Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
7Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Brinquedos e Genero

Brinquedos e Genero

Ratings: (0)|Views: 1,423 |Likes:
Published by api-3804049
DISCURSO CRÍTICO E GÊNERO NO MUNDO INFANTIL:
\
BRINQUEDOS E A REPRESENTAÇÃO DE ATORES SOCIAIS
\
O objetivo desse artigo é analisar brinquedos que representam seres humanos (atores sociais) e que transmitem significados específicos de gênero
DISCURSO CRÍTICO E GÊNERO NO MUNDO INFANTIL:
\
BRINQUEDOS E A REPRESENTAÇÃO DE ATORES SOCIAIS
\
O objetivo desse artigo é analisar brinquedos que representam seres humanos (atores sociais) e que transmitem significados específicos de gênero

More info:

Published by: api-3804049 on Oct 18, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

11
Carmen Rosa Caldas
Coulthard e Theo van Leeuwen
Linguagem em (Dis)curso - LemD, Tubar\u00e3o, v. 4, n.esp, p. 11-33, 2004
1 INTRODU\u00c7\u00c3O

Brinquedos s\u00e3o objetos semi\u00f3ticos que s\u00e3o produzidos e distribu\u00eddos globalmente por poderosas empresas multinacionais. Freq\u00fcentemente, transmitem mensagens para as crian\u00e7as sobre o mundo social em que elas vivem. S\u00e3o produzidos como um sistema, que permite distin\u00e7\u00f5es quanto ao grau de realismo (ou abstra\u00e7\u00e3o, ou exagero), com o qual representam elementos de pr\u00e1ticas sociais. S\u00e3o, simultaneamente, \u2018objetos\u2019 para serem lidos como textos, e objetos para serem manipulados. Parte de seu significado \u00e9 oferecido pelosdesigners da ind\u00fastria. Podem, portanto, ter agendas expl\u00edcitas e \u00e0s vezes impl\u00edcitas; neste sentido, brinquedos s\u00e3o um reposit\u00f3rio das ideologias e \u2018sistemas de valores\u2019 sociais.

O objetivo deste artigo \u00e9 focalizar os brinquedos que representam seres
humanos (atores sociais) e comunicam significados espec\u00edficos de g\u00eanero. Faremos
DISCURSO CR\u00cdTICO E G\u00caNERO NO MUNDO INFANTIL:
BRINQUEDOS E A REPRESENTA\u00c7\u00c3O DE ATORES SOCIAIS*
Carmen Rosa Caldas-Coulthard e Theo van Leeuwen**
Resumo: O objetivo desse artigo \u00e9 analisar brinquedos que representam seres humanos (atores

sociais) e que transmitem significados espec\u00edficos de g\u00eanero. Faremos refer\u00eancia \u00e0 conex\u00e3o existente entre objetos materiais, imagens e textualidade. Nosso principal interesse s\u00e3o os significados sociais potenciais que especificamente diferenciam brinquedos para meninas de brinquedos para meninos, e os valores ligados a essas representa\u00e7\u00f5es. As pesquisas feministas parecem n\u00e3o ter dado suficiente aten\u00e7\u00e3o aos brinquedos como uma \u00e1rea de extrema import\u00e2ncia em termos de representa\u00e7\u00f5es sociais. Nosso objetivo, portanto, \u00e9 tentar expor e desafiar os significados sexistas que subjazem os brinquedos, e inserir, na agenda feminista, uma vis\u00e3o dos brinquedos como forma de comunica\u00e7\u00e3o.

Palavras-chave: discurso; semi\u00f3tica social; g\u00eanero social; brinquedo.
* N. das Orgs.: Texto publicado originalmente em ingl\u00eas In: LITOSSELETI, L.; SUNDERLAND,

J. (Eds.). Gender identity and Discourse Analysis. Amsterdan: John Benjamins, 2002. p. 91- 110. [Tradu\u00e7\u00e3o de Fernando Sim\u00e3o Vugman e Carmen Rosa Caldas-Coulthard]. Este artigo \u00e9 um dos resultados do projeto de pesquisa Toys as Communication (Brinquedos como Comunica\u00e7\u00e3o), desenvolvido por uma equipe multidisciplinar, sob a supervis\u00e3o do Professor Staffan Selander, da University of Stockholm, e financiado pelo Bank of Sweden. Os outros membros da equipe, da Dinamarca e da Su\u00e9cia, atuam nos campos da sociologia, da psicologia social e da pesquisa com brinquedos.

