Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
13Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Misterios de Tarot Marselha

Misterios de Tarot Marselha

Ratings: (0)|Views: 111|Likes:
Published by NegraRosa18

More info:

Categories:Types, Comics
Published by: NegraRosa18 on Dec 28, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/06/2013

pdf

text

original

 
QUARTA-FEIRA, 19 DE NOVEMBRO DE 2008 
 
PontoRepresenta o espiritual em sua forma embrionária, ou seja, algo no início do seu
 
desenvolvimento.CírculoRepresenta a realização espiritual, a perfeição. Ele simboliza um movimento cíclico, dinâmico eainda o número dez.OBS.: Semi-círculoRepresenta a vontade de se realizar espiritualmente, de ser puro. Ele é um ciclo que não foiterminado mas deve se completar.
 
CruzA cruz exprime a oposição das forças, duas a duas, para dar nascimento à quinta essência. É a
 
imagem da ação do Ativo sobre o Passivo, do espírito sobre a matéria. Representa que a
 
cabeça domina o corpo.Sabemos que a cruz exprime suas idéias porque é formada de uma barra vertical ( imagem do
 
ativo ) e de uma barra vertical ( imagem do passivo ) com todas as analogias ligadas a estestermos ( positivo e negativo,atrativo e repulsivo, cheio e vazio, homem e mulher, yin e yang
 
).Esta cruz também é conhecida como cruz latina.
 
 OBS.:Quando as feiticeiras querem exprimir suas idéias num pantáculo, formulam suasimprecações destruindo a harmonia da figura; elas colocam a cruz de cabeça para baixo e
 
assim ex
primem a s seguintes idéias: “ a matéria domina o espírito”, “ o mal é superior ao bem“, “ as trevas são preferíveis à luz”, “ o homem deve deixar 
-se guiar por seus mais baixos
instintos e tudo fazer para destruir sua inteligência”.
 Esta cruz também é conhecida como cruz de são pedro.TriânguloNo tarô, o triângulo representa a espiritualidade polarizada, de acordo com o seu ápice
 
sabemos se é polarizado para cima ou para baixo.Para maior compreensão desta figura deextrema importância, iremos anlisá-la mais profundamente.
 
O triângulo exprime idéias diferentes, de acordo com as posições tomadas por seu ápice.Em si
mesmo, o triângulo é formado por duas linhas opostas, imagem do “ duplo “ e do antagonismo,
que iriam perder-se no infinito sem se encontrarem jamais se uma terceira linha não viesse unir
 
as duas, reconduzindo-as à unidade e constituindo a primeira figura fechada.O triângulo com a cabeça para cima representa tudo o que vai de baixo para o alto.
 
Ele é, particularmente, o símbolo do fogo, do quente. É o mistério hierárquico da luz e da
 
matéria, radical do fogo elementar. É o princípio formal do sol, da luz, das estrelas e de toda avida natural.Esta luz primitiva leva para o alto todos os fenômenos de suas virtudes porque, estando
 
purificada pela unidade da luz incriada, ela se lança sempre rumo à Unidade de onde tira o seuardor.
 
 O triângulo de cabeça para baixo representa tudo o que vai do alto para baixo.
 
Ele é, particularmente, o símbolo da água, do úmido: é a Água Superceleste ou a Matéria
 
Metafísica do mundo saindo do espírito protótipo, a mãe de todas as coisas que do binárioproduz o quaternário. Todos esses movimentos tendem para baixo, é daí que diz-se que a
 
água individualiza as matérias particulares e os corpos de todas as coisas dando-lhes aexistência.A união dos dois triângulos representa a combinação do quente e do úmido, do sol e da lua, o
 
princípio de todo a criação, a circulação da vida do céu à terra, a evolução para os Hindus.Esta figura, chamada Selo de Salomão, representa o universo e seus dois Ternários: Deus e a
 
natureza, é a imagem do macrocosmo.A estrela de seis pontas é um símbolo muito conhecido, usado como talismã, amuleto atrativo
 
de energias positivas recomendado contra qualquer tipo de adversidade, natural ou
 
"sobrenatural". É confecionada como figura ou objeto e atualmente pode ser encontradaornamentando ambientes, roupas, publicações e objetos como medalhas, pingentes e anéis.
 
Nos livros de todos os bons mestres ocultistas do Ocidente existem comentários a estesímbolo. De fato, a estrela com seis pontas remonta às eras pré-cristãs, época veramente
 
nebulosas, e não é uma exclusividade da cultura judaica; ao contrário, pertence ao acervo designos mágicos de diferentes povos em diferentes épocas.
 
A estrela é um legado que os patriarcas de Israel receberam no contexto do sincretismo
 
religioso resultante do encontro das culturas hindu-arianas (Índia) e semitas da Mesopotâmia(atual Iraque). Desde Abraão, a estrela atravessou séculos até chegar ao Rei
 
Salomão, filho do Rei Davi. Os segredos da estrela foram revelados a Salomão como parte desua iniciação nos Mistérios de Deus. Salomão, ícone representativo de sabedoria, foi,
 
realmente, um Mago, ou seja, um conhecedor de forças metafísicas. A "lenda histórica" contaque Salomão obteve a revelação das Ciências Ocultas de fonte divina, Ciência esta queconsiste na Cabala Judaica, "magia" das relações de poder entre números e palavras.
 
A Cabala trata do controle da energia mental (ou pensamento) através de um sistema de rituais(ações repetidas) onde se destaca a utilização de símbolos acompanhados de invocações
 
(falas, chamados, fórmulas verbais, versos, orações). A estrela de seis pontas é considerada o
 
mais poderoso dos símbolos mágicos cabalísticos, usado como objeto de meditação sempreque se deseja uma conexão com Deus. Tal meditação pretende alcançar um estado de
 
consciência, que não é sono nem vigília, caracterizado pela experiência de esquecimento ouabstração do Ego pessoal (a personalidade condicionada pelo mundo) e conseqüente
 
sentimento de identificação com o Eu Real, o Eu superior que é Uno ou indissociável do

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->