Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Gardner Hall - Nada Disponhais Para a Carne (-Ptg-)

Gardner Hall - Nada Disponhais Para a Carne (-Ptg-)

Ratings: (0)|Views: 7 |Likes:
Published by danielaraffo65

More info:

Published by: danielaraffo65 on Feb 29, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/29/2012

pdf

text

original

 
"NADA DISPONHAIS PARA A CARNE"
 por Gardner Hall 
Num vôo recente de Miami a Newark, sentou-se ao meu lado um senhor cubanochamado Rodriguez. Em poucos minutos, ele abriu mão das formalidades e passou ame contar de torturas e de aprisionamentos que teve com a família sob o governo deFidel Castro. Ao falar, seus olhos pareciam bolas de fogo, cheios de ódio por tudo quese relacionasse com o sistema comunista. Ficou óbvio bem ali naquele momento que,quando o Sr. Rodriguez pensa no marxismo, ele não tem ilusões sobre as promessapoticas se igualdade e de justa para os pobres, porque para ele significouseparação dos entes queridos, dor, vergonha e angústia. Simplesmente não épossível que de algum modo ele jamais se torne um comunista ou dê apoio a essesistema.A postura do Sr. Rodriguez em relação ao comunismo é muito semelhante à posturaque devemos ter para com os pecados da carne. A idéia de dar lugar (lit.,
 pensar deantemão em
) à carne para satisfazer as suas concupiscências deve ser tão estranha as quanto seria para o meu amigo anticomunista a idéia de enviar armas aossubversivos comunistas.Infelizmente, em vez de abominar os desejos pecaminosos da carne, muitos cristãosficam hipnotizados pela avalanche de atrativos na dia que remetem para acarnalidade e embarcam no mundo, voando como pássaros, tentando obter todagratificação que podem, sem perceber que se direcionam para os penhascos, rumo àdestruição.Como podemos preservar a nossa pureza e o dar lugar à carne quando seusatrativos são tão predominantes em quase cada aspecto de nossas vidas?
Como não dar lugar à carne
1. Odeie-a. Contemple os lares dilacerados, a dor, a falta de confiança e o desesperopor que passam aqueles que se rendem à carne. Examine as vidas infelizes dos entesqueridos e dos crisos antes fortes, que agora caíram e eso portanto comoaleijados espiritualmente, se não mortos.Examinando além da fachada glamorosa que a carne tenta apresentar e ficando face aface com a sua dura realidade, será injetado em nós uma boa dose de ódio por elaque nos deixará tão imobilizados por suas seduções superficiais quanto o meu amigocubano pela propaganda do comunismo. Não associaremos a carne ingenuamentecom o glamor, com as festas ou com Hollywood, mas com a angústia, com o egoísmo,com a gancia e com outros frutos da carne e assim o teremos nenhumadificuldade em obedecer à admoestação do Senhor em Salmos 97:10: "
Vós queamais o Senhor, detestai o mal 
".2. Fuja dela! As pessoas que amam a vida não brincam com barris de lixo nuclear,com garrafas de gás asfixiante prejudicial ao sistema nervoso nem tubos de teste dovírus da AIDS. Os cristãos puros que amam a Deus e as suas almas aprendem a nãobrincar com filmes sugestivos, lisônjeas excessivas, álcool, roupas escandalosas (napraia ou nas ruas), situações comprometedoras, esquemas de venda deenriquecimento fácil ou qualquer outro tipo de atividade que envolva alguém embrincar com os desejos da carne. Os cristãos fracos que insistem em praticar oudefender essas atividades são francamente ingênuos sobre o perigo que apresentam esão os primeiros a ver seus filhos levados para o mundo, se é que não se deixamlevar eles mesmos."
Fugi da impureza
", e
"das paixões da mocidade" 
evitando cada aparência do mal! (1Coríntios 6:19; 2 Timóteo 2:22; 1 Tessalônicenses 5:22).3. Seja otimista quanto à vitória sobre ela! "Ninguém é perfeito." "Todo o mundoerra em alguma coisa." "Eu sou muito fraco, e as tentações são tão fortes." Essasafirmações, embora verdadeiras em alguns contextos, muitas vezes são formuladasna tentativa de elevar a carne como uma espécie de monstro invencível, para que nãoaparamos nem nos sintamos muito mal quando nos unimos ao mundo e nosentregamos a ele. Essa postura derrotista revela uma falta de confiança em Deus,que nos deu um "
espírito... de poder, de amor e de moderação
" (2 Timóteo 1:7). Avitória final pode ser obtida por qualquer pessoa que realmente a queira, apesar de

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->