Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
50Activity

Table Of Contents

Somente hoje que esta triste necessidade é a de vásTos milhões
Esta infeliz aliança do jovem Reich e do ilusório Estado aus-
Que a salvação do germanismo tinha como condição o aniqui-
Saí completamente abatido do Palácio Hansen sobre a Schiller
livro que eu comprei teve a sua participação; uma representação na
A riqueza e a indigência vizinhavam ali sem transição. No centro
A Insegurança dos salários quotidianos é uma das mais graves
A hesitação dos que não adoptam as medidas de salvação que
Uma tal educação deve sempre limitar-se a noções de ordem
Transformar um povo em nação pressupõe a criação dum meio
Eu nada conhecia então da organização sindical e não pudera
parte das vezes o adversário vencido desesperará do êxito de qualquer
Era sobretudo o «sindicato livre» que resumia a noção de demo-
Será esse também um Alemão?
parte da população do país. Não há que negá-lo; é assim mesmo
Um único ano em Viena tinha-me convencido de que não há
parte alguma na Alemanha as circunstâncias eram certamente tão favo-
Se os velhos Estados hereditários representavam o coração do
Alemão saído das fileiras do povo que colonizou a Marca do Leste
O horizonte geral do Austro-Alemão era já relativamente mais
O culpado desta omissão foi também o único culpado da ruína do
O conteúdo mental do que se discutia era de uma «elevação»
Toda a acção genial neste mundo não é um protesto do génio
Considerando que a compreensão política da grande massa não está
A nossa concepção ordinária da expressão «opinião pública»
Acontece também assim com qualquer outra questão. A decisão
Obrigando esse sistema o indivíduo a tomar posição em relação
Não é intenção da nossa actual democracia formar uma assem-
Se se objectar que em tais condições só dificilmente haverá
Viena era o coração da monarquia. Dessa cidade partia ainda o último
Na sua actuação prática o Dr. Lueger obtinha admiráveis êxitos
Também aí as tentativas antigermânicas dos Habsburgos não
Dava a impressão de que a Igreja não sentia com o povo alemão
Na insuficiente educação com relação ao nacionalismo e numa
Quando os dignitários da Igreja se servem de instituições ou
Se o Estado constituído de diferentes raças já exigia um sacri-
Baixa Baviera; eu não conseguia nem esquecê-lo nem aprender a gíria
Só os Habsburgos e os Alemães eram adeptos da aliança. Os
E como se poderá garantir a essa evolução os necessários fundamentos
9OO mil almas por ano. A dificuldade de alimentação desse exército de
Quando limitada a procriação e diminuído o número dos nasci-
Do que ninguém poderá duvidar é de que o mundo será exposto
Não é nunca demasiado insistir em que toda a colonização alemã
A indústria e o comércio retrocedem da sua posição de dirigentes e
Isso decerto não será feito de boa vontade. O direito da própria
Há outra razão para que essa solução seja considerada correcta:
Para uma aliança política só havia um possível aliado na Europa:
Somente a Grã-Bretanha era a potência que poderia proteger a
Esse estado múmia uniu-se à Alemanha não para lutar com ela
A divisa da política externa há muito que não era a conservação da
Se uma política de aquisição territorial na Europa só poderia ser
Pela tolice dessa «conquista económica pacífica» do mundo se preende
Austria fosse um Estado alemão. Com a introdução gradual do sufrágio
A ligação com a Austria privava a Alemanha das melhores e mais
Como os Alemães se haviam lançado na política do comércio
Rússia. Só os inimigos de ambas as nações é que poderiam ter nisso
Estado. A economia é tão-somente um dos muitos meios necessários
A decadência do povo alemão havia começado há muito tempo
Quando a notícia do assassínio do grão-duque Francisco Ferdi-
Só assim se pode compreender que não se pensasse numa solução
Tinha-se operado no exército inteiro essa transformação. As lutas
O objectivo da propaganda não é a educação cientifica de cada
Dá-se o mesmo em relação à propaganda política
Naquela ocasião subiam-me à cabeça a raiva e a indignação
No Verão de 1915 caíram nas nossas mãos os primeiros boletins
A diferença entre ele e a pátria iria eu conhecer numa mutação
