Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
17Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
VACINAS

VACINAS

Ratings:

4.5

(2)
|Views: 15,084|Likes:
Published by anon-950605

More info:

Published by: anon-950605 on Dec 03, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

05/29/2013

pdf

text

original

 
 
COMPOSIÇÃO DAS VACINASAGENTES IMUNIZANTES – IMUNÓGENOSINATIVADOS – agente infeccioso mortoATENUADOS – agente vivo sem poder infectante TOXÓIDES - toxinas modificadas, separadas dafração tóxica, compotencial imunogênicoFRAÇÃO DE AGENTES INFECCIOSOS – componentesquímicos purificados e modificados podem terpapel imunogênico contra as doenças por elescausadasOUTROS COMPONENTESADJUVANTES – compostos de alumínio EX: toxóidetetânico e diftéricoPRESERVATIVOS frões de antibticos oumercuriais EX: tiomersal utilizado na vacina trípliceESTABILIZADORES OU NUTRIENTES – usados nasvacinas de microrganismos vivos atenuados EX:cloreto de magnésio na vacina SabinFLUIDO DE SUSPENO água destilada ousolução salina fisiológica Vacinas vivas oimunologicamente superiores às vacinas inativadasPROGRAMA NACIONAL DE IMUNIZAÇÃOSISTEMA DE COLETA – FLUXO - TABULAÇÃO DOSDADOS DA VACINAÇÃOCONTRA-INDICAÇÕES À ADMINISTRAÇÃO DEVACINASAs vacinas de bactérias ou vírus atenuados nãodevem ser administrados em pessoas:• Imuno-deficiência congênita ou adquirida• Acometidas de neoplasia malignaEm tratamento com corticosteróides ouesquemasinunodepressoresADIAMENTO DE VACINAÇÃO• doenças agudas e febris graves• uso de imunodepressoresFALSAS CONTRA-INDICAÇÕES• doenças benignas comuns• diarréias• aplicação de vacina contra raiva em andamento• doença neurológica estável• antecedente familiar de convulsão• tratamento sistêmico com corticosteróides• alergias• prematuridade ou baixo peso ao nascimento• internação hospitalarHavendo indicação, não existe limite superior deidade para a aplicaçãode qualquer vacina, exceto a vacina contraconqueluche (DPT) , que sópode ser administrada até 7 anos incompletos.VACINAÇÃO DE PACIENTES COM HIV/AIDSASSINTOMÁTICOS – todas as vacinasAIDS – exceto vacina BCGBCG INTRADÉRMICA (VACINA DE CALMETTE-GUÉRRIN)• profilaxia de formas graves de tuberculose• produz uma infecção natural controladaAPRESENTÃO vacina liofilizada em frasco-ampola de 50 doses + ampola de 5 ml de diluenteCOMPOSIÇÃO DA VACINA cepas vivas de
