Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Classificando Os Seres Vivos

Classificando Os Seres Vivos

Ratings: (0)|Views: 74|Likes:
Published by alfonsopaiva

More info:

Published by: alfonsopaiva on Jan 19, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/19/2012

pdf

text

original

 
CLASSIFICANDO OS SERES VIVOS
Os cientistas dividem os seres vivos emgrupos, por meio de um processochamado classificação. Os grupos maisbásicos são chamados reinos. Existemcinco reinos de seres vivos.O primeiro reino é o
monera
(
Monera
)
,constituído por organismosunicelulares. São seres simples demaispara que sejam chamados de plantasou de animais. Eles são tão pequenosque é preciso um microscópio para vê-los. As bactérias pertencem ao reinomonera.O segundo reino é o
p
rotista
(
P
rotista
)
,e a maioria de seus organismostambém é unicelular. As algas e osprotozoários fazem parte desse reino.O terceiro reino é o dos
fu
ngos
(
Fu
ngi 
)
.A maioria dos fungos possui muitascélulas dispostas em grupos quelembram fios. Os cogumelos, asleveduras e os bolores são fungos.O quarto reino é o das
pl
antas
(
Pl 
antae
)
, e elas também são constituídas de muitas células. Além disso, as plantaspossuem clorofila, um pigmento verde que absorve a luz do Sol.O quinto e maior reino é o dos
animais
(
 A
nima
ia
)
. Como os fungos e as plantas, os animais possuem muitascélulas. Existe uma variedade enorme de animais, desde as esponjas marinhas até os seres humanos, e todos elesreagem ao ambiente que os cerca.Os vírus são classificados separadamente desses cinco reinos, pois possuem características exclusivas.Muito antes do alvorecer da ciência os seres humanos já nomeavam espécies. Para obterem sucesso durante assuas atividades de caça e de coleta, os humanos de então precisavam saber que animais caçar e que plantascoletar. A taxonomia, a ciência que trata da nomeação das espécies, surgiu no século 17 e se firmou no séculoseguinte, graças ao trabalho de Carl Lineu. Esse naturalista sueco inventou um sistema para organizar os seresvivos em grupos, os quais abrigavam grupos cada vez menores. De acordo com o novo sistema todos os membrosde um grupo particular compartilhavam determinadas características. Os seres humanos pertenciam à ordem dosmamíferos e, dentro dessa ordem, à família dos primatas, nesta família, ao gênero Homo, e gênero Homo, àespécie Homo sapiens.O que definia uma espécie eram as barreiras que impediam a sua reprodução com outras. Os genes fluíam entreos membros de uma mesma espécie, quando acasalavam; mas esses indivíduos, normalmente, permaneciam noâmbito da sua espécie, graças às barreiras reprodutivas. Assim, diferentes espécies podem procriar em épocasdistintas do ano; determinada espécie pode achar os sons de corte de outras espécies nada estimulantes; ou,ainda, o DNA de uma espécie pode ser incompatível com o DNA de espécies diferentes.Assim, embora a definição de espécie ainda seja alvo de discussão entre os cientistas, o conceito mais usado é areunião de indivíduos semelhantes capazes de se cruzar dando descendentes férteis. Porém, existem exceções àregra, chamada de
h
ibridização
. Coiotes, lobos de Algonquin e os lobos cinzentos podem cruzar entre si eproduzir descendentes férteis. Outro exemplo é a mandioca, existem duas espécies a brava e a mansa ou doce.Todas têm uma substância tóxica, o ácido cianídrico. Mas a brava possui uma quantidade letal para o homem e osanimais. Os índios aprenderam a diferenciar uma espécie da outra. A mandioca brava precisa passar por umprocesso de lavagem, cozimento e secagem para perder parte desse veneno. Os índios da Amazônia utilizam asduas espécies para a sua alimentação, porém cada uma recebe um tratamento para ser consumida.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->