Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
7Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
ReforcoEscolarGramatica

ReforcoEscolarGramatica

Ratings: (0)|Views: 1,779|Likes:

More info:

Categories:Types, Research, Science
Published by: Alexandre Soares de Albuquerque on Jan 01, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/12/2013

pdf

text

original

 
1
PRIMEIRA AULA DE GRAMÁTICA-INTERNETProfessora: Sandra FrancoEstudo da Gramática.Sujeito.I.
 
Introdução ao estudo de Gramática.II.
 
Sintaxe e termos da oração.III.
 
Estudo do Sujeito.IV.
 
Recomendações finaisV.Exercícios.I.
 
Introdução ao estudo da Gramática.
vício na falaPra dizerem milho dizem mioPara melhor dizem mióPara pior pióPara telha dizem teiaPara telhado dizem teiadoE vão fazendo telhados.
Oswald de Andrade
Ao escrever, faz-se necessário elaborar as estruturasfrásicas, estar atento à correta grafia das palavras, usar apontuação adequadamente para que o leitor possa compreender amensagem, assim afirma a gramática normativa. Porém, grandesautores escreveram (e escrevem) textos reconhecidos pelaqualidade e criatividade, sem as normas gramaticais sejamrigorosamente observadas – como se lê nesse poema de Oswaldde Andrade. Você conhece Monteiro Lobato? Ele não concordava
 
2
com as regras de acentuação gráfica – o que não significa que elenão as soubesse ou deixasse sempre de segui-las.Você deve pensar em conhecer a gramática como quempensa em conhecer um instrumento, uma ferramenta:isoladamente a ferramenta, o instrumento, não tem utilidade. Sóquando é criada uma situação em que se precise utilizá-los é queterão reconhecido seu valor, entende?Enfim, estudar a gramática é ampliar as possibilidades deexpressão na escrita, conhecer a ferramenta para usá-la da formaadequada às nossas necessidades. Segundo a etimologia,gramática é uma palavra de origem grega
grammatiké
, quesignifica “a arte de escrever ou ler”. Talvez, no estudo dagramática normativa nas escolas, o prazer de escrever ou lertenha sido abandonado: estudar gramática passou a ser “decorar” regras e mais regras, às vezes (muitas vezes) sem que se entendao porquê delas. Claro que o objetivo dessas aulas virtuais seráfazer você conhecer, aprender e utilizar a Gramática nos examesvestibulares; mas, vamos tentar fazer de maneira mais prazerosa,mais simples.
II.Sintaxe e os termos da oração.
Comece relembrando quantas são as partes da Gramática:Fonologia, Morfologia e Sintaxe. Pouco a pouco, cada uma dessaspartes irá se revelar em nossos estudos.A primeira parte será a
Sintaxe
; nela encontraremos estudossobre as relações que as palavras possuem dentro da oração, ouentre orações. Além de outros elementos importantes na estruturade nossa língua: Regência, Colocação Pronominal e Concordância.Nessa aula, vamos estudar as funções que as palavrasexercem dentro de uma oração. Você lembra o que é oração?
Oração é o enunciado, com significado, que contém um verbo ouuma locução verbal.
As
 partes
que formam as orações são chamadas dentro daSintaxe de
termos
. Observe que não é apenas a palavra queimporta nesse estudo, mas a relação entre uma e outra palavra;exemplificando:
Ex:
Eu ganhei uma
blusa
.(blusa = substantivo =
objeto
dessa oração)
 
3
A
blusa
era nova.(blusa = substantivo =
sujeito
dessa oração)O número de palavras que uma oração contém nãoexpressa, necessariamente, o número
de termos.
O pequeno João comprou os livros solicitados.
3 palavras = sujeito4 palavras=predicado
Claro que quanto mais se dividir os termos da oração,achando seus núcleos, mais se reduzirá o número de palavras aum representar outro termo. Ainda utilizando o exemplo acima:O pequeno João comprou os livros solicitados.
3 palavras = sujeito simples4 palavras=predicado verbalJoão= núcleo do suj.comprou= núcleo do pred.o=adjunto adnominalos livros solicitados= objeto diretopequeno=adj.adnominallivros= núcleo do ODos= adjunto adnominalsolicitados= adjunto adnominal
Confuso? É muita coisa para você guardar? Claro que não...Nós fomos separando os termos, analisando o núcleo de cada umdeles e determinando a função daqueles que “iam sobrando”, atéchegarmos a última palavra da oração, ao último termo.Vamos estudar a função que cada uma das palavras podeexercer, a partir de três grupos de termos:a.
 
Termos
essenciais
: Sujeito e Predicado.b.
 
Termos
integrantes
: Complementos Verbais,Complemento Nominal, Agente da passiva.c.
 
Termos a
cessórios
: Adjuntos e Aposto.
III.Estudo do Sujeito.Sujeito:
termo
 
sobre o qual se declara algo. Observe que éconsiderado essencial na oração; normalmente, o verbo concordacom o sujeito, então, tente primeiro identificar o verbo – é umaboa dica para você não errar na classificação.

Activity (7)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Esli Seraphim liked this
Erinaldo Sales liked this
Kadma Cristina liked this
Paula Cunha liked this
Aline Santos liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->