas para a caracterização do problema até o tratamento eanálise de dados e informações, bem como a elaboração do relatório final da pesquisa.Há dois conceitos nessas considerações: o de método que, significa o caminho a seguir mediante uma sériede operações e regras prefixadas de antemão, aptas para alcançar o resultado proposto, e o de técnica quenão é o caminho como o método, mas sim a arte ou maneira de percorrer esse caminho.O método se faz acompanhar da técnica, que é o instrumento que o auxilia na procura de determinadoresultado: informação, invenção, tecnologia etc.Em outras palavras o método é o procedimento que permite estabelecer conclusões de forma objetiva,enquanto a técnica é um sistema de princípios e normas que auxiliam na aplicação dos métodos, justificando-se por sua utilidade. Esta se traduz na otimização dos esforços, na melhor administração dos recursos e nacomunicabilidade dos resultados de pesquisa.Nas ciências sociais, o método pode ser conceituado como o procedimento que se segue para estabelecer osignificado dos fatos e fenômenos para os quais se dirige o interesse científico, enquanto a técnica é oprocedimento prático que se deve seguir para levar a cabo uma investigação.Diversos critérios não excludentes podem ser adotadas pelo pesquisador para definir o que conhecer, por queconhecer e o como fazer, visando alcançar os resultados propostos no planejamento, de forma objetiva e comefetividade.Entre os vários métodos e técnicas de investigação relacionados no projeto de pesquisa, podem ser destacadas os seguintes (os primeiros quatro são básicos e determinantes dos outros):a) método analítico: procura examinar detidamente os componentes de um todo, visando conhecer osfenômenos e fatos particulares que definiriam possíveis causas e a natureza do problema. A análise tende agerar sínteses dos desagregados, envolvendo um núcleo de estudos particulares, ao tratar da mensuração derelações entre variáveis econômicas (objetivo da econometria);b) método indutivo: com base em fatos particulares, gera conclusões mais amplas, válidas para situaçõesgerais. Esse método qualifica o processo de investigação como a aceitação da validade de generalizações eextrapolações de comportamentos e fatos observados num campo mais restrito, isto é, possibilita odesenvolvimento de enunciados gerais sobre as observações acumuladas de casos específicos na forma deproposições com validade universal. Nesse método, o pesquisador deverá observar cuidadosamente osdiferentes condicionamentos que poderão determinar realidades distintas em contextos aparentementehomogêneos.c) método dedutivo: admite para casos particulares a validade de fatos, inferências e conclusões geradascom base em critérios e regras de comportamento mais gerais. Procura transformar em particularesenunciados complexos e universais. A adoção desse método poderá envolver riscos de generalizações. Adedução para obter conclusões lógicas e estabelecer abstrações do significado dos fenômenos segundo oraciocínio do pesquisador. A dedução em suas duas formas (analítica e silogística ou formal) tem como pontode partida um princípio considerado a priori como verdadeiro, a tese ou conclusão, que é aquilo que sepretende provar;d) método cartesiano: baseia-se na universalização da razão, com duas faculdades essenciais: a intuição ea dedução. Quatro regras básicas concorrem para a conceituação desse método: a evidência que elimina aprevenção e os preconceitos; a análise que desagrega o problema; a síntese que permite a ordenação daspartes segundo o critério da relação constante entre elas; e a enumeração em que o pesquisador deveselecionar apenas o que for necessário e suficiente para a solução do problema objeto de sua pesquisa;e) métodos da teoria econômica e sociológica; esses métodos nem sempre constituem caminhosalternativos, podendo ser utilizados conjuntamente, segundo o caso em estudo;f) método estatístico; consiste em um conjunto de técnicas e procedimentos apoiados em teoriassistemáticas, como as da probabilidade da informação. Para obter, organizar, sintetizar, analisar e apresentar dados de fatos e fenômenos, esse método se utiliza de problemas ou de suas soluções. Para o empregoconveniente e com maior efetividade do método estatístico, é necessário conhecer os conceitos e aspressuposições sobre as quais tais teorias (conceitos) foram definidas como condição indispensável para aadequada aplicação;g) método econométrico; usado em economia envolve outros métodos, como o estatístico, o matemático eos da teoria econômica.A escolha do método de pesquisa esta determinada, em parte, pela natureza do problema objeto dainvestigação. No caso de um estudo descritivo, por exemplo, em que se procura abranger aspectos gerias eamplos de determinado cenário ou contexto social e econômico, o interesse da pesquisa, explícito no projeto,poderá ser para um nível de análise de caracterização, ordenação e classificação dos fenômenos (técnicas daestatística descritiva), dando margem à explicação de relações de causa-efeito e possibilitando acompreensão dos fatores que provocam o problema.No estudo quantitativo, diferente por sua sistemática e pela forma de abordagem do problema, as relaçõessão, em geral, quantitativas (variáveis e de razão), em métricas e níveis de detalhamento próprios dessa

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->