Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
CODATO, Adriano. Intervenção estatal, centralização política e reforma burocrática: o significado dos Departamentos Administrativos no Estado Novo. Revista do Serviço Público, Brasília, vol. 62, no. 3, p. 321-339, jul-set. 2011.

CODATO, Adriano. Intervenção estatal, centralização política e reforma burocrática: o significado dos Departamentos Administrativos no Estado Novo. Revista do Serviço Público, Brasília, vol. 62, no. 3, p. 321-339, jul-set. 2011.

Ratings: (0)|Views: 367|Likes:
Published by Adriano Codato
O objetivo deste artigo é expor e explicar um momento específico da evolução político-institucional brasileira. São explorados os conflitos que estão na origem da escolha e a implementação de uma nova ordem político-administrativa no pós-1930. São examinadas as origens, a concepção e os objetivos que guiaram a invenção de um aparelho burocrático que, juntamente com o Interventor Federal, não só controlou as elites políticas regionais, mas também contribuiu para a organização do poder do Estado em bases nacionais, cooperando para viabilizar a capacidade estatal: os Departamentos Administrativos. Analiso o contexto político, os antecedentes legais e as inovações institucionais do decreto-lei 1202/39 a fim de responder a duas questões bem específicas: por que e com que objetivo essa lei sobre a administração dos estados e dos municípios foi criada durante o Estado Novo.
O objetivo deste artigo é expor e explicar um momento específico da evolução político-institucional brasileira. São explorados os conflitos que estão na origem da escolha e a implementação de uma nova ordem político-administrativa no pós-1930. São examinadas as origens, a concepção e os objetivos que guiaram a invenção de um aparelho burocrático que, juntamente com o Interventor Federal, não só controlou as elites políticas regionais, mas também contribuiu para a organização do poder do Estado em bases nacionais, cooperando para viabilizar a capacidade estatal: os Departamentos Administrativos. Analiso o contexto político, os antecedentes legais e as inovações institucionais do decreto-lei 1202/39 a fim de responder a duas questões bem específicas: por que e com que objetivo essa lei sobre a administração dos estados e dos municípios foi criada durante o Estado Novo.

More info:

Published by: Adriano Codato on Feb 16, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/14/2012

pdf

text

original

 
RSP
ENAP
Escola Nacional de Administração Pública
Brasília – 2011
 
 Missão da Revista do Serviço Público
Disseminar conhecimento sobre a gestãode políticas públicas, estimular a reflexão eo debate e promover o desenvolvimento deservidores e sua interação com a cidadania.
ENAP Escola Nacional de Administração Pública
Presidente: 
Paulo Sergio de Carvalho
Diretora de Formação Profissional: 
Maria Stela Reis
Diretor de Desenv. Gerencial: 
Paulo Marques
Diretor de Comunicação e Pesquisa: 
Marco Antônio deCastilhos Acco
Diretora de Gestão Interna: 
Mary Cheng 
Conselho Editorial 
Barbara Freitag-Rouanet, Fernando Luiz Abrucio,Helena Kerr do Amaral, Hélio Zylberstajn, LúciaMelo, Luiz Henrique Proença Soares, MarcelBursztyn, Marco Aurelio Garcia, Marcus AndréMelo, Maria Paula Dallari Bucci, Maria Rita G.Loureiro Durand, Nelson Machado, Paulo Motta,Reynaldo Fernandes, Silvio Lemos Meira, SôniaMiriam Draibe, Tarso Fernando Herz Genro, Vicente Carlos Y Plá Trevas, Zairo B. Cheibub.
Periodicidade 
 A Revista do Serviço Público é uma publicaçãotrimestral da Escola Nacional de AdministraçãoPública.
Comissão Editorial 
Paulo Sergio de Carvalho; Marco Antônio deCastilhos Acco; Maria Stela Reis; Paulo Marques; Aíla Vanessa David de Oliveira Cançado; ElisabeteFerrarezi; Tânia Cristina de Araújo Oliveira; LivinoSilva Neto e Elda Campos Bezerra.
Expediente Editora responsável 
: Tânia Araújo.
Editora executiva 
:Daniella Álvares de A. Melo.
Colaboradores: 
CamilaFerreira, Dominique Lima e João Tomacheski.
Revisão
: Diego Gomes e Roberto Carlos R. Araújo.
Projeto gráfico
: Livino Silva Neto.
Revisão gráfica 
:Livino Silva Neto.
Fotos: 
 Ana Carla Gualberto Car-doso, Alice Prina e Vinícius A. Loureiro.
Editoraçãoeletrônica 
: Maria Marta da R. Vasconcelos.
© ENAP, 2011 Tiragem: 1.000 exemplares Assinatura anual: R$ 40,00 (quatro números)Exemplar avulso: R$ 12,00
Os números da RSP Revista do Serviço Público anteriores estão disponíveis na íntegra no sítio da ENAP: www.enap.gov.br 
 As opiniões expressas nos artigos aqui publicados sãode inteira responsabilidade de seus autores e nãoexpressam, necessariamente, as da RSP. A reprodução total ou parcial é permitida desde quecitada a fonte.Revista do Serviço Público. 1937 - . Brasília: ENAP, 1937 - . v.: il.
ISSN:0034/9240Editada pelo DASP em nov. de 1937 e publicada no Rio de Janeiro até 1959.A periodicidade varia desde o primeiro ano de circulação, sendo que a partir dos últimosanos teve predominância trimestral (1998/2007).Interrompida no período de 1975/1980 e 1990/1993.1. Administração Pública – Periódicos. I. Escola Nacional de Administração Pública.CDD: 350.005
Fundação Escola Nacional de Administração PúblicaSAIS – Área 2-A70610-900 – Brasília, DF Telefone: (61) 2020 3096/3092 – Fax: (61) 2020 3178 www.enap.gov.breditora@enap.gov.br
ENAP

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->