Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
A Bíblia Provada e Comprovada

A Bíblia Provada e Comprovada

Ratings: (0)|Views: 1,751 |Likes:
Published by Projeto Spurgeon

More info:

Published by: Projeto Spurgeon on Mar 07, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/25/2014

pdf

text

original

 
 
www.projetospurgeon.com.br
1
 
 
www.projetospurgeon.com.br
2
A Bíblia Provada e Comprovada
Nº 2048Sermão pregado na manhã de Domingo, 5 de Maio de 1889
Por Charles Haddon Spurgeon,
No Tabernáculo Metropolitano, Newington, Londres.
“ 
 As palavras do SENHOR são palavras puras, como prata refinada em fornalha de barro, purificada sete vezes.
” 
Salmo 12:6 
Nesse Salmo, nosso texto é contrastado com o mal da época. O Salmista sequeixa
 porque se acabaram os piedosos
 – 
porque desapareceram os fiéisdentre os filhos dos homens
‖. Era uma grande aflição para ele, e não
encontrou consolo exceto nas palavras do Senhor. Que importa que oshomens falhem? A Palavra de Deus permanece! Que alivio é abandonar aareia da controvérsia para ir aos verdes pastos da revelação! Tal pessoa senteo que Noé sentiu, quando, fechado na arca, já não viu mais a morte edesolação que reinava fora. Viva em comunhão com a Palavra de Deus, eentão, ainda que não tenha amigos cristãos, não te faltará companhia.E mais, o versículo apresenta ainda um contraste maior com as palavras dosiníquos quando se rebelam contra Deus e oprimem Seu povo. Eles diziam:
Por nossa língua prevaleceremos
 – 
nossos lábios são nossos
 – 
quem é senhor de nós?
‖ se jactavam, tiranizavam
, ameaçavam. O Salmista se afastouda voz do jactancioso e acudiu às palavras do Senhor. Viu a promessa, opreceito, e a doutrina da verdade pura, e esses lhe consolaram, enquanto osdemais falavam pura vaidade cada um com seu vizinho. Ele não tinha tantaspalavras do Senhor como as que possuímos agora: porem, o que ele tinha feitoseu por meio da meditação, o valorizava acima de ouro mais valioso. Na boacompanhia daqueles que tinham falado sob a direção divina, era capaz desuportar as ameaças dos que o rodeavam.Assim, querido amigo, se em algum momento lhe corresponde estar em umlugar onde as verdades que você tanto ama são desprezadas, regresse aosprofetas e aos apóstolos, escute através deles o que o Senhor Deus falará. Asvozes da terra estão repletas de falsidade, mas a palavra do céu é limpíssima.Há uma boa lição prática na posição do texto
 – 
aprendam-na bem. Façam daPalavra de Deus sua companhia diária, e então, qualquer coisa que pudesseprejudicá-los na falsa doutrina da hora, não os conduzirá a um abatimentomuito profundo; pois as palavras do Senhor sustentarão o espírito.
 
 
www.projetospurgeon.com.br
3
Olhando o texto, não lhes impacta como uma maravilhosa condescendênciaque Jeová, o Infinito, decida utilizar palavras? Em Sua sabedoria, Eleestabeleceu essa maneira de comunicação de uns com os outros
 – 
porem,quanto a Ele mesmo, que é O espírito puro e ilimitado, comprimirá Seusgloriosos pensamentos em um estreito canal de som, ouvido e nervo? Deve amente eterna usar palavras humanas? O glorioso Jeová falou mundos. Os céuse terra foram expressões de Seus lábios. Quanto a Ele, parece mais de acordocom Sua natureza falar tempestades e trovões do que inclinar-se às humildesvogais e consoantes de uma criatura do pó. Ele se comunicaráverdadeiramente com o homem à própria maneira do homem? Sim, Ocondescendente a falar-nos utilizando palavras!Nós bendizemos ao Senhor pela inspiração verbal, da que podemos dizer:
Guardei as palavras de sua boca mais que minha comida
.‖ Não conheço
nenhuma outra inspiração, nem sou capaz de conceber alguma que possa serde verdadeiro serviço para nós. Necessitamos de uma revelação clara sobre aque possamos exercitar a fé. Se o Senhor nos houvera falado por um métodocujo significado fosse infalível, mas Suas palavras fossem questionáveis, nãoteríamos sido edificados, mas antes, confundidos
 – 
pois certamente é umaárdua tarefa extrair o verdadeiro sentido de palavras ambíguas. Teríamossempre o temor de que o profeta ou o apóstolo não nos tivesse dado, depois detudo, o sentido divino: é fácil ouvir e repetir palavras
 – 
porem, não é fácilexpressar o que outro quer dizer, com palavras próprias perfeitamenteindependentes: o significado se evapora com facilidade.Porem, nós cremos que os homens santos de outrora, ainda que usaram suaprópria linguagem, eram guiados pelo Espírito Santo para usar palavras quetambém eram palavras de Deus. O Espírito divino operava de tal forma noespírito do escritor inspirado, que ele escrevia as palavras do Senhor, portanto,
apreciava cada uma delas. Para nós ―
toda Palavras de Deus é pura
‖, e
também
cheia de nutrição para a alma. ―
 Não só de pão viverá o homem, masde toda palavras que sai da boca de Deus
.‖
(Mateus 4:4) Nós podemos
declarar de todo coração com o Salmista, ―
eu disse que observaria as tuas palavras. (Salmos 119:57)
 
Nosso condescendente Deus se agrada tanto de comunicar-se conosco compalavras, que se dignou em chamar a Seu Unigênito de
O Verbo
(João 1:1)
E aquele Verbo foi feito carne, e habitou entre nós.
(João 1:14) O Senhorusa palavras, não com repugnância, mas sim com prazer
 – 
e quer que nós astenhamos também em alto conceito, como foi dito a Israel por meio de Moisés
Portanto, colocarei essas minhas palavras em vosso coração e em vossaalma
.‖
(Deuteronômio 11:18)

Activity (5)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
dilmarmcz liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->