Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Sociedade_e_Cultura_Inglesas

Sociedade_e_Cultura_Inglesas

Ratings: (0)|Views: 185|Likes:
Published by L Miguel Música

More info:

Published by: L Miguel Música on Jan 02, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/02/2012

pdf

text

original

 
 | Luís Pinela
 A Idade Média na Europa - Conflitos
 
S
OCIEDADE E
C
ULTURA 
I
NGLESAS
I
 
oceae e uura ngesas
e-fólio A 
1
A Inglaterra e o Espaço Europeu
 A Idade Média marcou um período histórico. Poder-se-ia delimitá-lo como se fosseuma época em que a humanidade tomou consciência dela própria - da suamenoridade. Porém, apesar da emergência da filosofia renascentista no século XV eda sua consolidação no século XVI, a libertação do homem desse estágio inferior sóse manifestaria inequivocamente mais tarde, por via do Iluminismo. Kant, Voltaire eLocke foram alguns exemplos do pensamento iluminista que serviu de inspiração aoprocesso de evolução do homem sob os aspectos individual e social. A Europa do fim do período medieval ainda era caracterizada por uma economiafeudalista baseada na agricultura; por uma sociedade estática e hierarquizada,constituída pela nobreza feudal, pelo clero e pelos servos. Os poderes políticos, jurídicos e económicos concentravam-se nas mãos dos senhores das terras.Os séculos XIV e XV foram indiscutivelmente marcantes para a Inglaterra que se viuconfrontada com várias crises (políticas, sociais e económicas), conducentes aguerras internas (manutenção das pretensões em relação à Irlanda, a Gales e àEscócia) e externas. Nomeadamente as longas e sangrentas: Guerra dos Cem Anos(1337-1453) contra a França; Guerra das Rosas (1455-1485), caracterizada por vários confrontos internos pela coroa inglesa. A derrota no primeiro conflito e asconsequentes perdas dos territórios continentais contribuiu para desencadear osegundo. A estes factos acresce a propagação da Peste Negra que dizimou parte dapopulação europeia.
A Peste Negra
O século XIV ia a meio. Os tempos eram de guerra: pelo poder; pela posse deterritórios; pelas lutas internas de supremacia e de soberania.O continente europeu nessa época assemelhava-se a uma manta de retalhos, dadaa indefinição dos limites dos vários territórios e as guerras constantes, travadas entrepaíses vizinhos.Não obstante todos os factos apontados anteriormente, no ano em que a Guerra dosCem anos assinalava uma década de hostilidades entre as duas potências
 
oceae e uura ngesas
e-fólio A 
2
europeias, a Europa via-se a braços com uma terrível (e temível) doença epidémicaque causava ínguas, manchas escuras na pele e exsudação de forte odor entreoutros sintomas, que viria a atingir a ilha britânica no ano seguinte. A Peste Negra(Peste Bubónica) chegou à Europa em 1347 e durou até 1350. Embora se tivessemregistado vários surtos posteriormente, durante cerca de 60 anos, a Peste Negra nãovoltou a incidir à escala de epidemia.Para todos os efeitos a taxa de mortalidade da Peste Negra era tão elevada que seregistaram reduções drásticas da população e, consequentemente, da diminuição demão-de-obra. Apesar de não existirem números oficiais, suspeita-se que a taxa demortalidade se terá situado entre 30% e 40% (entre 5 e 6 Milhões de indivíduos) dapopulação inglesa, tendo a pobreza e as condições de vida miseráveis das cidadesinglesas contribuído para uma forte e rápida propagação da doença. JoanPlantageneta, filha do então rei de Inglaterra, Eduardo III (1312-1377), sucumbiu àPeste Negra aquando da sua viagem a Espanha.Em Inglaterra tentava-se suprir a falta de trabalhadores com medidas impopularesque exigiam uma sobrecarga de trabalho, acrescida de um aumento da carga fiscal(
 poll tax 
em
 
1377) para financiar a Guerra dos Cem Anos contra a França. A imposição de semelhantes condições, o descontentamento em relação à igreja e àrepressão suscitaram a revolta dos camponeses (1381). O Rei cede às exigências eoutorga perdões e alvarás de libertação da servidão, que acabaram por ser revogados pelo parlamento
.
 
G
uerra
 
d
o Cem Anos - 1337-1453
 A Inglaterra travou uma guerra contra a França durante mais de 100 anos motivadapela posse de vastos territórios junto a toda a costa norte da França e ainda por posições políticas da França, de oposição a Inglaterra, no conflito entre ingleses eescoceses. Além disso, Eduardo III de Inglaterra alegava ser o herdeiro legítimo dacoroa francesa dado que a sua mãe, Isabel, era irmã de Carlos IV de França. Poréma França cerceou tal reivindicação pelo facto de a coroa francesa não poder ser herdada por linhagem feminina.O trono foi ocupado por Filipe VI, na sequência da morte do seu primo Carlos IV, queretira a posse do Ducado de Guyenne aos ingleses. A estes acontecimentos soma-

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->