Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
EDIÇÃO 762 ON LINE 03-02-2012

EDIÇÃO 762 ON LINE 03-02-2012

Ratings: (0)|Views: 5,605 |Likes:
Published by Atos_e_Fatos

More info:

Published by: Atos_e_Fatos on Feb 03, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/30/2012

pdf

text

original

 
Ano XV - 762|Três Passos, sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012R$ 3,00
Inauguração da
Página 23
 
Diretores
: Adelar Breitenbach e Jerônimo Breitenbach
Jornalistas responsáveis:
Clóvis Machado e Carlos Roberto Grün
Editor:
Carlos Roberto Grün
Redação:
Carlos Roberto Grün, Paulo Farias e Tiago Borges
Diagramação/Arte:
Marco Aurélio Debesaitis
Impressão Correio do Povo
Os conceitos e opiniões assinadas são de responsabilidade do colunista.
 ASSINATURA:
 Anual:......................R$ 100,00Semestral:.................R$ 60,00Correio (anual):........R$ 170,00Correio (semestral):...R$ 90,00
 Filiado à Adjori  Associação dos Jornais do Interior do RioGrande do Sul 
Fundado em 19 de abril 1997
Fone/Fax: (55) 3522-1030atosefatos@difusoraceleiro.com.brwww.difusoraceleiro.com.br
 Adelar Breitenbach & Cia Ltda.Inscrição Estadual: 148/0046733 - CNPJ 04.480.825/0001-01 Av. Santos Dumont, 240 - CEP 98600-000 - Três Passos/RS
Periodiciade:
Semanal 
GERAL
Atos e Fatos
 Jornal
2
 Sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012
 Dra. Caroline Helena Lazzarotto de Lima Fisioterapeuta - CREFITO 5 96804-F  Pós Graduada em Saúde Pública/Saúde da Mulher - PREMUS/PUCRS Formação em Reequilíbrio Somato-Emocional 
O filme é antigo, sequer nos lembramos do nome,mas seu conteúdo permaneceu em nossa mente, mesmodepois de tantos anos. Contava a história de uma moçaque não falava, não caminhava, possuía o corpo de umacriança, embora tivesse quase vinte anos. A garota era in- terna em entidade específica para tratamento do seu tipode dificuldade e uma professora se interessou pelo seucaso. A dedicação da profissional, a percepção dos deta-lhes, levou-a a concluir que a interna tinha consciência doque acontecia à sua volta. A professora começou a desen-volver com ela um método de comunicação que se davaguiando o seu braço. A aluna foi alfabetizada, porém eranecessário provar à Instituição que os escritos eram feitospela menina e não pela professora.A mestra passou a dedicar a maior parte do seu tempolivre à aluna. Despertou com isso a inimizade dos colegasdocentes ao querer provar um caso considerado impos-sível, do qual desconfiavam ser uma fraude e tentativa deaparecer da professora.O ponto alto da história ocorre quando da conversa en- tre a professora e uma colega encarregada pela comissãode ética de fazer um relatório sobre o caso. A escola quer julgar se a protagonista deve ou não deixar o emprego. Odiálogo é mais ou menos assim:- Estou nesta entidade há anos. Tudo sempre correubem por aqui. Nós sempre fizemos o melhor. Não é quevocê esteja errada. É que você derruba-nos ao entrar decabeça, enxergar com clareza aquilo que suspeitamosexistir. Você é uma ameaça!Para lidar com pessoas especiais é preciso gente queperceba e curta cada conquista, por menor e lenta queseja. Que tenha fibra, paciência para não desanimar coma demora dos resultados. O tempo, nas necessidades es-pecíficas, não é medido com o relógio usual. Quanto maisdifícil o trabalho, mais desprendimento é ideal que se te-nha. Um profundo amor pelo ser humano, objeto do seuofício é fundamental em qualquer profissão. Não se podeprescindir de pessoas que sejam o motor da evolução, queenfrentam a realidade existente e criam novos paradigmas.O filme é uma profunda lição de humanidade e amor ao próximo, que transcende ao lado profissional, pondo-oem risco, inclusive. Mostra principalmente, como são úteispessoas com habilidades, dedicação especial para se lidar com seres humanos especiais.A compaixão escassa que permeia a humanidade aolongo das eras volta e meia ressurge em algum exemploanônimo. É sentimento latente, a nos lembrar que sempreé tempo de interromper o círculo vicioso da indiferençaconsciente por quem transita ao nosso lado, no mesmoambiente que nós, mas que não nos interessa ou nosincomoda.
Tempo de Compaixão
TRI SINISTRO!
Faixa colocada na frente de uma loja de muletas:
“Liquidação de muletas! Venha correndo!” 
- Febre tifóide é aquela febre que, ou tu curas ou ela tifóide!
- É! O amor é como a gasolina da vida. Custa caro, acaba rápido e pode ser substituída pelo álcool!
- Como vovó já dizia: __ Ex-namorado é que nem vesti-do: tu vês em foto antiga e não acredita que teve coragemde um dia sair com aquilo!
- Espermatozóides se cumprimentando: E aí, seu porra?!
- Troque seu coração por um fígado, assim tu te apai- xonas menos e bebe mais!
- Os ursos polares adoram o frio. Os bipolares àsvezes adoram, às vezes não!
- Sou tri curioso! Tenho uma baita curiosidade em sa-ber o que esse Jeová fez de errado prá ter tantas testemu-nhas assim!!!
- Não custa repetir: O amor não é aquilo que te pegade surpresa e te deixa totalmente sem ar! Não é isso não! O nome disso é asma!
- E já que estamos falando em amor: O amor não fazbrotar uma nova pessoa dentro de ti. O nome disso égravidez!
- E por uma vez por todas, aprenda: O amor nãotorna as mulheres mais bonitas. O nome disso é maquiagem!
- Cara! Se tu não queres ouvir reclamações, trabalheno S.A.C. (Serviço de Atendimento ao Cliente) da empre-sa que fabrica pára-quedas!
&&&Bah! Eu sempre quis ter o corpo de um atleta.Graças ao Ronaldo fenômeno isso já é possível!&&&Sabes de uma coisa! Descobri agora...Antes eu não era perfeito...Faltava-me a modéstia!...agora, diga-se de passagem,Modéstia a parte!&&&Um abraço para o meu amigoJoão Álvaro Machado Filho!
Osteoartrose do quadril
 