Em Londres e Paris sucediam-se as conferências. Até a propa-
O imperador Guilherme II havia sido o primeiro imperador alemão que
@CAPITULO VIII
Traunstein e ali permaneci até à dissolução do acampamento
Em Março de 1919 voltámos de novo para Munique
A situação era insustentável. A continuação da revolução torna-
Essa dependência do capital em relação ao Estado livre forçava aquele
As suas exposições eram tão certas em todas as questões funda-
A tarefa daquele que estabelece um programa de acção não é
Outras são as condições do doutrinador. A sua importância quase
Quando assisti à primeira conferência de Gottfried Feder sobre
@CAPITULO IX
A curiosidade do exército de então em relação aos partidos políticos
Não podiam ter a mínima ideia do que se passava no coração
A impressão que tive não foi má; um grémio recém-fundado com
O presidente da «organização do Reich» era um senhor Harr; o da reunião
Eu não pertenço à categoria das pessoas que começam hoje uma
Até o destino parecia estar a dar-me uma indicação. Eu nunca
A chamada «intelectualidade» vê com infinito desdém todo aquele
Acontece o mesmo com a ruína dos povos e dos Estados. A posição
A nação enriqueceu-se em número e em bens terrenos. Mas a honra
Esta última afirmação ajusta-se perfeitamente àqueles que se
Não foram eles que asseguraram que só o «grande capitalista»
A história está repleta de exemplos que comprovam a correcção
Um sintoma da ruína económica foi a lenta eliminação do direito
A persistência da guerra contra as «indústrias pesadas» da Ale-
Ao ponto a que essa «dissipação» da economia alemã chegara
A virtude e a significação da ideia monárquica não podem estar
A razão para essa ignominiosa renúncia do Governo não estava no
Zeitung e do Berliner Tageblatr é mantido com a intenção de agradar
Mesmo que essa prostituição não tivesse por consequência a ter-
Em que deplorável situação se encontrava a Alemanha de antes da
A sua diminuição e a sua extinsão completa pressupõem a remoção
Se pensarmos que uma grande diminuição da procriação é a
Não se vê que praga está reservada às futuras gerações através de
Antes de tudo é preciso pôr no mesmo plano a educação intelectual
Uma educação racional terá de tomar em consideração esse
Devemo-nos livrar da noção de que a cultura física compete ao próprio
A liberdade individual deve ceder o lugar à conservação da raça
Surpresa da contaminação. Isso não é de admirar numa cidade
A finalidade e a razão de ser das revoluções não consistem em
A má intenção desses apóstolos do futuro torna-se evidente
Como são mesquinhas hoje « entre as construções
As grandes massas da nação não se compõem de filósofos. A fé para
Refiro-me à monstruosa leviandade e fraqueza da direcção política
A política de alianças do Império foi uma dessas meias medidas
A solução do caso da Alsácia-Lorena foi também uma meia
Para que o chamado «Reichstag» alemão mereça para sempre
O exército foi a escola que deu aos Alemães a convicção de que
parte qualquer responsabilidade e assinam com a destreza de um
Foi um erro o não se ter agido assim. Que instituição neste
InveJa e cobiça exigiam que o Governo ficasse sem força e os cidadãos
O corpo de funcionários públicos alemães e a máquina adminis-
@CaPíTULO XI
Justamente aí é que se impõe a conservação dessas determinadas
Só a execução da obra é que varia de acordo com as condições
Já deste esboço e acerca do desenvolvimento de nações deposi-
Só depois da escravização de raças inferiores é que os animais
Análogo é o caso do judeu. O seu espirito de sacrifício é só apa-
Também aqui o judeu não é movido por outra coisa senão pelo egoísmo
-se intenções francamente diabólicas. Elas são apresentadas ao pú-
A religião é ridicularizada. Bons costumes e moralidades são
Um exemplo terrível dessa escravidão é apresentado pela Rússia
Tudo na Terra é susceptível de melhoras. Cada derrota pode
@CAPITULO XII
A questão das raças dá-nos não só a chave para a compreensão
Interesses antagónicos de classes e profissões não são idênticos
A incorporação de uma classe na colectividade da nação não
Não é através de confraternizações piegas que o operário alemão
Um movimento que vise a restituição honesta do operário alemão
