Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Sofonias, as Torres Gêmeas e o Dia da Ira

Sofonias, as Torres Gêmeas e o Dia da Ira

Ratings: (0)|Views: 240 |Likes:
Um breve comentário sobre o Livro de Sofonias
Um breve comentário sobre o Livro de Sofonias

More info:

Categories:Types, Research, History
Published by: João Batista Azevedo Jr on Jan 19, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/16/2014

pdf

text

original

 
1 
SOFONIAS, AS TORRES GÊMEAS E O DIA DA IRA
 Há alguns dias encontrei dois conhecidos que falavam de maneira apreciativa sobre a inerrânciada Bíblia, o que me faz supor que ambos pertençam a uma das muitas denominações cristãsfundamentalistas, adeptas da interpretação literal das Escrituras Sagradas. Como exemplo destainerrância, um deles citou o livro do profeta Sofonias, que teria previsto a destruição das TorresGêmeas do World Trade Center em New York, que aconteceu em 11/09/2001.Esta afirmativa despertou minha curiosidade pois, mesmo sem conhecer profundamente ahistória do povo judeu, estava ciente de que a maioria dos profetas havia vivido entre 500 e 700AC. Portanto, Sofonias teria previsto um evento que ocorreria uns 2500 anos depois! Severdadeiro, seria algo realmente extraordinário.Todas as citações bíblicas contidas neste resumo foram retiradas de textos disponíveis no site“The Unbound Bible”(http://unbound.biola.edu/), a saber: (a) em português, da Almeida Atualizada
1
, e; (b) em latim, da Vulgata Clementina
2
.
Israel na época de Sofonias:
Para entender corretamente textos bíblicos é necessário levar emconta o contexto histórico em que foram escritos. Sofonias (em hebraico Zephanja, que significa“o Senhor esconde” ou “o Senhor protege”) fez suas profecias durante o reinado de Josias (640 –609 AC), provavelmente antes de 622 AC. Durante os reinados de Manassés e Amom,antecessores de Josias, o reino de Judá foi um aliado submisso da Assíria. Como exemplo destasubmissão, pode ser citado o fato de que as tropas de Manassés participaram de operaçõesmilitares dos reis assírios Esarhaddon (reinou 680–669 AC) e Assurbanipal (reinou 668–627 AC).O reino de Judá beneficiou-se economicamente do aumento de comércio que resultou daunificação política de todo o Oriente Médio sob a influência assíria. Porém, a influência de outrasculturas fez-se sentir também na religião, incluindo a própria corte. O processo de consolidaçãodo monoteísmo judaico regrediu e outras divindades, além de JAVÉ, continuaram ou voltaram aser cultuadas; o texto bíblico menciona, entre outras, Asherah
3
, Baal
4
, Astarote
5
, Quemós
6
eMilcom.
7
Os locais de culto a estes deuses estrangeiros, espalhados pelo território de Judá, eramdenominados “lugares altos”. Até mesmo o santuário real passou a abrigar uma variedade dedeuses estrangeiros; o sol, deidades astrais e Asherah eram ali cultuados, juntamente com JAVÉ.
1
Nota contida no site “The Unbound Bible” esclarece que: “Imported from the CrossWire Bible Society's "The Sword Project"Bible Modules.
2
Nota contida no site “The Unbound Bible” esclarece que: “Imported from the text provided at VulSearch. The base text is that edited byColunga and Turrado (Madrid, 1946). Typographical errors have been corrected, and spelling and puctuation have been modernized. It isbelieved that the text found in Colunga and Turrado was and is in the public domain, and that only the various introductions and othereditorial material would ever have been under copyright, none of which are included in this text."
3
Deusa semítica, deusa mãe, consorte do deus supremo, também denominada Elath (“a Deusa”) ou Qudshu (“Santidade”); identificadavariavelmente como consorte de El, Baal ou Yahweh.
4
Deus venerado por muitos povos antigos do Oriente Médio, especialmente entre os cananitas, que o consideravam o deus da fertilidade;também chamado Príncipe, Senhor da Terra, Senhor da Chuva e do Orvalho, Senhor dos Céus.
5
Deusa da guerra e do amor sexual, cultuada por muitos povos antigos do Oriente Médio , também denominada Astarte, Athtart,Ashtart; principal divindade de Tiro e Sidon, denominada Rainha dos Céus pelos cananitas.
6
Antiga divindade semítica, considerado pelos moabitas como o deus supremo.
7
Divindade nacional dos amonitas, talvez possa ser também identificado com Moloch, ao qual crianças eram sacrificadas pelo fogo.
 
