Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
5Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Relatorio Hospitalar PRONTO

Relatorio Hospitalar PRONTO

Ratings: (0)|Views: 1,674|Likes:
Published by Giovana Romano

More info:

Published by: Giovana Romano on Nov 27, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

10/04/2013

pdf

text

original

 
ÍNDICE
INTRODUÇÃO....................................................................................................1DESCRIÇÃO DA EMPRESA..............................................................................2OBJETIVO..........................................................................................................3METODOLOGIA.................................................................................................3DISPENSAÇÃO DE MEDICAMENTOS…………………………………………...4CONCLUSÃO.....................................................................................................5
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS .............................................................................5ANEXOS ........................................................................................................................6
 
1.INTRODUÇÃO
A Farmácia Hospitalar é um órgão de abrangência assistencial, técnico-científica e administrativa, onde se desenvolvem atividades ligadas à produção,armazenamento, controle, dispensação e distribuição de medicamentos ecorrelatos às unidades hospitalares. É igualmente responsável pela orientaçãode pacientes internos e ambulatoriais, visando sempre a eficácia daterapêutica, além da redução dos custos, voltando-se também para o ensino ea pesquisa, propiciando assim um vasto campo de aprimoramento profissional.Um Serviço de Farmácia em um hospital é o apoio clínico integrado,funcional e hierarquicamente, em um grupo de servos que dependemdiretamente da Direção Central e estão em constante e estreita relação comsua administração.A principal razão de ser da Farmácia é servir ao paciente, objetivandodispensar medicações seguras e oportunas. Sua missão compreende tudo oque se refere ao medicamento, desde sua seleção até sua dispensação,velando a todo momento por sua adequada utilização no plano assistencial,econômico, investigativo e docente. O farmacêutico tem, portanto, umaimportante função clínica, administrativa e de consulta.
2.DESCRIÇÃO E CARACTERÍSTICAS DA EMPRESAMedicamentos fornecidos:
Hipertensão, diabetes, antidepressivos, antiinflamatórios, analgésicos,antitérmicos, antibióticos, antibacterianos.
Normas para fornecimento de medicamentos
:Receita médica ou cartão do hipertenso ou diabético.
Armazenamento:
Prateleira e armário de controlados.
Pedido de mercadoria
: E feito pelo levantamento de faltas e enviado aoalmoxarifado central da PREFEITURA MUNICIPAL DE LUZIANIA.
Estrutura:
3 metros largura x 6 metros de comprimento
Nº de funcionários:
Dois
Data da fundação:
01/07/1990
Serviços disponíveis
Posto de vacinação, atendimento médico, odontológico, laboratório de análisesclinica, raio x,
 
3.OBJETIVO
O principal objetivo do estágio no CAIS foi aprender as funções que ofarmacêutico pode desempenhar na Farmácia hospitalar, considerando asprincipais áreas em que ele deve estar presente: administração da farmácia edispensação de medicamentos.O esgio proporcionou a vincia das rotinas desenvolvidas noambiente da farmácia hospitalar, buscando a aplicação prática no que for decompetência à: - Legislão no âmbito farmacêutico digo de éticafarmacêutica; Código de defesa do consumidor - Lei 8.078 –11/09/90; Lei5.991-17/12/73; Portaria n°344 –12/05/98; RDC nº 27 -27/03/07 RDC n° 306 –07/12/04 (Resíduos de serviço da saúde), RDC n° 214 e suas atualizações.Além disso, houve a realização de atividades no setor de estoque ereceão de matéria-prima, no setor de higienizão da farmácia eprincipalmente no setor de dispensação e controle de medicamento.
4. METODOLOGIA
O CAIS possui um sistema de controle de receitas recebidas, e tambémde controle do estoque. Sendo assim, sempre que o atendimento recebe umanova receita dica, registra no sistema os medicamentos que seodispensados, o sistema informa se há no estoqueAssim que a receita dica chega na farmácia, é analisada pelofarmacêutico (que pode consultar a literatura durante a análise, como, por exemplo: DEF, PR Vade-mécum, Guia de Sinônimos, Guia de Produtos comDosagens. Em caso de dúvidas ou alterações, o farmacêutico deve entrar emcontato com o médico. O sistema de recebimento e análise das receitas podeser esquematizado de acordo com o farmacêutico.Assim que o farmacêutico verifica a medicação, prepara a mesma edispensa fazendo as devidas orientações.

Activity (5)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Camilla Luzia liked this
rolingfield liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->