Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Forme-se Cristo em vós L-das-Horas_Voll-III-162-164

Forme-se Cristo em vós L-das-Horas_Voll-III-162-164

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 12|Likes:
Do Comentário sobre a Carta aos Gálatas, de Santo Agostinho, bispo
(Nn.37.38: PL35,2131-2132)
(Séc. V)
Forme-se Cristo em vós
Diz o Apóstolo: Sede como eu. Embora judeu por nascimento, desprezo em meu espírito as prescrições segundo a carne. Porque também eu, como vós, sou homem. Em seguida, com delicadeza, ele os faz reconsiderar sua caridade, para que não o tratem como inimigo. Assim fala: Irmãos, suplico-vos, não me ofendestes em nada. Como se dissesse: “Não julgueis que desejo ofender-vos”.
Por isto diz ainda: Filhinhos, para que o imitem como pai. A quem, continua, dou de novo à luz até que Cristo se forme em vós. Fala principalmente na pessoa da santa mãe Igreja, pois declara em outro lugar: Tornei-me pequenino entre vós, como mãe que acalenta seus filhos.
No crente, Cristo se forma, pela fé, no homem interior, chamado à liberdade da graça, manso e humilde de coração, que não se envaidece pelos méritos de suas obras, que são nulas. Se ele começa a ter algum mérito, deve-o à própria graça. A este pode chamar seu mínimo e identificá-lo consigo aquele que disse: O que fizestes a um dos mínimos meus, a mim o fizestes. Cristo é formado naquele que recebe a forma de Cristo. Recebe a forma de Cristo quem adere a Cristo com espiritual amor.
Disto decorre que, imitando-o, se torne o que ele é, na medida que lhe é possível. Quem diz estar em Cristo, fala João, deve caminhar como também ele caminhou.
Visto como os homens são concebidos pelas mães para se formar e, uma vez formados, são dados à luz do nascimento, surpreendem-nos as palavras: De novo dou à luz até que Cristo se forme em vós. Temos de entender este novo parto como a aflição dos cuidados que ele suporta por aqueles pelos quais sofre até que Cristo nasça. De novo sofre as dores do parto por causa da sedução perigosa que os perturba. Semelhante solicitude a respeito deles, que o faz dizer estar em dores do parto, pode continuar até que cheguem à medida da idade perfeita de Cristo, de maneira que já não se deixem levar por todo vento de doutrina. Não está solícito, portanto, em relação à fé inicial deles, pois já haviam nascido, mas quanto a seu fortalecimento e perfeição. Assim é que ele diz: A quem de novo dou à luz, até que Cristo se forme em vós. Com outras palavras refere-se ao mesmo sofrimento: Os meus cuidados de todos os dias, a solicitude por todas as Igrejas. Quem se enfraquece sem que eu também me torne fraco? quem tropeça, que eu não me ponha a arder?

Responsório
Ef 4,15; Pr 4,18
R. Vivendo a verdade no amor,
* Cresçamos em tudo naquele
que é o Cabeça: o Cristo Jesus.
V. O caminho do justo é como a luz da aurora,
que vai clareando, até ser dia perfeito. * Cresçamos

