Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
9Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Cuidados de Enfermagem Ao Paciente Traqueostomizado

Cuidados de Enfermagem Ao Paciente Traqueostomizado

Ratings:

3.0

(1)
|Views: 5,244|Likes:
Published by estela_teix

More info:

Published by: estela_teix on Feb 06, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/25/2013

pdf

text

original

 
Cuidados de Enfermagem ao PacienteTraqueostomizado
Trabalho por Renata Carvalho, estudante de Diversos @ , Em 20/10/20065Tamanho da fonte: a- A+
TRAQUEOSTOMIAIntrodução
O termo traqueostomia refere-se à operação que realiza uma abertura e exteriorização da luztraqueal. A primeira descrição cirúrgica com sucesso data de 1546, por um médico italiano, AntonioMusa Brasavola, que operou um paciente com abscesso na garganta. Entretanto, a aceitaçãouniversal só veio com os trabalhos de Chevalier e Jackson, no início do século XX, que descreverampormenores da técnica, suas indicações e complicações.Historicamente, a traqueostomia foi desenvolvida para promover a desobstrução das vias aéreas.Com os avanços técnicos atuais, tais como laringoscopia e broncoscopia de fibra ótica, as indicaçõestradicionais da traqueostomia sofreram uma grande mudança.Hoje em dia a sua principal utilização é no manejo de pacientes que necessitam períodos prolongadosde suporte ventilatório mecânico. Há, ainda, a utilização da traqueostomia com o intuito de promoveruma adequada limpeza das vias aéreas, mesmo na ausência de necessidade de ventilação mecânica.
TRAQUEOSTOMIAO QUE É?
Uma traqueostomia é um procedimento cirúrgico em que é feita uma abertura para dentro datraquéia. O tubo de demora inserido dentro da traquéia é chamado tubo de traqueostomia. Umatraqueostomia pode ser temporária ou permanente.Uma traqueostomia é empregada para desviar de uma obstrução da via aérea superior, permitir aremoção das secreções traqueobrônquicas, permitir o uso da ventilação mecânica por longo prazo,evitar a aspiração de secreções orais ou gástricas no paciente inconsciente ou paralisado (através dofechamento da traquéia a partir do esôfago) e substituir um tubo endotraqueal. Existem muitosprocessos patológicos e condições de emergência que tornam necessária uma traqueostomia.
PROCEDIMENTO
O procedimento cirúrgico normalmente é realizado na sala de cirurgia ou em uma unidade de terapiaintensiva, onde a ventilação do paciente pode ser bem controlada e a técnica asséptica ótima podeser mantida. É feita uma abertura cirúrgica no segundo e terceiro anéis traqueais. Depois que atraquéia é exposta, insere-se um tubo de traqueostomia com balão de tamanho apropriado. O balão éuma inserção insuflável no tubo de traqueostomia de se destina a ocluir o espaço entre as paredes datraquéia e o tubo, visando permitir a ventilação mecânica efetiva e minimizar o risco de aspiração.O tubo de traqueostomia é mantido na posição através de fitas apertadas ao redor do pescoço dopaciente. Em geral, uma compressa de gaze estéril é colocada entre o tubo e a pele para absorver adrenagem e evitar a infecção.
 
PRESCRIÇÃO DE ENFERMAGEM
1. Reúna o equipamento necessário, inclusive luvas esterilizadas, peróxido de hidrogênio, sorofisiológico ou água destilada, cotonetes, curativos e fitas entrelaçadas (e o tipo de tubo prescrito,quando o tubo deve ser trocado).Um tubo com balão (ar injetado no balão) é necessário durante a ventilação mecânica. Um balão debaixa pressão é utilizado de maneira mais comum,Os pacientes que precisam do uso de um tubo de traqueostomia por longo prazo e que podemrespirar espontaneamente usam, em geral, um tubo metálico, sem balão.2. Forneça instrução ao paciente e a família sobre os pontos principais para o cuidado datraqueostomia, começando sobre como inspecionar o curativo da traqueostomia para umidade edrenagem.3. Realize a higiene das mãos.4. Explique o procedimento ao paciente e a família quando apropriado.5. Calce luvas limpas, remova e jogue fora o curativo sujo em um recipiente de biossegurança.6. Prepare os suprimentos esterilizados, inclusive o peróxido de hidrogênio, soro fisiológico ou águadestilada, cotonetes, curativos e esparadrapo.7. Calce luvas esterilizadas. (Alguns dicos aprovam a técnica limpa para pacientes detraqueostomia por longo prazo em casa.).8. Limpe a ferida e a placa do tubo de traqueostomia com cotonetes umedecidos com peróxido dehidrogênio. Lave com soro fisiológico esterilizado.9. Embeba a cânula interna no peróxido e lave com soro fisiológico ou substitua por uma nova cânulainterna descartável.10. Remova a fita entrelaçada suja com esparadrapo limpo, depois que a nova fita estiver na posição.Coloque a fita entrelaçada limpa na posição para fixar o tubo de traqueostomia ao introduzir umaextremidade da fita através da abertura lateral da cânula externa. Pegue a fita ao redor da parteposterior do pescoço do paciente e enfie através da abertura oposta da cânula externa. Junte ambasas pontas de modo que elas se encontrem de um lado do pescoço. Amarre a fita até que apenas doisdedos possam ser confortavelmente introduzidos sob ela. Fixe com um nó. Para uma novatraqueostomia, duas pessoas devem assistir nas trocas da fita.11. Remova as fitas antigas e descarte-as em um recipiente de biossegurança.
Cuidados de Enfermagem ao PacienteTraqueostomizado
Trabalho por Renata Carvalho, estudante de Diversos @ , Em 20/10/20065Tamanho da fonte: a- A+
TRAQUEOSTOMIA
 