A Osteoartrose de Quadril também pode ser chamada deartrose ou osteoartrite de quadril. Se refere a uma doençadegenerativa desta articulação, ou seja, há o desgaste dacartilagem articular, ou seja, o tecido cartilaginoso que tornaa articulação uma superfície absolutamente lisa e harmôni-ca transforma-se em uma superfície áspera e irregular.Esta enfermidade atinge 5 a 10% da população especial-mente os adultos de meia idade e idosos. Pode apresentar ou não uma causa específica, no entanto, na maioria doscasos se apresenta como consequência de outras doen-ças como defeitos congênitos do quadril (desde o períodogestacional), reumatismos, déficit circulatório da região e também devido a traumatismos (acidentes por exemplo...)Os primeiros sintomas podem ser um leve desconfortona região inguinal (virilha), nádega, coxa ou mesmo no jo-elho ou alguma rigidez articular (endurecimento da junta).Normalmente a dor piora com atividade física, mesmo queleve, e melhora com repouso.Com o passar do tempo os sintomas tendem a se inten-sificar e a dor e a rigidez podem estar presentes mesmo emrepouso. Muitas vezes aparecem dificuldades em realizar atividades como calçar os sapatos por exemplo. Isto acon- tece porque a cartilagem se torna cada vez mais gasta, finae irregular.Quando finalmente o tecido cartilaginoso se esgota,o movimento passa a acontecer osso com osso o que éextremamente doloroso. O indivíduo passa a mancar e ter mais limitações de movimento.O diagnóstico é realizado pelo médico através do examefísico e também de exames de imagem, como raio x e res-sonância por exemplo.O tratamento divide-se em cirúrgico e não cirúrgico. Oprimeiro se refere a casos mais graves em que o indivíduojá não consegue realizar normalmente suas atividades diá-rias e sente muita dor, este é um estágio avançado. A cirur-gia mais utilizada se chama Artroplastia de quadril, onde háa substituição da articulação por uma prótese.É importante salientar que apesar dos benefícios que acirurgia proporciona (alívio da dor e melhora da mobilidade)o paciente deverá continuar evitando esportes de impacto eatividades que sobrecarreguem a prótese pois, o sucessoe a duração da vida útil da cirurgia dependem muito doscuidados pós-operatórios recomendados pelo médico.O segundo, compreende a mudança de hábitos, evitandoatividades de alto impacto como futebol, tênis e corridas;realizar atividades na piscina como natação e hidroginás- tica; exercitar-se com bicicleta ergométrica sem carga;manter ou perder peso se necessário; evitar carregar peso,subir e descer escadas ou ladeiras. O tratamento não ci-rúrgico também é feito através de medicações para a dor.A fisioterapia auxilia no controle da dor e no fortalecimentomuscular de forma segura e orientada.Como se previne?A artrose primária (sem causa específica) é de difícilprevenção, uma vez que ela se manifesta insidiosamenteem indivíduos saudáveis previamente. Nos pacientes comalguma história de patologia prévia do quadril, todas as me-didas citadas no tratamento não cirúrgico devem ser ado- tadas visando retardar ou mesmo evitar seu aparecimento.Deve-se ressaltar que o alcoolismo, o tabagismo o uso dedrogas ilícitas além de do uso prolongado de medicaçõescom corticoide são fatores de risco evitáveis de necroseavascular da cabeça do fêmur, uma das causadoras de os- teoartrose do quadril.
 
Sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012 
3
GERAL

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->