Mycobacterium bovis
(800.000 a 1.000.000 de bacilos por dose);glutamato monossódico(estabilizante) e solução salina isotônica (fluido desuspensão)VIA DE ADMINISTRAÇÃO rigorosamenteintradérmica,preferencialmente no bro direito na altura dainserção inferior do músculo deltóideEvolão da reação vacinal -> dulo local ->pústula -> crosta e úlcera(duração de 6 a 10 semanas) – dá origem a pequenacicatrizIDADE PARA O INÍCIO DA VACINAÇÃO – MÍNIMA aonascer e MÁXIMA não háESQUEMA VACINAL – BRASIL – 2004{Ao nascer}{6 a 10 anos – reforço}número de doses – uma dose – 0,1 ml – IDPPD Rt – 23 – (derivado proteínico purificado) - testede MantouxNódulo menor que 5 mm – não reatorNódulo entre 5 e 9 mm – reator fracoNódulo maior de 10 mm – reator forteREAÇÕES DA VACINA febre, mal estar,enfartamento ganglionar passageiro, ulceração ecrosta no local da aplicação. Pode haver formação deabcessoCONTRA-INDICAÇÕES imunodeficiência congênitaou adquirida, incluindo AIDS, adiamento davacinação em crianças RN com baixo-peso (menosque 2000g), afecções dermatológicas extensas ematividade.CONSERVAÇÃO E VALIDADE - + 2
0
a + 8
0
C (nível locale central) protegida da luz solar direta. Depois dediluída aplicar no máximo dentro de 6 horas.
VACINA CONTRA HEPATITE B
população menor de 2 anos de idade
grupos de risco em qualquer idade (pessoas que se expõem aocontato direto com sangue humano, seus derivados e secreçõeshumanas)
pacientes de hemodiálise, politransfundidos, hemofílicos, anemiafalciforme, profissionais de saúde, grupos residentes empresídios, hospitais psiquiátricos, etc)EFICÁCIA: 95%APRESENTAÇÃO: líquida em frasco com dose individual de 1 mlCOMPOSIÇÃO DA VACINA – antígeno de superfície do vírus B(preparado por recombinação de DNA) , hidróxido de alumínio(adjuvante) e tiomersal (preservativo)VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular na região deltóide(adulto), músculo vasto lateral da coxa (crianças)IDADE PARA INÍCIO DA VACINAÇÃO: qualquer idade
CALENDÁRIO DE VACINAÇÃO – BRASIL - 2004Ao nascer – primeira dosePrimeiro mês – segunda doseSexto mês – terceira doseReações vacinais
 – reações locais com dor (no momento e apósa aplicação), mal estar, cefaléia, febre e fadiga nas primeiras 48 a72 horas.
Contra-indicações
 – não há
Conservação e validade
-
+ 2
0
a + 8
0
C (nível local ecentral)
 