Introdução
O termo traqueostomia refere-se à operação que realiza uma abertura e exteriorização da luztraqueal. A primeira descrição cirúrgica com sucesso data de 1546, por um médico italiano, AntonioMusa Brasavola, que operou um paciente com abscesso na garganta. Entretanto, a aceitaçãouniversal só veio com os trabalhos de Chevalier e Jackson, no início do século XX, que descreverampormenores da técnica, suas indicações e complicações.Historicamente, a traqueostomia foi desenvolvida para promover a desobstrução das vias aéreas.Com os avanços técnicos atuais, tais como laringoscopia e broncoscopia de fibra ótica, as indicaçõestradicionais da traqueostomia sofreram uma grande mudança.Hoje em dia a sua principal utilização é no manejo de pacientes que necessitam períodos prolongadosde suporte ventilatório mecânico. Há, ainda, a utilização da traqueostomia com o intuito de promoveruma adequada limpeza das vias aéreas, mesmo na ausência de necessidade de ventilação mecânica.
TRAQUEOSTOMIAO QUE É?
Uma traqueostomia é um procedimento cirúrgico em que é feita uma abertura para dentro datraquéia. O tubo de demora inserido dentro da traquéia é chamado tubo de traqueostomia. Umatraqueostomia pode ser temporária ou permanente.Uma traqueostomia é empregada para desviar de uma obstrução da via aérea superior, permitir aremoção das secreções traqueobrônquicas, permitir o uso da ventilação mecânica por longo prazo,evitar a aspiração de secreções orais ou gástricas no paciente inconsciente ou paralisado (através dofechamento da traquéia a partir do esôfago) e substituir um tubo endotraqueal. Existem muitosprocessos patológicos e condições de emergência que tornam necessária uma traqueostomia.
PROCEDIMENTO
O procedimento cirúrgico normalmente é realizado na sala de cirurgia ou em uma unidade de terapiaintensiva, onde a ventilação do paciente pode ser bem controlada e a técnica asséptica ótima podeser mantida. É feita uma abertura cirúrgica no segundo e terceiro anéis traqueais. Depois que atraquéia é exposta, insere-se um tubo de traqueostomia com balão de tamanho apropriado. O balão éuma inserção insuflável no tubo de traqueostomia de se destina a ocluir o espaço entre as paredes datraquéia e o tubo, visando permitir a ventilação mecânica efetiva e minimizar o risco de aspiração.O tubo de traqueostomia é mantido na posição através de fitas apertadas ao redor do pescoço dopaciente. Em geral, uma compressa de gaze estéril é colocada entre o tubo e a pele para absorver adrenagem e evitar a infecção.
PRESCRIÇÃO DE ENFERMAGEM
1. Reúna o equipamento necessário, inclusive luvas esterilizadas, peróxido de hidrogênio, sorofisiológico ou água destilada, cotonetes, curativos e fitas entrelaçadas (e o tipo de tubo prescrito,quando o tubo deve ser trocado).Um tubo com balão (ar injetado no balão) é necessário durante a ventilação mecânica. Um balão debaixa pressão é utilizado de maneira mais comum,Os pacientes que precisam do uso de um tubo de traqueostomia por longo prazo e que podemrespirar espontaneamente usam, em geral, um tubo metálico, sem balão.2. Forneça instrução ao paciente e a família sobre os pontos principais para o cuidado datraqueostomia, começando sobre como inspecionar o curativo da traqueostomia para umidade edrenagem.

Activity (9)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Edna Moreira added this note
GOSTEI MUITO DA EXPLICAÇÃO!!!!!!!!!!!!!
Fabiani Bertini liked this
Cristiam Moraes liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->