Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
14Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Kunst ist Krieg - Música industrial e discurso belicista

Kunst ist Krieg - Música industrial e discurso belicista

Ratings: (0)|Views: 2,359 |Likes:
Published by Lidia Zuin
Através de um panorama histórico da música industrial, movimento cultural surgido no fim dos anos 1970, esta pesquisa ressalta alguns dos artistas que mais trabalharam com discursos belicistas em suas letras, músicas, indumentária e arte gráfica, tendo como foco a banda austríaca Nachtmahr. Criada pelo ex-militar Thomas Rainer, o projeto solo aborda metáforas militares de forma a discutir temas cotidianos aos indivíduos, como relações de poder, a defesa da autenticidade e a luta contra a hipocrisia. Por meio de uma pesquisa de perspectiva fenomenológica, com algumas observações etnográficas, e análises das referências culturais, propõe-se uma reflexão sobre o uso de elementos totalitaristas e militares em manifestações culturais.
Através de um panorama histórico da música industrial, movimento cultural surgido no fim dos anos 1970, esta pesquisa ressalta alguns dos artistas que mais trabalharam com discursos belicistas em suas letras, músicas, indumentária e arte gráfica, tendo como foco a banda austríaca Nachtmahr. Criada pelo ex-militar Thomas Rainer, o projeto solo aborda metáforas militares de forma a discutir temas cotidianos aos indivíduos, como relações de poder, a defesa da autenticidade e a luta contra a hipocrisia. Por meio de uma pesquisa de perspectiva fenomenológica, com algumas observações etnográficas, e análises das referências culturais, propõe-se uma reflexão sobre o uso de elementos totalitaristas e militares em manifestações culturais.

More info:

Published by: Lidia Zuin on Dec 06, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/02/2013

pdf

text

original

 
FACULDADE CÁSPER LÍBERO
Kunst ist Krieg
Música industrial e discurso belicista
Lidia Zuin de MouraOrientador: Prof. Dr. José Eugenio de Oliveira Menezes
SÃO PAULO/2011
 
KUNST IST KRIEG: MÚSICA INDUSTRIAL E DISCURSO BELICISTA
Lidia Zuin
RESUMO:
Através de um panorama histórico da música industrial, movimento culturalsurgido no fim dos anos 1970, esta pesquisa ressalta alguns dos artistas que mais trabalharamcom discursos belicistas em suas letras, músicas, indumentária e arte gráfica, tendo como focoa banda austríaca Nachtmahr. Criada pelo ex-militar Thomas Rainer, o projeto solo abordametáforas militares de forma a discutir temas cotidianos aos indivíduos, como relações de poder, a defesa da autenticidade e a luta contra a hipocrisia. Por meio de uma pesquisa de perspectiva fenomenológica, com algumas observações etnográficas, e análises dasreferências culturais, propõe-se uma reflexão sobre o uso de elementos totalitaristas emilitares em manifestações culturais.
Palavras-chave:
Música industrial, Nachtmahr, estética, nazismo
KUNST IST KRIEG: INDUSTRIAL MUSIC AND MARTIAL DISCOURSE
Lidia Zuin
ABSTRACT:
Through a historical overview of industrial music, cultural movement emergedin the late 1970’s, this research elects some of the artists that worked with martial discoursesin their lyrics, music, indumenta and graphic art, focusing on the Austrian band Nachtmahr.Founded by the former soldier Thomas Rainer, the solo project composes military metaphorsin order to discuss quotidian themes related to general individuals, such as power relations,the defense of authenticity and the fight against hypocrisy. According to a phenomenological perspective, with some ethnographic observations, and an analysis of the cultural referencesof this music genre, we propose a reflection about the usage of totalitarian and militaryelements in industrial music.
Keywords:
Industrial music, Nachtmahr, aesthetic, Nazism
2
 
Agradecimentos
Este foi um ano de grandes acontecimentos. Em 2010, eu já ansiava por esta pesquisasem, no entanto, imaginar a dimensão que ela tomaria. Por ter começado a participar dasreuniões do Grupo de Pesquisa Comunicação e Cultura do Ouvir, liderado pelo Prof. Dr. JoséEugenio Menezes, foi que ganhei mais proximidade com aquele que seria meu orientador nesta monografia e que me abriria tantas portas, sempre disposto a me auxiliar no que fosse preciso.Foi assim que conheci o Prof. Dr. Thomas Bauer, que me convidou a participar daseletiva de trabalhos a serem apresentados na International School of Communication andMedia, na Universidade de Viena. Ter sido aceita não foi só uma grande honra como umaimensa oportunidade que me permitiu conhecer melhor e também aprender muito com outras pessoas de diferentes culturas, vindas de diversos países. A viagem foi extremamentegratificante, graças à companhia do professor Eugênio e sua esposa Monica Martinez, amestranda Danielle Denny e sua mãe Valderez, além do pequeno João que nos acompanhounessa empreitada internacional. Também devo aqui agradecer ao Prof. Sérgio Pinheiro, quenão só foi uma ótima companhia como esteve comigo em Salzburg, na festa Overdose, numlugar em que ele provavelmente jamais imaginaria um dia ir! Cito também o Prof. Dr. LuisMauro Martino como alguém que não me deu importantes conselhos como me proporcionou conversas muito enriquecedoras durante nossa participação no evento.Mostro aqui minha gratidão pela ajuda e apoio dos amigos da Faculdade Cásper Líbero, dos professores Dimas Künsch e Walter Lima, das pessoas que acompanharam minha pesquisa pelo Facebook e pelo blog Kunst ist Krieg, além da minha família – principalmenteminha mãe Odete, que sempre esteve torcendo pelo meu sucesso junto ao meu namoradoMatheus, além do meu pai, que certamente me apoiaria se ainda estivesse entre nós.Agradeço também os amigos Adriana Amaral, Cid Vale, Renato Zanotto Paschoal eRodrigo Nacht por terem me acompanhado nesse processo, sempre muito solícitos. Por fim,ao meu gato Théo, por sempre estar dormindo ao lado do meu computador durante as longasnoites de pesquisa.
3

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->