** Docentes das Universidades de Birmingham e de Cardiff, respectivamente. Carmen Rosa Caldas-
Coulthard \u00e9 doutora em Ingl\u00eas e Theo van Leeuwen \u00e9 doutor em Ling\u00fc\u00edstica.
12
Discurso cr\u00edtico e g\u00eanero no mundo infantil:
Linguagem em (Dis)curso - LemD, Tubar\u00e3o, v. 4, n.esp, p. 11-33, 2004

refer\u00eancia \u00e0 liga\u00e7\u00e3o entre objetos materiais, imagens e textualidade. Nosso principal interesse est\u00e1 nos significados sociais potenciais que diferenciam, especificamente, brinquedos de meninos de brinquedos de meninas e nos valores relacionados a tais representa\u00e7\u00f5es. A pesquisa feminista parece n\u00e3o haver dispensado aten\u00e7\u00e3o suficiente aos brinquedos como uma \u00e1rea extremamente importante em termos de representa\u00e7\u00e3o. Assim, nosso objetivo \u00e9 come\u00e7ar a expor e a desafiar significados sexistas e situar os brinquedos como comunica\u00e7\u00e3o na agenda feminista.

Figura 1 \u2013 Fotografias de Ken e Barbie\u2019s tiradas do cat\u00e1logo da Barbie;
fotos de The Rock e de Jacqueline\u2019s tiradas das caixas dos brinquedos.
13
Carmen Rosa Caldas
Coulthard e Theo van Leeuwen
Linguagem em (Dis)curso - LemD, Tubar\u00e3o, v. 4, n.esp, p. 11-33, 2004

Na figura 1, temos quatro representa\u00e7\u00f5es de atores sociais criados (em princ\u00edpio) para crian\u00e7as. Teoricamente, qualquer crian\u00e7a poderia optar por brincar com qualquer um deles. Na realidade, por\u00e9m, meninos tendem a n\u00e3o brincar com Ken; meninas tendem a n\u00e3o brincar com Jacqueline. Ouvimos de um pai que ele ficaria horrorizado se seu filho de 10 anos preferisse brincar com Barbies. O maravilhoso filme franc\u00eas Ma Vie em Rose, dirigido por Alan Berliner, mostra muito bem o conflito vivido pelos pais que s\u00e3o confrontados com as escolhas feitas por seu filho em termos de identidade de g\u00eanero. No filme, o menino come\u00e7a a revelar sua identidade atrav\u00e9s de sua escolha de brinquedos (ele brinca com Barbies, ou bonecas similares): seu mundo era o mundo cor de rosa da Barbie \u2013 um mundo de meninas.

Brinquedos, como a Barbie, Ken ou Action Man, representam atores sociais atrav\u00e9s do modo como s\u00e3o projetados em temos de movimentos, da combina\u00e7\u00e3o de cores, entre outras coisas, e estes \u2018modos\u2019 est\u00e3o sempre condicionados pelas ideologias e contextos sociais da \u00e9poca em que foram produzidos. Para Hall (1997, p. 61),representa\u00e7\u00e3o \u00e9:

o processo atrav\u00e9s do qual membros de uma cultura usam sistemas de significa\u00e7\u00e3o para produzir significado\u2026 Objetos, pessoas, eventos no mundo n\u00e3o t\u00eam em si mesmos qualquer significado fixo, final ou verdadeiro. Somos n\u00f3s, em sociedade, que atribu\u00edmos significado \u00e0s coisas e ao mundo que nos rodeia. Os significados, conseq\u00fcentemente, ir\u00e3o sempre mudar, de uma cultura ou per\u00edodo para outro.

De acordo com a afirma\u00e7\u00e3o de Hall brinquedos s\u00e3o, portanto, representacionais, no sentido de que eles significam como a sociedade se parece: seus pap\u00e9is (rela\u00e7\u00f5es de poder inscritas em pap\u00e9is sociais), suas tecnologias (representa\u00e7\u00e3o de ferramentas e instrumentos \u2013 carrinhos, trenzinhos, computadores e telefones de brinquedo, etc.), suas identidades e pr\u00e1ticas sociais.

Roland Barthes (1993, p. 53) sugere que brinquedos s\u00e3o um \u201cmicrocosmo
do mundo adulto\u201d e sempre significam alguma coisa:

[\u2026] esta alguma coisa \u00e9 sempre inteiramente socializada, constitu\u00edda pelos mitos ou pelas t\u00e9cnicas da vida adulta moderna. Brinquedos representam, basicamente, as institui\u00e7\u00f5es de nossas sociedades: o Ex\u00e9rcito, a Radiodifus\u00e3o,

Activity (7)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
emily_music84307 liked this
Paulo Fernando liked this
Paulo Fernando liked this
pcfrutuoso liked this
claudemir2009 liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->