Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
32Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Scan Doc0042

Scan Doc0042

Ratings:

4.0

(1)
|Views: 6,236 |Likes:
Published by SociologiaHistFilo

More info:

Published by: SociologiaHistFilo on Nov 24, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/28/2013

pdf

text

original

 
CAPíTULO
FILOSOFIAMODERNA:
A
nova
crencra
eracionalismo
Asagradafalia
(1504-1505)-Michelangelo. ApartirdoRenascimento,osagradosehumanizaeohumanosediviniza.
Agora,nossaparadaéoprimeiroperíododa IdadeModerna,quandoumanovaracionalidade,umanovamaneiradeentenderascoisasexpandiu-sepelaEuropa.Vocêverácomoaconsciênciaracionalvoltouprogressivamenteadominaracompreensãodomundo,dessavezdeummodomaisradical,produzindoumarevoluçãofilosófica ecientíficaquefundouosalicercesdomundomoderno.
Questõesfilosóficas
Qualéolugardoserhumanonouniverso?Omundoéapresentado
à
menteouérepresentadoporela?Qualéarealidadefundamentaldascoisas? Quaisoasfontesdesuperstiçãoeengano?Quaisoasbasesdeumconhecimentoseguro?Qualmétodosedeveutilizar?PodearazãoconhecerDeus?Deuséimanenteoutranscendente?Existeolivre-arbítrio?
Conceitos-chave
antropocentrismo,racionalismo,humanismo, heliocentrismo,poderpolítico,razão,experiência, universohomogêneo,pontofixo,representação,ídolos,todoindutivo,todomatemático- -experimental,dúvidametódica,dualismo cartesiano,idealismo,demonstraçãogeométrica, Deustranscendente,Deusimanente
 
IDADEMODERNAArevalorizaçãodoserhumanoedanatureza
Iniciemosnossopercursonestecapítuloconsi- derandoalgunsaspectossociais,poticos,econô- micoseculturaisrelevantesdesseperíodohistóri- coqueseconvencionouchamarde
IdadeModer-na
(quevaidemeadosdoséculoXVaoséculo XVIll).Elesnosajudarãoacompreenderasmu- dançasnaproduçãofilosóficadessafase(aqual seráabordadanestecatuloenoseguinte).Apar- tirdoculoXv,umasériedeacontecimentosde- flagroudiversosprocessosquelevaramagrandes transformõesnassociedadeseuropeias.Entre eles,podemosdestacar:
apassagemdofeudalismoparaocapitalismo,
quesevinculouaoflorescimentodo
comércio,
aoestabelecimentodasgrandesrotascomerciais, aopredomíniodocapitalcomerciale
à
emergên-ciada
burguesia; aformãodosEstadosnacionais,
quefezsur-girnovasconcepçõespolítico-econômicas,como adiscussãosobreasformasdopoderpolítico (ocorreuenoacentralizaçãodopoderatras da
monarquiaabsoluta)
eaquestãocomercial(desenvolveu-senesseperíodoo
mercantilismo
eofortalecimentoeconômicodealgunsEstados, levandoaoimpulsodasgrandesnavegõesma- rítimas,
à
descobertadoNovoMundoeaoesta- belecimentodasconias);
omovimentodaReforma,
queprovocouaque-bradaunidadereligiosaeuropeiaerompeucomaconcepçãopassivadoserhumano,entregue unicamenteaosdegniosdivinos,reconhecendo otrabalhohumanocomofontedagraçadivinaeorigemlegítimadariquezaedafelicidade.Tam- bémconcebeuarazãohumanacomoextensão dopoderdivino,oquecolocavaoindividuoem condiçõesdepensarlivrementeeresponsabili- zar-seporseusatosdeformamaisaunoma;
odesenvolvimentodaciêncianatural,
quecriounovosmétodoscientíficosdeinvestigação, impulsionadospelaconfiançanarazãohumana epeloquestionamentodesuasubmissãoaos dogmasdocristianismo.AIgrejaCalica,por suavez,perdianessemomentopartedeseupo- derdeinfluênciasobreosEstadosededomina- çãosobreopensamento;
2191
Capítulo13Filosofiamoderna:novaciênciaeracionalismo
ainvençãodaimprensa,
quepossibilitouaim- pressãodostextosclássicosgregoseromanos, contribuindoparaaformaçãodohumanismo (movimentoqueestudaremosadiante).Adivul- gaçãodeobrascienficas,filosóficasearsticas, quesetornaramapartirdeentãoacesveisaum númeromaiordepessoas,propicioumaiorgrau deconsciênciaeliberdadedeexpreso. Todosessesacontecimentosmodificaram,em muitasregiões,omododeser,viverepercebera realidadedegrandenúmerodeeuropeus.Nasartes, nasciênciasenafilosofiasurgiramnovasideias, concepçõesevalores. Umexemploimportantedessasmudançasfoio desabrochardeumatendênciasocial
antropocên-
trica
(quetemoserhumanocomocentro),devalo- rizaçãodaobraecompreensãohumanas,emlugar dasupervalorizaçãodafécristãedavisão
teocêntri-
ca
(quetemDeuscomocentro)darealidade. Issolevouaodesenvolvimentodo
racionalismo
edeuma
filosofialaica
(nãoreligiosa)quesemos- trarão,demodogeral,otimistasemrelação
à
capa- cidadedarazãodeintervirnomundo,organizara sociedadeeaperfeiçoaravidahumana.
CenadeumafeiranosPaísesBaixos(c.1570-1603).O renascimentourbanoeaexpansãodaatividadecomercial daburguesianaEuropafavoreceramosurgimentodo capitalismo.
Observação:
Parafinsdeestudo,temosadotadonestaobraa periodizaçãohistóricatradicional,quetemahistóriaeuropeiacomo' principalreferência.Reconhecemos,noentanto,queessadivisão cronológicaapresentaproblemasemacomodartodaaproduçãodo' quegeralmentesecostumadesignar
filosofiamoderna.
Algunspensadoresdopeodomedieval,porexemplo,poderiamperfeita- menteestarincldosnestecapítulo.
 