VACINA ANTIPOLIOMIELITE (Sabin)EFICÁCIA: 95%APRESENTAÇÃO: LÍQUIDA EM FRASCOS DE 10, 20,25 OU 50 DOSESComposição da vacina: composta de três tipos devírus vivos eatenuados, cultivados em tecidos celulares –Poliovirus tipo IPoliovirus tipo IIPoliovirus tipo IIICloreto de magnésio (estabilizador)Vermelho de amarante ou roxo de fenol indicadorde pHVIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral – 2 gotas por doseNúmero de doses – 3 doses – (2, 4, 6 meses deidade – reforço aos 15 meses)Idade para o início da vacinação – não háREAÇÕES À VACINA – nenhumaCONTRA-INDICAÇÕES – adiamento da vacina noscasos de febre acima de 38º C, diarréia, vômitosseverosCONSERVAÇÃO E VALIDADE - + 2
0
a + 8
0
C (nívellocal) e - 20
0
C (nível central)A vacina permanece válida até 48 horas após aabertura do frasco desde que conservada deacordo com o recomendadoVACINA TRÍPLICE (DPT)Utilizada na prevenção da difteria, tano ecoqueluche (Pertussis)Eficácia: 95% e 80%Apresentação: líquida em ampolas com 1 dose ouem frascos-ampolascom 10 ou 20 dosesComposição da vacina – Toxóide diftérico - 30 UI/dose Toxóide tetânico – 40 UI/doseBordetella pertussis inativada – 4 UI/doseHidróxido ou fosfato de alumínio (adjuvante) Tiomersal (preservativo)Via de administração: IM profunda (0,5 ml) novasto lateral da coxa ou região glúteaIdade para início da vacinação - mínima – 2 mesesmáxima – 7 anos incompletosNúmero de doses – 3 doses ( 2, 4 e 6 meses emassociação com a vacina anti-
Haemophilusinfluenzae
tipo B -> vacina TETRAVALENTEReforço aos 15 meses (somente DPT)Refoos subseqüentes são feitos com a vacinadupla adulto (dT) a cada 10 anosREAÇÕES DA VACINA – reação inflamatória local(dor, eritema, enduração), febrícula, mal estar,irritabilidadeContra-indicões criaas com doençaneurológica e/ou que apresentaram os seguintessintomas após a aplicação anterior:• convulsão nas primeiras 72 horas• encefalopatia nos primeiros 7 diassíndrome hipotônico-hiporresponsiva ou choroprolongado e incontrolável nas primeiras 48 horas• reação anafilática
Conservação e validade
-
+ 2
0
a + 8
0
C (nível local ecentral)Bem conservada pode ser utilizada até 7 dias apósa abertura do frascoVACINA DUPLA – (DT INFANTIL, dT ADULTO)Utilizada na prevenção da difteria e do tétanoEficácia : 95%Apresentação: líquida em ampolas de 1 dose ou emfrasco-ampola de 50 dosesCOMPOSIÇÃO DA VACINA Toxóide tetânico Toxóide diftéricoHidróxido ou fosfato de alumínio (adjuvantes) Tiomersal (preservativo)Via de administração: intra-muscular profunda novasto lateral da coxa ou na rego glútea. Emcrianças com mais de 1 ano de idade e adultos podeser aplicada na região deltóide.Idade para início da vacinação:Dupla infantil – até 7 anos incompletosDupla adulto – maiores de 7 anos que estejam comesquema devacinação incompleto – indicada para gestantes paraprofilaxia do tétano neonatal (RN) e tétano acidental(mulher)Número de doses – 3 dosesIntervalo entre as doses: mínimo 1 mês recomendado 2 mesesOs reforços devem ser feitos com 1 dose a cada 10anos por toda a vidaReações da vacina – reação inflamatória local (dor,eritema, enduração), febrículaContra-indicações – choque anafilático com a doseanteriorConservação e validade - + 2
0
a + 8
0
C (nível local ecentral)Bem conservada pode ser utilizada até 7 dias após aabertura do frascoVACINA ANTI –
Haemophilus influenza
 TIPO B (Hib)É recomendada a crianças até 5 anos de idade(meningites, septicemia, pneumonia, celulite, artriteséptica, osteomielite, otite, sinusite)eficácia: 95%apresentação: forma liofilizadacomposição: estão disponíveis dois tipos:• vacina de polissacarídeo capsular purificado(utilizadas a partir de2 anos de idade)• vacina conjugada, na qual o polissacarídeo éconjugado com proteína do bacilo diftérico (HbOC) oucom complexo proteico da membrana externa domeningococo grupo B (PRO-OMP) ou comtoxóide diftérico ou ainda com proteína do
Clostridium tetani
(ActHIB).Esquema de vacinaçãoDose: 0,5 ml via intramuscular (região glútea emmenores de 2 anos e deltóide em maiores)OBS: FAZ PARTE DO CALENDÁRIO DE ROTINA DO PNI, NO ESQUEMA DE TRÊS DOSES APLICADAS AOS 2, 4E 6 MESES, JUNTAMENTE COM A DPT (vacinatetravalente) e antipoliomielite , porém sem esforçoaos 15 meses.Reações: inócua. Febre e reações locais em 1 a 1,5%dos vacinados.
 
