Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
exercicio saude olhos 2

exercicio saude olhos 2

Ratings: (0)|Views: 68|Likes:
Published by domingues4294
Trátaka Kriya são exercícios do yoga clássico, uma das seis técnicas de purificação do
organismo, destinados à preservação da saúde dos olhos e, conseqüentemente, à
prevenção e ao combate das doenças oftalmológicas.
Em sânscrito, Kriya significa “ação purificadora”; e trátaka, “olhar atentamente e fixamente”. O termo Trátaka Kriya, no entanto, pode ser traduzido como “ação
purificadora através do olhar fixo e atento”, ou “exercícios de purificação e
fortalecimento dos olhos”.
Trátaka Kriya são exercícios do yoga clássico, uma das seis técnicas de purificação do
organismo, destinados à preservação da saúde dos olhos e, conseqüentemente, à
prevenção e ao combate das doenças oftalmológicas.
Em sânscrito, Kriya significa “ação purificadora”; e trátaka, “olhar atentamente e fixamente”. O termo Trátaka Kriya, no entanto, pode ser traduzido como “ação
purificadora através do olhar fixo e atento”, ou “exercícios de purificação e
fortalecimento dos olhos”.

More info:

Published by: domingues4294 on Mar 04, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/29/2012

pdf

text

original

 
Exercícios para saúde dos olhos
Gilberto CoutinhoTrátaka Kriya
são exercícios do yoga clássico, uma das seis técnicas de purificação doorganismo, destinados à preservação da saúde dos olhos e, conseqüentemente, àprevenção e ao combate das doenças oftalmológicas.Em sânscrito, Kriya significa “ação purificadora”; e trátaka, “olhar atentamente efixamente”. O termo
Trátaka Kriya
, no entanto, pode ser traduzido como “açãopurificadora através do olhar fixo e atento”, ou “exercícios de purificação efortalecimento dos olhos”.
Algumas considerações
 Grande parte das doenças oftalmológicas é ocasionada pelo enfraquecimento de certasestruturas e membranas oculares e dos músculos responsáveis pelos movimentos dosolhos, pelo processo de acomodação da visão (foco e nitidez da imagem) e também pelasustentação.• O olho é o órgão do sentido da visão ligado ao cérebro pelo nervo óptico, encontra-seintimamente relacionado com o cérebro, de tal forma que a retina (membrana delgada etransparente localizada no fundo do olho, formada por células nervosas relacionadascom as fibras do nervo óptico e sensível à luz) nada mais é do que a expansãodiferenciada do tecido cerebral.• Cada olho é movido e controlado por seis músculos, que se encontram inseridos aoredor do globo ocular.• A acomodação da visão é um processo pelo qual as pupilas (abertura normalmenteredonda e central da íris) podem modificar seu formato ou diâmetro, através domovimento de duas pequenas estruturas musculares (dilatador e constritor), paraenxergar objetos próximos ou distantes, de dia ou de noite, permitindo que os olhosobtenham um bom foco da imagem.• Os raios luminosos, que penetram no interior dos olhos através da pupila, são focadosna córnea (parte anterior do globo ocular, transparente, cuja forma arredondada e umpouco saliente atua como lente convergente) e no cristalino (pequena lente transparente,biconvexa, situada atrás da íris e diante do corpo vítreo, gelatina semilíquida etransparente) e formam imagem na retina.• A retina contém milhões de células sensíveis à luz, chamadas de cones e bastonetes, asquais convertem a imagem em forma de impulsos nervosos.• Os olhos controlam a quantidade de luz que deve chegar até a retina, fazendo com queas partículas luminosas formem a imagem no foco preciso, para que o cérebro possacompreender perfeitamente o que está sendo enxergado. Esses impulsos sãotransmitidos rapidamente pelo nervo óptico ao cérebro. As informações que percorrematravés dos dois nervos ópticos são processadas no cérebro, dando origem a uma únicaimagem combinada.
Importância da dieta saudável e da suplementação nutricional
 