Se a conquista do poder é a condição preliminar para a realização
Por isso o movimento é antiparlamentarista. A sua participação
10. O movimento evita tomar posição em todo e qualquer pro-
A questão da forma exterior desse novo Estado não é de impor-
11. O problema da organização interna do movimento não é uma
12. O futuro do movimento depende do fanatismo, mesmo da
A lei natural de toda a evolução não permite a união de dois
13. O movimento tem de educar os seus adeptos de tal modo
14. O nosso movimento deve usar de todos os meios para incutir
A situação financeira era tão precária que não tinhamos nem re-
Isso não pode ser; isso não se realizará; isso não se deve arriscar;
Não serve de recomendação para um homem de negócios
A sua actuação sobre as massas é irrisória. O judeu tem toda
de PARTIDO OPERáRIO ALEMÃO NACIONAL-SOCIALISTA. é
Há uma classe de Indivíduos contra os quais não é nunca de-
Só me dominava uma preocupação. Perguntava-me: a sala ficará
O MOVIMENTO NACIONAL SOCIALISTA
CAPíTULO I
Passa-se o dia da eleição. Os parlamentares fizeram a última
O termo «religioso» só é fácil de perceber no momento em que aparece
O que acontece com o conceito «religioso» dá-se também co
A conversão da representação ideal de uma concepção do mundo
Falta aos Alemães o espírito gregário que sempre se verifica
O Estado alemão deve reunir todos os Alemães com a
O seu único Deus é o dinheiro. Mas nós não nos dirigimos a esses
A principal característica da nossa burguesia é que já não pode
Se esta afirmação de Moltke: «A felicidade não é mais do que o
Não é também mais nobre que um indivíduo atacado se defenda a
A função do desporto não é somente a de tornar os indivíduos
Justamente na mocidade é que o vestuário deve estar em função
Isto é hoje mais necessário por faltar a educação militar cuja
51 % está a razão da trágica ruína da Alemanha
Essa orientação pode ser expressa na seguinte fórmula: «É necessário
A superficial educação do Estado burguês tem bases fraquíssimas
Uma simples forma é fácil de destruir. A concepção actual de Estado
parte ignorava o que era a «nação»
O Estado racista deve lutar pela sua existência. Não a defen-
O terceiro ponto a considerar diz respeito à instrução pública
Essa aliança íntima de nacionalismo e de espírito de justiça
A única coisa a saber é se o resultado final será a favor da raça
Estabelecer-se-ão assim as cond ições essênciais para a con-
Os maiores não raramente têm origem em famílias modestas. Muitos
Para as descobertas não basta a instrução mal dirigida. É im-
Aí está a razão da incrível força dessa instituição multissecular
A instituição que hoJe erroneamente é designada pelo nome
A raça ou e consanguinidade étnica nada têm a ver com isso. O filho
Participava-se ao cafre em questão que «ele com aquela comunicação
O pior é que não só ninguém se preocupava com a raça do
Nisso está toda a diferença. Quanto à protecção dos direitos pes-
O jovem súbdito da nação alemã é obrigado a frequentar o ciclo
Ele submete-se assim à mesma educação dos nacionais. Mais tarde
O cidadão alemão é privilegiado em relação ao estrangeiro Essa
Todas as Invenções que vemos à nossa volta foram o resultado
A administração do Estado e o poder das nações representado
A acção destruidora do Judaísmo em vários aspectos da vida do
Na medida em que a economia se subtraía à actuação do prin-
Em última análise a satisfação dos interesses dos membros de
O próprio marxismo deu disso uma prova prática Não só nunca
A melhor constituição e a melhor forma de Estado é aquela que
O Estado racista não pode tolerar que homens cuja educação ou
Então a constituição política da nação será posta em harmonia
Uma tal revolução só poderá e só virá a realizar-se por meio de
@Concepção filosófica e organização
Nas suas relações com milhões de alemães proletários e burgue-
A primeira tarefa nesse combate não é a criação de uma nova
Só essa fanática intolerância tornou possível construir aquela fé cons-
Está na natureza de uma organização de combate que ela só pode
Não se apercebeu de que a força de um partido político não está
Como é possível inspirar nos indivíduos a fé cega na excelência
Só assim o movimento terá não só o direito mas também o dever