2 
Com a morte de Assurbanipal, o poder da Assíria declinou rapidamente. Josias iniciou então umvigoroso movimento de independência e restauração, cujo principal aspecto era religioso. Estareforma principiou com o expurgo dos cultos estrangeiros em Jerusalem, e depois nas demaiscidades e regiões. Durante a renovação do templo em Jerusalem foi encontrado um livro, atéentão inédito, cujo autor seria Moisés; de acordo com a maioria dos estudiosos, trata-se de umaedição do Deuteronômio.
8
 Um dos mais zelosos promotores da reforma, e conselheiros do rei quanto a este assunto, foiSofonias, cujos escritos constituem documentos importantes sobre o reinado de Josias.Josias perseguia a restauração da autoridade davídica sobre todo o domínio do antigo ReinoUnido de Israel e Judá, e a retirada da Assíria facilitou suas ambições — até que ele se envolveude modo fatal na disputa de outras potências pelo espólio do império assírio. A morte de Josiasem 609 representou um golpe para seu programa de reforma religiosa, bem como para seusplanos políticos. Embora o sincretismo religioso avalizado pela realeza, como nos tempos deManassés, não tenha reaparecido, há evidência de que o culto a divindades estrangeiras voltou aser praticado.
Conteudo:
O livro de Sofonias contem apenas três capítulos, e sua estrutura lógica está descritanos parágrafos seguintes.
1:2-2:3
A ameaça do “dia do Senhor”, um dia da ira (“dies irae”) no qual o julgamento do Senhordescerá sobre Judá e Jerusalem, como castigo à degeneração da vida religiosa (1:4-7a); a puniçãose estenderá a todas as classes de pessoas (1:7b-13) e será uma terrível catástrofe (1:14-18);portanto o povo de Israel deve arrepender-se, fazer penitência e buscar o Senhor (2:1-3).
2:4-15
A irá do Senhor cairá não somente sobre Jerusalem, mas também sobre todos os povos-filisteus (4-7), moabitas e amonitas (8-11), etíopes (12), assírios e ninivitas (13-15).
3:1-8
O profeta menciona Jerusalem novamente e assegura que os aristocratas, administradoresda lei, profetas e sacerdotes receberão o julgamento mais severo.
3:9-20
Profecia consoladora, uma visão do futuro Reino de Deus, no qual todas as nações domundo, unidas em uma só fé, adorarão um único Deus e receberão as dádivas do ReinoMessiânico.
8
Sobre o reinado de Josias, veja 2 Reis 22-23 e 2 Crônicas 34-35.
 
3 
1. A palavra do Senhor que veio aSofonias, filho de Cuche, filho de Gedalias, filhode Amarias, filho de Ezequias, nos dias de Josias, filho de Amom, rei de Judá.1. Verbum Domini quod factum est ad Sophoniam, filium Chusi, filii Godoliæ, filii  Amariæ, filii Ezeciæ, in diebus Josiæ, filii Amon,regis Judæ.
I
1:2-2:3 A ameaça do “dia do Senhor”, um dia da ira (“dies irae”) no qual o julgamento do Senhor descerá sobre Judá e Jerusalem2. Hei de consumir por completo tudosobre a face da terra, diz o Senhor.3. Consumirei os homens e os animais;consumirei as aves do céu, e os peixes do mar, eos tropeços juntamente com os ímpios; eexterminarei os homens de sobre a face daterra, diz o Senhor.2. Congregans congregabo omnia a facieterræ, dicit Dominus :3. congregans hominem et pecus,congregans volatilia cæli et pisces maris : et ruinæ impiorum erunt, et disperdam homines a facie terræ, dicit Dominus.
   1  :   4  -   7   a  –   O   j   u    l   g   a   m   n   t   o   d   o   S   e   n    h   o   r   s   e   r    á   d   e   v   i   d   o    à   d   e   g   e   n   e   r   a   ç   ã   o   d   a   v   i   d   a   r   e    l   i   g   i   o   s   a
4. E estenderei a minha mão contra Judá,e contra todos os habitantes de Jerusalém; eexterminarei deste lugar o resto de Baal, e osnomes dos sacerdotes de ídolos, juntamentecom os sacerdotes;5. e os que sobre os telhados adoram oexército do céu, e aqueles adoradores que juramao Senhor, e juram por Milcom;6. e os que deixam de seguir ao Senhor, eos que não buscam ao Senhor, nem perguntam por ele.7. Cala-te diante do Senhor Deus, porqueo dia do Senhor está perto;4. Et extendam manum meam super  Judam et super omnes habitantes Jerusalem : et disperdam de loco hoc reliquias Baal, et nominaædituorum cum sacerdotibus ;5. et eos qui adorant super tecta militiamcæli, et adorant et jurant in Domino, et jurant inMelchom ;6. et qui avertuntur de post tergumDomini, et qui non quæsierunt Dominum, necinvestigaverunt eum.7. Silete a facie Domini Dei, quia juxta est dies Domini :
Livro de Sofonias
Almeida Atualizada Vulgata Clementina

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->