Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
37Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Teste_História_Gato_Gaivota

Teste_História_Gato_Gaivota

Ratings: (0)|Views: 4,788 |Likes:
Published by Pe_de_salsa

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Pe_de_salsa on Nov 29, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/28/2013

pdf

text

original

 
Teste de Língua Portuguesa – 7.º ano
Nome: _________________________________________ n.º: ___ turma:___ data: ___/ ___/ ___ Classif.: _________________________________________ Assin. prof.: ____________________ 
Grupo ILê o texto atentamente.Texto
O gato grande, preto e gordo estava a apanhar sol na varanda,ronronando e meditando acerca de como se estava bem ali, recebendo os cálidosraios pela barriga acima, com as quatro patas muito encolhidas e o raboestendido.No preciso momento em que rodava preguiçosamente o corpo para que osol lhe aquecesse o lombo, ouviu o zumbido provocado por um objecto voadorque não foi capaz de identificar e que se aproximava a grande velocidade. Atentodeu um salto, pôs-se de pé nas quatro patas e mal conseguiu atirar-se para umlado para se esquivar à gaivota que caiu na varanda.Era uma ave muito suja. Tinha todo o corpo impregnado de umasubstância escura e malcheirosa.Zorbas aproximou-se e a gaivota tentou pôr-se de pé arrastando as asas.- Não foi uma aterragem muito elegante – miou.- Desculpa. Não pude evitar – reconheceu a gaivota.- Olha lá, tens um aspecto desgraçado. Que é isso que tens no corpo? Eque mal que cheiras! – miou Zorbas.- Fui apanhada por uma maré negra. A peste negra. A maldição dos mares.Vou morrer – grasnou a gaivota num queixume.- Morrer? Não digas isso. Estás cansada e suja. Só isso. Por que é que nãovoas até ao jardim zoológico? Não é longe daqui e lá há veterinários que tepoderão ajudar – miou Zorbas.- Não posso. Foi o meu voo final – grasnou a gaivota numa voz quaseinaudível, e fechou os olhos. (...)Vencendo a repugnância, o gato lambeu-lhe a cabeça. Aquela substânciaque a cobria, além do mais sabia horrivelmente. Ao passar-lhe a língua pelopescoço notou que a respiração da ave se tornava cada vez mais fraca. (...)- Prometo-te o que quiseres. Mas agora descansa – miou ele compassivo.- Não tenho tempo para descansar. Promete-me que não comes o ovo –grasnou ela, abrindo os olhos.- Prometo que não te como o ovo – repetiu Zorbas.- Promete-me que cuidas dele até que nasça a gaivotinha.- Prometo que cuido do ovo até que nasça a gaivotinha.- E promete-me que a ensinas a voar – grasnou ela fitando o gato nosolhos.Então Zorbas achou que aquela infeliz gaivota não só estava a delirar,como estava completamente louca.- Prometo ensiná-la a voar. E agora descansa, que vou em busca de auxílio– miou Zorbas trepando de um salto para o telhado.Kengah olhou para o céu, agradeceu a todos os bons ventos que a haviamacompanhado e, justamente ao exalar o último suspiro, um ovito branco compintinhas azuis rolou junto do seu corpo impregnado de petróleo.
 
 
Luís Sepúlveda,
História de Uma Gaivota e do Gato que a Ensinou aVoar 
A. Interpretação do textoResponde às queses apresentadas com frases claras ecompletas. Sempre que seja oportuno, completa as tuas respostas compassagens textuais.
1. Diz por que podemos considerar o texto uma narrativa. ________________________________________________________________________  ________________________________________________________________________  ________________________________________________________________________ 2. Classifica o narrador. Transcreve palavras do texto que comprovem a tuaresposta. ________________________________________________________________________  ________________________________________________________________________ 3. Caracteriza física e psicologicamente o gato. ________________________________________________________________________  ________________________________________________________________________ 3.1. Diz o que fazia ele quando a gaivota apareceu. ________________________________________________________________________  ________________________________________________________________________ 3.2. Refere os sentimentos que a gaivota despertou em Zorbas. ________________________________________________________________________  ________________________________________________________________________  ________________________________________________________________________ 4. Explica por que motivo a gaivota “tinha o corpo impregnado de umasubstância escura emalcheirosa”. ________________________________________________________________________  ________________________________________________________________________  ________________________________________________________________________ 5. Identifica a principal preocupação de Kengah. ________________________________________________________________________  ________________________________________________________________________ 

Activity (37)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Ines Dinis Dinis added this note
muito bom o site
Joana Fernandes liked this
carlamarques73 liked this
ceciliaguise liked this
joisaoliveira liked this
acf_carneiro3797 liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->