Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
2Activity
P. 1
Bio 07

Bio 07

Ratings: (0)|Views: 5,189|Likes:
Published by anon-311883

More info:

Published by: anon-311883 on Nov 23, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/14/2012

pdf

text

original

 
Dengue
Informações sobre a doença, mosquito da dengue, transmissão, cuidados,combate á doença,tratamento, sintomas, dengue hemorrágica e clássica
mosquito da dengue: aedes aegypti
Introdução
A Dengue é classificada como uma virose, ou seja, uma enfermidade causada por vírus. O vírus é transmitido para uma pessoa saudável através da picada dafêmea contaminada do mosquito Aedes Aegypti.Esta doença pode se manifestar de duas maneiras: a dengue clássica e a denguehemorrágica.
Dengue Clássica
Os sintomas são mais leves. O doente tem febre alta, dores de cabeça, nascostas e na região atrás dos olhos. A febre começa a baixar a partir do quintodia e os sintomas, a partir do décimo dia. Na forma clássica, dificilmenteocorrem complicações, porém alguns doentes podem apresentar quadros dehemorragias leves nabocae também no nariz.
Dengue hemorrágica
(ocorre quando a pessoa pega a doença por umasegunda vez) Neste caso a enfermidade apresenta-se de forma mais grave. Nos cinco diasiniciais, os sintomas são semelhantes ao do tipo clássico. Contudo, a partir doquinto dia, alguns doentes podem apresentar hemorragias (sangramentos) emvários órgãos do corpo e choque circulatório. Podem ocorrer também vômitos,tontura, dificuldades de respiração, dores abdominais fortes e contínuas e presença de sangue nas fezes. Não acontecendo um acompanhamento médico etratamento adequado, a pessoa doente pode falecer.É no verão que esta doença faz um número maior de vítimas, pois o mosquitotransmissor encontra excelentes condições de reprodução. Nesta época do ano,as temperaturas altas e o alto índice pluviométrico (grande quantidade dechuvas), aumentam e melhoram o habitat ideal para a reprodução do AedesAegypti: a água parada. Lata, pneus velhos, vasos de plantas, caixas d’água eoutros locais deste tipo são usados para fêmea desteinsetodepositar seus ovos.Outro fator que torna os grandes centros urbanos locais preferidos deste tipo deinseto é a grande quantidade de seu principal alimento: o sangue humano.Como não existem formas de acabar totalmente com o mosquito, a únicamaneira de combater a doença é por fim aos locais onde a fêmea se reproduz.
Tratamento
:
 
 No caso da dengue clássica, não há um tratamento específico. Os sintomas sãotratados e recomenda-se descanso e alimentação baseada em frutas, legumes elíquidos. Os doentes não podem tomar analgésicos ou anti-térmicos com basede ácido acetil-salicílico (Aspirina, AAS, Melhoral, Doril, etc.), pois estesfavorecem o surgimento e desenvolvimento de hemorragias no organismo. No caso mais grave, a hemorrágica, deve haver um rigoroso acompanhamentomédico em função dos possíveis casos de agravamento, com perdas de sanguee até mesmo choque circulatório.
Curiosidades
:- O ovo de Aedes Aegypti pode permanecer vivo em ambiente seco por quaseum ano. Se neste período ele entrar em contato com água, poderá nascer umalarva e, logo em seguida, o mosquito.- A dengue não passa de pessoa para pessoa, nem mesmo através de frutas,legumes, outros alimentos ou uso de objetos.
Esquistossomose
Saiba mais sobre esta doença, sintomas, vermes e parasitas causadores, cicloevolutivo da doença, tratamento e cura
 Parasita Shistosoma: causador da doençaA esquistossomose, também conhecida como bilharzíase, é uma doença provocada por parasitas humanos, os trematódeos, do gênero Schistosoma.Existem três tipos de vermes: Schistosoma haematobium, que causa aesquistossomose vesical, existente na África, Austrália, Ásia e Sul da Europa; oSchistosoma japonicum (provoca a doença de katayama) encontrado na China,Japão, Filipinas e Formosa e, ainda, o Schistosoma Mmnsoni, responsável pelacausa da esquistossomose intestinal; este último é encontrado na AméricaCentral, Índia, Antilhas e Brasil.O ciclo evolutivo deste parasita passa por duas fases: 1ª) desenvolvimento dalarva após esta penetrar em alguns tipos demoluscosque vivem em lugaresúmidos; 2ª) ocorre em seguida ao abandono desses hospedeiros, que, livres podem penetrar no homem através da pele. A penetração ocorre em lugaresúmidos, como, por exemplo, córregos, lagoas, riachos, etc.Quando este parasita começa a habitar no interior do hospedeiro definitivo, ele pode se fixar no fígado, na vesícula, no intestino ou bexiga do homem,causando, desta forma, vários problemas nos órgãos.Os sintomas mais comuns da esquistossomose são: diarréia, febres, cólicas,dores de cabeça, náuseas, tonturas, sonolência, emagrecimento, endurecimento e
 
o aumento de volume do fígado e hemorragias que causam vômitos e fezesescurecidos. Ao surgir estes sintomas, o indivíduo precisa procurar imediatamente um atendimento médico para que todos os procedimentosnecessários sejam tomados. Assim como em qualquer outro problema de saúde,a auto-medicação não deve ser adotada pelo doente.As crianças são as mais atingidas por este parasita, pois elas são maisvulneráveis por brincarem em locais úmidos sem saber que lá podem estar estes parasitas a espera de um hospedeiro. Já os adultos comunmente se protegemcom o uso de botas de borracha.O combate a esta doença passa necessariamente por medidas de saneamento básico. Águas e sistemas de esgoto devem ter sempre as águas tratadas. Oscaramujos, hospedeiros intermediários do parasita, devem ser eliminados. Aoentrar em águas paradas ou sujas, deve haver uma proteção nos pés com botas de borracha.
Alergias
Saiba mais sobre as alergias, suas manifestações, antígenos, anticorpos,imunoglobulina, histamina, linfócitos, sistema imunológico, etc.
Teste de alergiaA alergia é uma resposta exagerada do sistema imunológico. Sabe-se que a cadanovo contato com o agente desencadeador, ela ocorrerá mais rapidamente e semanifestará de forma mais agressivaAntes de entendermos como ocorre o processo alérgico, é interessanteentendermos que a imunoglobulina é uma proteína de grande importância aoorganismo humano, pois é ela que inicia o processo de defesa contra a invasãode microorganismos e infecções.Ela percorre o organismo através da circulação sanguínea e reage imediatamentecontra o agente invasor assim que o identifica. Esta identificação se dá atravésdo linfócito de memória, e este, pode ficar no organismo durante toda a vida.Durante seu ataque ao antígeno (corpo estranho), o anticorpo se fixa a ele promovendo a liberação de histamina, responsável pelos sintomas alérgicos.A histamina é liberada pelos linfócitos na região onde se encontra o corpoestranho e também em outras regiões onde não há sua presença. Este processoleva a formação de vários edemas pelo corpo e pode tornar-se extremamente perigoso dependendo de sua localização.A especialidade médica que estuda as doenças relacionadas aos processos

Activity (2)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->