 
Estudos clínicos realizados em seres humanos demonstraram que o extrato de amoraazul (contendo 25% de antocianidina), o extrato de Ginkgo biloba (24% de heterosídeosde ginkgo) e o sulfato de zinco são capazes de deter a perda visual progressiva.• A naturopatia (remédios botânicos e suplementação nutricional específicos), aacupuntura tradicional chinesa (sistêmica, ocular e auricular) e a prática regular do yogamuito podem beneficiar os olhos, prevenir e combater doenças oftalmológicas. Épreciso, no entanto, combater-se a automedicação e somente fazer-se uso de remédios emedicamentos sob a orientação e a prescrição de um profissional da área de saúde noconsultório.• Devem ser evitados alimentos rançosos, frituras, gorduras e outras fontes de radicaislivres. Deve-se aumentar o consumo de: legumes ricos em aminoácidos que contêmenxofre; frutas e vegetais amarelos (ricos em carotenos); amoras, ricas em flavonóides(amora azul e preta, cerejas, acerola, etc.); alimentos ricos em vitamina E, licopeno eVitamina C (frutas e vegetais frescos).• É bem conhecida a importância da vitamina A para a saúde dos olhos. Sua deficiênciapode ocasionar xerose (secura da conjuntiva, mucosa transparente e lisa que forra a faceinterna das pálpebras e a face anterior do globo ocular até a córnea) e xeroftalmia(secura da córnea), que pode levar à perda parcial ou total da visão, e cegueira noturna.Os primeiros sintomas da deficiência de vitamina A são: olhos vermelhos, secos, sembrilho, irritados e sensação de que algo incomoda, ou arranha os olhos; visão cansada edificuldade de enxergar à noite.• O zinco é importante na preservação da visão. Rutina, hesperidina, e resveratrolextract também devem ser empregados.• As vitaminas B1, B2, B6 e B12 são também necessárias para a saúde dos olhos. Adeficiência da vitamina B pode resultar na degeneração do nervo óptico (neurite, lesãoinflamatória desse nervo), e os primeiros sintomas de sua deficiência incluem: dor,lacrimação e ardência (sensação de queimação).• A vitamina C também é essencial aos olhos, fortalece os vasos sangüíneos que irrigamos olhos e protege as estruturas oculares contra a ação dos radicais livres e da radiaçãosolar. Sua deficiência ocasiona: vista cansada, sensação de peso nos olhos eeventualmente, sangramento da conjuntiva. A melhor forma de se obter vitamina C étomar diariamente em jejum, pele manhã, o suco de um limão, fresco de tamanhomédio, diluído em um copo de água, sem açúcar ou adoçante.• A catarata tem sido relacionada à deficiência de vitamina D. Essa vitamina também énecessária para a saúde dos olhos.• Os antioxidantes nutricionais como betacaroteno, selênio orgânico, vitamina E,licopeno, leucoantocianidina (flavonóides, pigmentos vegetais, que conferem às plantas,frutas e flores as cores que variam de vermelho a azul e exercem uma ampla variedadede efeitos fisiológicos no organismo), etc. são também extremamente importantes naprevenção e no combate (avanço) da degeneração macular senil e juvenil.
Trátaka Kriyas – Exercícios de revitalização dos olhos
 
 
A saúde dos olhos depende muito da saúde do organismo num todo. A causa dosproblemas da visão, como catarata, glaucoma, retinopatias, etc. encontra-se no maufuncionamento do organismo. A saúde integral depende de hábitos dietéticos e daprática regular de exercícios físicos saudáveis. A prática regular do yoga Clássico dasEscolas de Patãnjali (Ashtanga Yoga) e Gorakshanatha (Hatha Yoga) muito podebeneficiar a saúde e prevenir doenças.
1.
Antes de se iniciarem os exercícios de revitalização dos olhos, é preciso certificar-sede que o ambiente esteja, naturalmente, bem iluminado (apenas durante o dia). Sentar-secom as pernas cruzadas (sobre uma esteira ou um cobertor dobrado) e a coluna vertebralalinhada (evitando-se ficar corcunda), preservando-se a curvatura natural da colunalombar; ou, então, sentar-se em uma cadeira, seguindo os mesmos cuidados. Respirar deforma lenta e profunda, prolongando a entrada e a saída do ar dos pulmões e relaxartodo o corpo, removendo-se as tensões psíquicas e musculares. A respiração lenta,profunda e rítmica acalma a mente, combate as tensões, relaxa a musculatura, favorece aconcentração, revitaliza a mente e o corpo e melhora a disposição. A visão não dependeapenas de olhos sadios. É sabido que o cérebro comanda os músculos dos olhos e osnervos ópticos através do sistema nervoso, e, por isso, qualquer perturbação do estadoemocional e psíquico pode também prejudicar diretamente a visão. Com a mente maiscalma e centrada e o corpo mais relaxado, passa-se para o próximo item.
2.
Com os membros superiores relaxados, esfregar uma palma da mão na outra,aquecendo as mãos. Segundo as leis da física, o atrito gera uma energia calorífica emagnética. Quando as mãos estiverem aquecidas e repletas de energia, cobrir, então,rapidamente, os olhos fechados com as palmas das mãos (dedos unidos), transferindo aenergia calorífica para os olhos. Relaxar as pálpebras e os globos oculares e respirar deforma lenta e profunda. Repetir o procedimento três vezes.
3.
Estando num ambiente aberto, ao amanhecer, em contato com a natureza, permanecerde frente para o sol. Com os olhos fechados, inspirar e lentamente, flexionando a cabeçapara trás, relaxando a musculatura do peito, das costas, dos ombros, do pescoço e dacabeça. Ao expirar, flexionar lentamente a cabeça para frente até o queixo tocar o peito.Repetir o procedimento três vezes. Depois, repousar a palma da mão esquerda sobre acabeça, inspirar de forma lenta e profunda; ao expirar, tombar lateralmente a cabeça,aproximando a orelha esquerda do ombro, alongando a musculatura lateral direita dopescoço; permanecer nessa posição durante vinte segundos. Então, retornar e repetir oprocedimento para o outro lado. Ao terminar o exercício, piscar rapidamente os olhos,olhando para o nascer do sol, durante um minuto. Logo após, fechar os olhos, respirarlenta e profundamente e relaxar todo o corpo, inclusive a musculatura facial.
4.
Estender bem, a sua frente, o membro superior esquerdo com o dedo polegar voltadopara cima e mantê-lo, a princípio, alinhado com o nariz. Olhar fixamente para a placaungueal (unha) e observar atentamente o seu formato, a sua cor, a meia lua na base daunha, as linhas longitudinais e qualquer outro sinal que ela possa apresentar. Abrindobem os olhos, procurar obter uma boa imagem e nitidez. Então, lentamente, mover obraço para o lado esquerdo e acompanhar o polegar com os olhos sem mover a cabeça(que deve, sempre, permanecer voltada para frente). O exercício é apenas para os olhos(durante todo exercício, apenas os olhos devem movimentar-se).À medida em que se afastar lateralmente e devagar o polegar do eixo central do nariz

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->