-lhe dar apenas a seguinte resposta: Não só o «monopolizou» como a
Só a preocupação da sua própria subsistência e o receio da pros-
@CAPíTULO VI
Brest-Litowsky. Durante a argumentação punha os dois tratados um
Muitos preferirão uma representação por imagens à leitura de um livro
A vitória do marxismo foi também devida às formidáveis de-
Isso não deve causar admiração a ninguém. Quem for assistir
A mesma explicação tem a maior convulsão revolucionária dos
Que Lloyd George era superior a Bethmann-Hollve prova-o o
livro nacional-socialista para os ler e daí formar uma ideia sobre
Era uma manifestação por ocasião do aniversário da grande batalha
Só o Governo pode com efeito gostar de tais coisas I Natural-
As Intenções do adversário foram aniquiladas apenas pela energia
Não se respeitava a proibição; os correligionários deles compa-
Compunha-se de «patriotas» e usava as cores do Reich. Se essas
-se formado sem a contribuição da burguesia alemã. A própria ban-
Os grandes partidos não tinham dado a menor atenção ao terrível
Eis porque não se tomaram todas as precauções necessárias para
A «dança> ainda não tinha começado e já a minha patrulha de
Com isso surge a convicção de que a força de uma tal agremiação
Eis a razão pela qual nunca uma liga por si só pode dar a solução
O Reich alemão surgiu justamente daquilo que milhões de alemães
A fundação do Reich alemão não foi o resultado de qualquer
N. S. D. A. P.) Não pode haver melhor prova da honestidade proverbial
Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães começavam a firmar-se
Naquela época não existiam representações nem ideias alheias
A constituição de uma associação trabalhista nunca concorrerá
Na realidade só se concebem grandes revoluções susceptíveis de
@CAPítULo IX
Do significado e da organização das secções de Estato
Estado sólido são caracterizados pela evidente dominação dos ele-
Tempos de ruína de um povo são determinados pela acção pro-
Quando se tratou de votar a «lei de defesa da República» não
Com a fundação do N. S. D. A. P. (Partido Nacional-Socialista
Quanto era necessária a sua organização pudemos ver não
Isso falta completamente às «ligas de defesa» de hoje. Quanto
Se a nação de hoje tornasse a lançar mão de associações de
O que nós precisávamos e precisamos ainda é não de cem
Há ainda outro perigo nas organizações secretas. Os seus mem-
Essa opinião pode encontrar justificação na história nos casos em
Eram mais Importantes que qualquer má ou Incompleta Ins-
As associações patrióticas de Munique haviam então publicado
Koburg a «guerra de extermínio contra os pacíficos operários». A uma
Se hoje um alto funcionário público qualquer pode fazer a alegação
O partido não pode tolerar que as S. A. desçam ao nível
@CAPítULO X
O judeu internacional Kurt Eisner começou a lançar a Baviera contra a
Quando Kurt Eisner dava ao movimento revolucionário na Baviera
Se tivermos em consideração as devastações que a mestiçagem
A Alemanha deve ser um Estado federativo ou unitário? Quais
Essa forma teórica não está de acordo com a prática em nenhuma
Estados. O tempo realizou as esperanças de Bismarck. Com o colapso
Essa república figurará na história alemã sob o aspecto de «intermezzo»
Vencer a distância de Munique a Berlim é hoJe mais fácil do que a
Baviera os apelos à descentralização não passam de uma manobra
Nisso deve-se ver uma lição para o futuro. A importância dos dife-
O supremo dever da organização consiste em tomar precauções
CAPITULO XII
O dever do sindicato nazi é a educação e a preparação para
Com tais possibilidades financeiras é que nós não podíamos
parte ele deve primeiro formar a sua concepção filosófica e comple-
Nessa ocasião impugnei todas as experiências que Já se previa
Somente com a diferença de que nós não enganáramos os outros
CAPíTULO XIII
A política alemã das alianças pós-guerra
Esta é a única prevenção que deve prevalecer no estudo de
Por outras palavras: O actual obJectivo de uma política alemã
Na agitação política da Alemanha a diplomacia britânica en-
O sonho da Inglaterra é e será sempre o de impedir a formação
O sonho da França é e sempre será impedir a formação de
Agora já não se fará uma política de alianças influenciadas por di-
