Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Hemorragia digestiva aguda

Hemorragia digestiva aguda

Ratings: (0)|Views: 38 |Likes:
Published by Andreza Soares

More info:

Published by: Andreza Soares on Jan 28, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/28/2012

pdf

text

original

 
1
Projeto Diretrizes
Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina
O Projeto Diretrizes, iniciativa conjunta da Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina, tem por objetivo conciliar informações da área médica a fim de padronizar condutas que auxiliem o raciocínio e a tomada de decisão do médico. As informações contidasneste projeto devem ser submetidas à avaliação e à crítica do médico, responsável pela condutaa ser seguida, frente à realidade e ao estado clínico de cada paciente.
Hemorragias Digestivas
 
Elaboração Final:
7 de novembro de 2002
Participantes:
Santiago Mendes G, Dani R
 Autoria: Federação Brasileira de Gastroenterologia
 
Projeto Diretrizes
Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina
2
 Hemorragias Digestivas
DESCRIÇÃO DO MÉTODO DE COLETA DE EVIDÊNCIAS:
 
Pesquisa de artigos no MEDLINE, preferencialmente meta-analíticos e derevisão; capítulos de livros-texto de referência em gastroenterologia.
GRAU DE RECOMENDAÇÃO E FORÇA DE EVIDÊNCIA:A:
Estudos experimentais e observacionais de melhor consistência.
B:
Estudos experimentais e observacionais de menor consistência.
C:
Relatos de casos (estudos não controlados).
D:
Opinião desprovida de avaliação crítica, baseada em consensos,estudos fisiológicos ou modelos animais.
OBJETIVOS:
Estabelecer uma orientação prática para o médico freqüentementeenvolvido com casos de hemorragia digestiva, nas unidades de internaçãohospitalar e serviços de urgência.
CONFLITO DE INTERESSE:
Nenhum conflito de interesse declarado.
 
3
 Hemorragias Digestivas
Projeto Diretrizes
Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina
I
 
NTRODUÇÃO
 A hemorragia digestiva aguda, evidenciada clinicamente pelaexteriorização de hematêmese, melena ou enterorragia, é uma causafreqüente de hospitalização de urgência. As hemorragias quedecorrem de lesões proximais ao ligamento de Treitz são conside-radas hemorragias digestivas altas (HDA) e, distais a ele, hemor-ragias digestivas baixas (HDB). Habitualmente, a HDA expressa-se por hematêmese e/ou melena, enquanto a enterorragia é aprincipal manifestação da HDB. No entanto, HDA de grande vulto pode produzir enterorragia, da mesma forma que lesões bai-xas, do cólon direito ou delgado terminal, podem manifestar-secom melena.
H
EMORRAGIA
 
DIGESTIVA
 
 ALTA
 
POR
 
 VARIZES
 
ESOFAGIANAS
 A hemorragia conseqüente à ruptura de varizes esôfago-gás-tricas é a principal complicação da hipertensão portal e cursaainda com uma expressiva mortalidade, em torno de 30%
1
(
D
).O tratamento do sangramento agudo por varizes objetiva corrigiro choque hipovolêmico, obter a hemostasia do sítio sangrante,prevenir o ressangramento precoce e as complicações associadasà HDA.
R
EPOSIÇÃO
 
 VOLÊMICA 
 A HDA por varizes esofagianas é presumível em um pacienteadmitido já com história de hepatopatia crônica ou com estigmasperiféricos de insuficiência hepática. Habitualmente, produz sériainstabilidade hemodinâmica, mas cessa espontaneamente em 40%dos casos
2
(
 A 
).Os pacientes cirróticos apresentam um permanente estado decirculação hiperdinâmica, com pronunciada vasodilataçãoesplâncnica por ação de substâncias vasoativas, notadamente oóxido nítrico. O volume arterial efetivo é baixo, motivo pelo qualestes pacientes tendem, habitualmente, à hipotensão arterial
3
(
D
). A correção da hipovolemia deve ser muito criteriosa, uma vez quea distribuição do volume oferecido tende a ser direcionada prefe-rencialmente para o território esplâncnico, com elevação da pres-são portal, formação de ascite e pouco impacto sobre a pressão

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->