Unidade3Afilosofianahistória
Renascimento
o
movimentoculturalquecontribuiuparaessastransformaçõeséconhecidocomoRenascimento(sé- culosXV-XVI).Tendoporbeoapensula
Itálica,
criariaasbasesconceituaisedevaloresquepermiti-riamoimpulsodarazãoedaciêncianoséculoXVII.Inspiradonohumanismo-movimentodeintelec- tuaisquedefendiamoestudodaculturagreco-romanaeoretomoaseusideaisdeexaltaçãodoserhumanoedeseusatributos,comoarazãoealiberdade-,oRe- nascimentopropiciouodesenvolvimentodeumamentalidaderacionalista.Revelandomaiordisposi- çãoparainvestigarosproblemasdomundo,oindiví-duomodernoagouseuesritodeobservãosobreanatureza,dedicoumaistempoàpesquisaeàsexperi-mentações,abriuamenteaolivreexamedomundo. Esseconjuntodeatitudescontrapunha-se,emgran-demedida,àmentalidademedievalpica,influenciada pelopensamentocontemplativoemaissubmissaàs chamadasverdadesinquestioveisdafé.Opensador modernobuscarianãosomenteconhecerarealidade,descobrirasleisqueregemosfemenosnaturais,mastammexercercontrolesobreela.Oobjetivoerapre- verparaprover,comosediriamaistarde. Issoosignificou,pom,umcompletoaban-donodasquestõescristãsmedievais,oquesetoma claroseobservamosofundoreligiosoquepersiste nasobrasintelectuaiseartísticasdesseperíodo.Oqueocorreufoiumarenovaçãonotratamentodes-sasqueses,apartirdeumanovaperspectivahu-mana,deuma"humanização"dodivino.
Ameaças
à
novamentalidade
Atransãoparaamentalidadecientíficamodernaofoiumprocessobitoesemresistências.Foasligadasaopassadomedievallutaramduramentecon-traastransformaçôesquesedesenvolviam,punindo, porexemplo,muitospensadoresdaépocaeorgani-zandolistasdelivrosproibidos(o
lndex).
Foinessecontextoqueváriospioneirosdaciên- ciamodernasofreramperseguiçãodaInquisição, tribunalinstituídopelaIgrejaCatólicacomofimde descobrirejulgarosresponsáveispelapropagão deheresias,istoé,concepçõescontráriasaosdog- masdoscalicos.
Inquisição-
Criadaem1232pelopapaGregórioIX.Suaaçãoestendeu-seporriosreinoscristãos,comoItália,França,Alema- nha,Portugale,especialmente,Espanha.Comodecorrerdotempo,reduziusuasatividades,quesomenteforamreativadasemmeados doséculoXVI,diantedoavançodoprotestantismo.
1220
Exemplomarcantedessasperseguõeséojulga- mentodopensadoritalianoGiordanoBruno (1548-1600),condenadoàmortenafogueirapor contestaropensamentocatólico,queseapoiavana ideiadequeoplanetaTerraeraocentroimóveldo universo.Essanoçãogeocêntrica'estavafundamen- tadanaastronomiadogregoPtolomeu,nafísicade AristóteleseemcertasinterpretaçõesdaBíblia. Contraessaconcepção,GiordanoBrunodefen- deuateoriaheliocêntrica,formuladaporNicolau Copérnico(vertextosobreeleemseguida),eafir- mouqueouniversoéumtodoinfinito,cujocentro nãoestáempartealguma.Asperseguiçõesqueso- freuporissosãodenunciadasnestaspalavras:
Porsereudelineadordocampodanature-za,porestarpreocupadocomoalimentodaalma,interessadopelaculturadoespí-ritoededicado
à
atividadedointelecto,eisqueosvisadosmeameaçam,osobservadosmeassaltam,osatingidosme.mordem,osdesmascaradosmedevoram.
(BRUNO,
Sobre
o
infinito,
o
universo
e
osmundos,
p.
3).
EstátuadeGiordanoBrunoemBerlim,doartistaAlexander Polzin.Ofilósofoérepresentadodepernasparaoar,comos dedosdasosedospésimitandochamas,provavelmente umaalusãoasuasideiassobreomundo,revolucionárias paraaépoca,eaofatodetermorridonafogueira.

Activity (32)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Karol Guimarães liked this
Talisson Rodrigues added this note
isso e bosta
Ionara Raissa' liked this
Fabricia Azevedo liked this
Jéssica Silva liked this
Yasmim Mikaella liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->