A condição essencial para a aliança de povos não está nunca
A aplicação prática deste princípio deve ser deduzida para o tem-
Quais são actualmente os Estados que não tem Interesse vital
Europa podem fazer aliança connosco: o Inglaterra e a Itália
A Inglaterra não deseja uma França cujo poder militar não
Europa venha a ocupar na política uma posição tão segura que
A preponderância militar da França é para o Império inglês
A Itália também não pode desejar o aumento da preponderan-
Itália. Ninguém se deve pois iludir pensando que a afinidade de raças
Será possível fazer uma aliança com a Alemanha actual? As
Não. Uma potência que veJa numa aliança mais do que van-
Por Isso é que o Judaísmo desenvolve todos os seus esforços
França é e será sempre o Inimigo de quem mais temos a recear
Se a nação alemã quiser pôr um termo à situação que ameaça
A fantasia da aliança da Alemanha com o cadáver político dos
Mais uma vez se prova a asserção do poeta: «Um mal gera sempre
Se esta evolução dos espíritos não se manifesta ainda sob
Assim é que hoje há no mundo uma série de potências que
1. A colonização da Marca Oriental (Ostmark) devida princi-
2. A aquisição e penetração do território a leste do Elba
Até hoJe ainda apreciamos um heroísmo que custou aos alemães
Sobretudo não somos polícia de protecção dos conhecidos «pobres e
A Alemanha tornar-se-á uma potência mundial ou deixará do existir
Justamente o contrario. Não só nos círculos germânicos nacionalistas
Rússia de hoje também Já não é a Rússia de então. A Bismarck nunca
Bismarck»? A esta segunda pergunta é mais fácil responder. Com a SUa
Não têm igualmente fundamento as míticas esperanças de uma
Temos de adoptar a mesma posição em relação à Rússia. A Rússia
Não esqueço as constantes e insolentes ameaças feitas à Alemanha
Não admitais nunca a formação de duas potências continentais
Não é a orientação para o Ocidente o para o Oriente que deve ser
Nós próprios conhecemos a necessidade Inelutável que determina
CAPíTULO XV
A decadência de Cartago é uma horrível imagem do suplício
Essas aspirações militares dos Franceses já teriam sido alcan-
A invasão do Ruhr pelos Franceses ofereceu à Alemanha as
No ano de 1923 estávamos em face de uma situação idêntica
Isto podia ser previsto já na Primavera de 1923. Não venham
Como com a orientação do nosso Governo naquela ocasião não era
A França ocupa a bacia do Ruhr. Que há na região do Ruhr?
CONCLUSÃO
InJúrias e difamações nada conseguiram contra ele. Graças à justeza
BALANSO
XII -
Capitulo I--A casa familiar .Il--Anos de estudos e de sofrimentos em Viena
III--Considerações políticas gerais sobre a minha
IV--Munique
V--A Guerra Mundial
VII--A revolução
VIII--O começo da minha actividade política
IX--O partido trabalhista alemão
X--As causas da ruína
O MOVIMENTO NACIONAL-SOCIALISTA
XV--O direito da legítima defesa . .
I--Opinião filosófica e partido
II--O Estado
III--Súbditos do Estado e cidadãos
V--Concepção filosófica e organização . .
VI--A luta dos primeiros tempos--O valor da
VII--A luta com a frente vermelha
VIII--O forte é mais forte quando fica só
IX--Do significado e da organização das secções
X--O federalismo não passa de uma máscara
XI--Propaganda e organização
XII--A questão sindical . . . . .
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Minha Luta - Adolf Hitler

Minha Luta - Adolf Hitler

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 3,173 |Likes:
Published by api-3857106

More info:

Published by: api-3857106 on Oct 19, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

You're Reading a Free Preview
Pages 17 to 194 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 211 to 367 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 384 to 444 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 461 to 740 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 757 to 815 are not shown in this preview.

Activity (50)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Thiago André liked this
hic11 liked this
Taís Lima liked this
Vini Marques liked this
carlospedreira liked this
BeehCampos liked this
cesar_rdn757681 liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->