Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Projeto e Favela - Metodologia para projetos de urbanização

Projeto e Favela - Metodologia para projetos de urbanização

Ratings: (0)|Views: 358 |Likes:
Published by moreira7

More info:

Categories:Types, Brochures
Published by: moreira7 on Feb 16, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/28/2014

pdf

text

original

 
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULOFACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMOPrograma de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo
LAURA MACHADO MELLO BUENO
metodologia paraprojetos de urbanização
São Paulo, setembro de 2000
PROJETO e FAVELA:
 
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULOFACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO
PROJETO E FAVELA:
 metodologia paraprojetos de urbanização
Tese apresentada a FAUUSPpara obtenção do grau dedoutor
Laura Machado de MelloBueno
Orientador:
prof. Dr.
Philip Oliver Mary Gunn
São Paulo, setembro de 2000
ão Paulo, setembro de 2000
 
Esta tese representa, para mim, o coroamento de umciclo de estudos sobre o ambiente urbano iniciadoem 1972, quando ingressei na FAUUSP. Desde osprimeiros anos na universidade, já estive metida emvisitar, conhecer e ajudar os loteamentos e favelasdas nossas periferias, na busca da ampliação dosdireitos relativos à qualidade e à dignidade da vida.Sempre valorizei a militância política. Mais tarde, naEmplasa, a Empresa Metropolitana de São Paulo,trabalhando com Farid Helou, Phillip Gunn e tantosoutros, tive meu primeiro contato com a gestãourbana institucionalizada. Participei, comofuncionária da empresa pública, junto com aPrefeitura de Embu, da criação e desenvolvimento deum programa para urbanização de favelas destemunicípio, em 1984.Minha visita ao Japão, em 1986, ampliou os Como profissional, meu cotidiano tem sido ahorizontes. A certeza de haverem inúmeras formas avaliação empírica. Na PUCCAMP, tenho tidocomo a humanidade pode se organizar e produzir o centenas de alunos, vindos de diferentes cidades,espaço urbano foi provada. Ficou claro que entre as com vivências diferenciadas, e os chamados ànossas cidades e as japonesas havia uma diferença participação nos fatos políticos - como no grupofundamental: no Japão, como o proprietário de sobre favelas da Pastoral da Moradia de São Paulo -grandes terras urbanas era o Império (e sua nobreza) têm sido atendidos com muito entusiasmo. Com osderrubado com a Segunda Guerra, foi possível alunos tenho feito visitas a conjuntos habitacionais,transformar os latifúndios em terrenos públicos e obras de drenagem, de urbanização de favelas,viabilizar uma política urbana e habitacional para o avaliação de pequenas bacias hidrográficasbem-estar social. Ou seja, havia se realizado, de urbanas, prática que considero a essência doalguma forma, a função social da propriedade.processo de ensino. A eles devo o estímulo constante,fundamental para prosseguir em minha jornada.Busquei transferir para a nossa realidade algunsinstrumentos aprendidos no exterior - como o "land Gostaria de agradecer, especialmente, areadjustment", através do qual, no Japão, é possível oportunidade que me foi oferecida de compartilharreorganizar os títulos de propriedade pública e da argúcia de Ermínia Maricato e Philip Gunn e oprivada de uma área, transformando parte dela em apoio incondicional de Maria Helena Ferreiraárea de infra-estrutura ou equipamento público, ou Machado e de Ilka Bueno, minha mãe..valor imobiliário equivalente. Logo percebi, porém,que as irregularidades, as ilegalidades (aliadas à À Eleusina Holanda de Freitas, que tornou realidadeeterna falta de recursos) que grassam em nosso país, esse volume de informações, imagens e reflexõesimpediriam chegarmos a ações concretas. Em 1987 que eu juntei, meu sincero agradecimento. Sou gratapedi demissão do estado.também aos incansáveis Ana Paula Farina, ValdirFerreira Junior e Elisângela Canto, pelo apoio, e a Ainda em 1986 tornei-me também professora, em Patrícia Campos de Sousa, pela esmerada revisãoMogi das Cruzes, e em 1987, na PUCCampinas, que fez de parte da tese.ingressando em 1988 no programa de mestrado daFAUUSP. Durante alguns anos trabalhei como Registro aqui minha gratidão ao LABHAB da FAUUSP,autônoma, uma experiência instigante e profícua. a Cid Blanco e Luís Renato Bezerra Pequeno, peloComo sempre, realizei muitas visitas de campo, para livre acesso ao material bibliográfico e iconográficoelaborar estudos de impacto ambiental e projetos requisitado, bem como à Faculdade de Arquiteturaurbanos. Conviví com muitos outros profissionais e e Urbanismo da PUCCampinas e ao Programacientistas e líderes populares, que, mesmo de outros PICDT/ CAPES/PUCCampinas, pelo apoio recebidocampos e experiências, procuravam uma melhoria durante a elaboração da pesquisa e redação destepara a população brasileira e mundial. Em 1989 trabalho.passei a trabalhar para a Prefeitura de São Paulo,chamada "para tentar defender os mananciais da Finalmente, a todos os cidadãos do mundo quezona sul" dos movimentos de ocupação irregular, ousaram ocupar terrenos e edificações movidosque eu tanto prezo. Foi uma grande escola, e pelo contrário da cobiça, a solidariedade contra arealmente, um processo coletivo de transformação. indignidade humana.Em 1994, apresentei minha dissertação de mestrado- O saneamento na urbanização de São Paulo, naFAUUSP, na qual desenvolvo uma síntese em escalaampla, macrorregional, de um problema deplanejamento e gestão do território, que afetadiretamente a nossa qualidade de vida urbana.
        A        G        R        A        D        E        C        I        M        E        N        T        O        S
 
      a      g      r      a        d      e      c        i      m      e      n        t      o      s
Ficha bibliográfica:Palavras-chave:
 
Bueno,
Laura Machado de Mello
Projeto e favela:metodologia para projetos deurbanização
Tese de doutorado apresentada àFAUUSPSão Paulo, 2000
Favela, projeto de urbanização, re-urbanização de favelas,assentamentos informais,ilegalidade da apropriação da terra,habitação social, projeto e obras,tecnologias alternativas, infra-estrutura urbana
Ficha técnica:
Projeto gráfico:
Eleusina Freitas
Capa:
Foto de Laura Bueno
Impressão:
Copylaser
Banca examinadora:
orientador
Philip Oliver Mary Gunn
 professor da FAUUSP
Ermínia Terezinha MenonMaricato
professora da FAUUSP
Suzana Pasternak Taschner
 
professora da FAUUSP
Eduardo Cesar Marques
professor visitanteFFLCH/DCP/USP
Carlos Roberto Monteiro de Andrade
 
professor da EESC-USP

Activity (2)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->