Oração
Velai, ó Deus, sobre a vossa família, com incansável amor; e como só confiamos na vossa graça, guardai-nos sob a vossa proteção. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
Do Comentário sobre a Carta aos Gálatas, de Santo Agostinho, bispo
(Nn.37.38: PL35,2131-2132)
(Séc. V)
Forme-se Cristo em vós
Diz o Apóstolo: Sede como eu. Embora judeu por nascimento, desprezo em meu espírito as prescrições segundo a carne. Porque também eu, como vós, sou homem. Em seguida, com delicadeza, ele os faz reconsiderar sua caridade, para que não o tratem como inimigo. Assim fala: Irmãos, suplico-vos, não me ofendestes em nada. Como se dissesse: “Não julgueis que desejo ofender-vos”.
Por isto diz ainda: Filhinhos, para que o imitem como pai. A quem, continua, dou de novo à luz até que Cristo se forme em vós. Fala principalmente na pessoa da santa mãe Igreja, pois declara em outro lugar: Tornei-me pequenino entre vós, como mãe que acalenta seus filhos.
No crente, Cristo se forma, pela fé, no homem interior, chamado à liberdade da graça, manso e humilde de coração, que não se envaidece pelos méritos de suas obras, que são nulas. Se ele começa a ter algum mérito, deve-o à própria graça. A este pode chamar seu mínimo e identificá-lo consigo aquele que disse: O que fizestes a um dos mínimos meus, a mim o fizestes. Cristo é formado naquele que recebe a forma de Cristo. Recebe a forma de Cristo quem adere a Cristo com espiritual amor.
Disto decorre que, imitando-o, se torne o que ele é, na medida que lhe é possível. Quem diz estar em Cristo, fala João, deve caminhar como também ele caminhou.
Visto como os homens são concebidos pelas mães para se formar e, uma vez formados, são dados à luz do nascimento, surpreendem-nos as palavras: De novo dou à luz até que Cristo se forme em vós. Temos de entender este novo parto como a aflição dos cuidados que ele suporta por aqueles pelos quais sofre até que Cristo nasça. De novo sofre as dores do parto por causa da sedução perigosa que os perturba. Semelhante solicitude a respeito deles, que o faz dizer estar em dores do parto, pode continuar até que cheguem à medida da idade perfeita de Cristo, de maneira que já não se deixem levar por todo vento de doutrina. Não está solícito, portanto, em relação à fé inicial deles, pois já haviam nascido, mas quanto a seu fortalecimento e perfeição. Assim é que ele diz: A quem de novo dou à luz, até que Cristo se forme em vós. Com outras palavras refere-se ao mesmo sofrimento: Os meus cuidados de todos os dias, a solicitude por todas as Igrejas. Quem se enfraquece sem que eu também me torne fraco? quem tropeça, que eu não me ponha a arder?

Responsório
Ef 4,15; Pr 4,18
R. Vivendo a verdade no amor,
* Cresçamos em tudo naquele
que é o Cabeça: o Cristo Jesus.
V. O caminho do justo é como a luz da aurora,
que vai clareando, até ser dia perfeito. * Cresçamos

Oração
Velai, ó Deus, sobre a vossa família, com incansável amor; e como só confiamos na vossa graça, guardai-nos sob a vossa proteção. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

More info:

Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/09/2012

pdf

text

original

 
5ª Semana do Tempo Comum – Quinta-feira
Segunda leitura
Do Comentário sobre a Carta aos Gálatas, de Santo Agostinho, bispo(Nn.37.38: PL35,2131-2132)(Séc. V)
 Forme-se Cristo em vós
Diz o Apóstolo: Sede como eu. Embora judeu por nascimento,desprezo em meu espírito as prescrições segundo a carne. Porquetambém eu, como vós, sou homem. Em seguida, com delicadeza, eleos faz reconsiderar sua caridade, para que o o tratem comoinimigo. Assim fala: Irmãos, suplico-vos, não me ofendestes emnada. Como se dissesse: “Não julgueis que desejo ofender-vos”.Por isto diz ainda: Filhinhos, para que o imitem como pai. Aquem, continua, dou de novo à luz até que Cristo se forme em vós.Fala principalmente na pessoa da santa mãe Igreja, pois declara emoutro lugar: Tornei-me pequenino entre vós, como mãe que acalentaseus filhos. No crente, Cristo se forma, pela fé, no homem interior, chamado àliberdade da graça, manso e humilde de coração, que o seenvaidece pelos méritos de suas obras, que são nulas. Se ele começaa ter algum mérito, deve-o à própria graça. A este pode chamar seumínimo e identificá-lo consigo aquele que disse: O que fizestes a umdos mínimos meus, a mim o fizestes. Cristo é formado naquele querecebe a forma de Cristo. Recebe a forma de Cristo quem adere aCristo com espiritual amor.Disto decorre que, imitando-o, se torne o que ele é, na medida quelhe é possível. Quem diz estar em Cristo, fala João, deve caminhar como também ele caminhou.Visto como os homens são concebidos pelas mães para se formar e, uma vez formados, são dados à luz do nascimento, surpreendem-nos as palavras: De novo dou à luz até que Cristo se forme em vós.Temos de entender este novo parto como a aflição dos cuidados queele suporta por aqueles pelos quais sofre até que Cristo nasça. Denovo sofre as dores do parto por causa da sedução perigosa que os perturba. Semelhante solicitude a respeito deles, que o faz dizer estar em dores do parto, pode continuar até que cheguem à medida daidade perfeita de Cristo, de maneira que já não se deixem levar por todo vento de doutrina. Não está solícito, portanto, em relação à fé

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->