Conservação e validade: 2 a 8º C em nível local ecentral.VACINA ANTI-AMARÍLICA (VACINA 17 D)Contra febre amarela.Indicada para pessoas que residem ou se dirigempara áreas endêmicas ou áreas limítrofes dessasáreas.Apresentação: liofilizadaEficácia: 99%Composição da vacina: vírus vivo atenuadoVia de administração: subcutâneaNúmero de doses: dose única de 0,5 ml –imunização por 10 anos. A proteção efetiva éobtida depois de 10 dias aplicação da vacina.Contra-indicações: gerais para vacinas + primeirotrimestre de gravidezConservação e validade: entre 2 e 8º C durantedois meses. Deve ser usada no máximo até 3 horasdepois de reconstituída.VACINA ANTI-SARAMPODose única com eficácia de 95%.Apresentação: liofilizadaComposição da vacina: vírus vivo atenuado;estabilizante: neomicina ou kanamicina; corantevermelho de amarante e/ou roxo fenol Via deadministração: subcutânea (região deltóide, faceântero-lateral externa do ante-braço ou na regiãoglútea)Idade para início da vacina: mínima: 9 mesesmáxima: não háPNI – aos 12 meses aplicar a tríplice viral –sarampo, rubéola, caxumbaNúmero de doses: 0,5 ml via subcutâneaReações da vacina: febre (entre o 5º e o 12º diaapós a aplicação)Exantema fugaz (após o 7º dia)Contra-indicações: contra-indicações gerais para asvacinas + :• reação anafilática ( urticária generalizada,dificuldade respiratória, edema de glote,hipotensão, choque) após a ingestão de ovo degalinha• gravidez• administração de imunoglobulina humana norma(gamaglobulina), sangue total ou plasma nos trêsmeses anterioresIMPORTANTE:• não constituem contra-indicações: vacinaçãorecente contra poliomielite, exposição recente aosarampo, história anterior de sarampo, alergia aovo que não tenha sido de origem anafilática• caso ocorra a administração de imunoglobulinahumana normal, sangue total ou plasma nos 14dias que se seguem à vacinação, revacinar trêsmeses depoisConservação e validade: entre 2 e 8º C no nívellocal e – 200 C no nível central. Deve ser protegidada luz solar direta. Após a diluição, desde queconservada adequadamente, é válida por 8 horas. TRÍPLICE VIRAL – SRC – SARAMPO, RUBÉOLA,CAXUMBAEficácia: 95 a 100%Apresentação: liofilizada – frasco contendo 1 ou 10dosesComposição da vacina: vírus vivo atenuado dacaxumba, sarampo e da rubéolaVia de administração: subcutâneaIdade para início da vacinação: 12 meses de idadesem reforço adicionalPNI – preconiza a vacinação de todas as criançasentre 1 e 11 anos de idade. Todas as mulheres, não vacinadas, entre 12 e 49anos – dupla viral (anti-sarampo e anti-rubéola) ouanti-rubéola puraNúmero de doses: únicaReações da vacina: febre, dor no local da aplicaçãoContra-indicações: idem à do sarampo.Está formalmente contra-indicada na gravidezA mulher em idade fértil, após ser vacinada, deveevitar engravidar por período de 3 a 6 mesesConservação e validade: entre 2 e 8º C no nível locale – 20º C no nível central. Deve ser protegida da luzsolar direta. Após a diluição, desde que conservadaadequadamente, é válida por 8 horas.VACINA ANTI-GRIPALRecomendada para profilaxia da gripe em adultos ecrianças acima de 1 ano de idade.É especialmente recomendada:* pessoas acima de 60 anos* que sofrem de doenças do sistema cardiovascular,diabetes, fibrose cística, doenças respiratóriascrônicas, insuficiência renal crônica* imunodeficiência congênita ou adquiridaPode ser recomendada para profissionais da área desaúde.Eficácia: 70 a 95%Apresentação: suspensão injetávelComposição da vacina:Preparada com cepas de vírus inativado, purificado efragmentado contra gripeSolução salina tamponada de fosfato + Tween80/triton x-100, Tiomersal + Sacarose + Formaldeído+ Desoxicolato de sódio + traços de gentamicinaVia de administração: intramuscular ou subcutâneaIdade para início da vacinação: 1 ano de idade (nãoestá no calendário do PNI)PNI – pessoas acima de 60 anos – dose única – 0,5 ml(deve ser refeita todo ano, antes do começo datemporada da gripe ou conforme situaçãoepidemiológica em curso, sempre com atualizaçãoda composição antigênica da vacina)Reações da vacina: muito raro• reação anafilática 30 min após a aplicação davacina• não deve ser administrada em pessoas comconhecida hipersensibilidade a proteínas do ovoConservação e validade: entre 2 e 8º C, protegida daluz solar direta. O prazo de validade é de 12 meses acontar da data de fabricação.VACINA ANTIPNEUMOCÓCICAIndicada como proteção contra
Streptococcus pneumoniae
(pneumococo), especialmente nasseguintes situações consideradas de risco:• asplenia funcional ou esplenectomia• anemia falciforme• doença de Hodgkin e outros linfomas• mieloma múltiplo• síndrome nefrótica

Activity (17)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Jean Marcos liked this
Danielle Souza liked this
Fernanda Roberta liked this
Lorena Barreto liked this
Iane Aguiar liked this
Fabiana Ferreira liked this
Adriana Buch liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->