Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
8.33 Mérito e Graça

8.33 Mérito e Graça

Ratings: (0)|Views: 351|Likes:

More info:

Published by: Provaievede Apalavra on Mar 07, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/07/2012

pdf

text

original

 
1
8. 33 Mérito e Graça
 Jo 15.1-8; Rm 4.1-8; Rm 5.1-5; 2 Co 5.17-19; Ef 2.8,9; Tt 3.4-7"
Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.Não vem das obras, para que ninguém se glorie 
;" (Ef 2.8,9)A questão do mérito e da graça é o cerne do debate histórico entre a teologia católicaromana e o protestantismo. Uma das principais declarações da Reforma foi sola gratia - asalvação é somente pela graça de Deus. Os crentes não levam nenhum méritopropriamente diante do tribunal de Deus, mas confiam unicamente em sua misericórdia egraça.Mérito é definido como aquilo que é devido ou merecido. A justiça exige que o mérito sejadado onde ele é merecido. Mérito é algo devido a uma pessoa por seu desempenho. Senão é recebido, uma injustiça é cometida.A teologia católica romana fala três tipos distintos de mérito. Fala de mérito condigno, oqual é tão meritório que impõe uma obrigação de recompensa. Fala também de méritocongruente, o qual, embora não seja tão elevado como o mérito condigno, contudo é"apropriado ou congruente" para Deus recompensá-lo. O mérito congruente é alcançadopela prática das boas obras, em conjunção com o sacramento de penitência. O terceirotipo de mérito é o super-rogatório, que é o mérito acima e além do chamado para dever. Éo mérito excessivo conquistado pelos santos. Este mérito é depositado no tesouro do quala Igreja pode tirar para aplicar na conta daqueles que não têm mérito suficiente paraprogredir do purgatório para o céu.A teologia protestante nega e "protesta" contra todas essas três formas de méritos,declarando que o único mérito que temos à nossa disposição é o mérito de Cristo, o qualchega até nós pela graça, por meio da fé. A graça é o favor não merecido de Deus. É umaação ou disposição de Deus em nosso favor. Graça não é uma substância que podehabitar nossas almas. Crescemos na graça, não por uma medida quantitativa de algumasubstância dentro de nós, mas pela assistência misericordiosa do Espírito Santo que noshabita, o qual age graciosamente em nosso favor e sobre nós. Os meios de graça queDeus dá para nos assistir na vida cristã incluem as Escrituras, as ordenanças, a oração, acomunhão e o nutrição da igreja.Sumário1. Nossa salvação é sola gratia - somente pela graça.2. Não temos nenhum mérito pelo qual Deus seja obrigado a nos salvar.3. A teologia católica romana faz distinção entre mérito condigno, congruente e super-rogatório. Todos o três são rejeitados pelos protestantes.4. Graça é o favor ou a misericórdia de Deus em nosso favor, que não merecemos.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->