Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
35Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
PMI, PMBOK, Engenharia de Software

PMI, PMBOK, Engenharia de Software

Ratings:

4.67

(3)
|Views: 2,336|Likes:
Published by Andre Lubambo
PMI, PMBOK, Engenharia de Software
PMI, PMBOK, Engenharia de Software

More info:

Published by: Andre Lubambo on Dec 03, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/27/2013

pdf

text

original

 
V Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software – SBQS’2006
Um Processo para o Gerenciamento de Riscos emProjetos de Software 
Pascale Correia Rocha Pereira
1
, Fca. Márcia G. S. Gonçalves
1,2
,Carlo Giovano Pires
2
, Arnaldo Dias Belchior
1
1
Mestrado em Informática Aplicada, Universidade de FortalezaAv. Washington Soares 1321, 60811-341 - Fortaleza – CE, Brasil
2
Instituto Atlântico – SPD - Suporte ao Processo de DesenvolvimentoRua Chico Lemos, 946 – Cidade dos Funcionários – CEP 60.822 -780Fone 55 (85) 3216- 7800 – Fortaleza – CE – Brasil
{pascale.mia, belchior}@unifor.br, {marcia, cgiovano}@atlantico.com.br
 Abstract.
 Risk Management has become more notable in software development  projects, as uncertainty is inherent to this kind of projects. Risk management leadsthe organization to systematically plan, anticipate, and mitigate risks to proactivelyeliminate or minimize their impact on the project. This paper proposes a softwarerisk management process based on concepts of the RUP, on risk approaches of CMMI-SW, PMBOK, IEEE STD 1540 and AS/NZS 4360. After that, it presents the process matching and implementing in an organization, aiming to follow CMMI level 3 requirements for risk management.
 Resumo.
O gerenciamento de riscos está se tornando cada vez mais relevante em projetos de desenvolvimento de software, devido ao alto grau de incertezaenvolvido neste tipo de projeto. O gerenciamento de riscos conduz a organização àsistematicamente planejar, antecipar e mitigar os riscos para proativamenteeliminar ou minimizar seus impactos nos projetos. Este trabalho propõe um processo para o gerenciamento de riscos de projetos de software fundamentado emconceitos do RUP, nas abordagens de risco do CMMI-SW, do PMBOK, do padrão IEEE STD 1540 e da AS/NZS 4360. Em seguida, apresenta a sua especialização eimplantação em uma empresa, visando atender os requisitos de gerenciamento deriscos do CMMI-SW nível 3.
1
 
Introdução
O gerenciamento de riscos trabalha justamente com a incerteza, visando a identificação deproblemas e oportunidades potenciais antes que ocorram, com o objetivo de eliminar oureduzir a probabilidade de ocorrência e o impacto de eventos negativos para os objetivos doprojeto, além de potencializar os efeitos da ocorrência de eventos positivos.Através da experiência, observou-se que os projetos que empregavam ogerenciamento de riscos tendiam a produzir melhores resultados do que aqueles que nãoempregavam. Isto decorre do fato de que as coisas raramente ocorrem conforme o planejado,e o gerenciamento de riscos é justamente uma forma melhor de lidar com os riscos do queficar esperando passivamente que eles se materializem e ataquem o projeto. Alguns autores26
3
 
V Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software – SBQS’2006
consideram o gerenciamento de riscos uma das atividades mais importantes do gerenciamentode projetos [Brown, 1996; Sommerville, 2003].O gerenciamento de riscos é abordado por vários modelos dentre os quais o PMBOK(2004), o CMMI-SW (2002), a AS/NZS 4360 (2004), o padrão IEEE STD 1540-2001 (2001)e o RUP (2003). O PMBOK (
 A Guide to the Project Management Body of Knowledge
) tratado gerenciamento de projetos de uma forma ampla, não sendo específico para software. OCMMI-SW (
Capability Maturity Model Integration for Software
) provê um
 framework 
paraa implantação e melhoria do processo de software das organizações. O RUP (
 RationalUnified Process
) é um processo baseado em melhores práticas de engenharia de software[Reinehr, 2003]. A AS/NZS 4360:2004 é uma norma de âmbito mundial, específica sobregerenciamento de riscos, desenvolvida na Austrália e Nova Zelândia.Este artigo analisa cada uma das abordagens de gerenciamento de riscos citadas epropõe um processo para o gerenciamento de riscos em projetos de software, que atenda atodas essas abordagens. Em seguida, apresenta a especialização e implantação do processoem uma organização que atingiu o CMMI-SW nível 3 a partir desse processo.Este trabalho está organizado como se segue. A seção 2 apresenta um Processo deGerenciamento de Riscos para projetos de software utilizando várias abordagens degerenciamento de riscos. A seção 3 mostra a especialização e implantação deste processo. Aseção 4 discorre sobre as conclusões deste trabalho.
2
 
Processo de Gerenciamento de Riscos para Projetos de Software
O Processo de Gerenciamento de Riscos proposto baseia-se na área de conhecimentoGerenciamento de Riscos do PMBOK (2004), na área de processo Gerenciamento deRiscos do CMMI-SW (2002), no padrão AS/NZS 4360 (2004), no padrão IEEE Std1540 (2001), na abordagem de riscos do RUP (2003) e em boas práticas degerenciamento de riscos da literatura [Boehm, 1991; Farias, 2002; Machado, 2002].
2.1
 
Abordagens de Gerenciamento de Riscos
O PMBOK (2004) –
Project Management Body of Knowledge –
descreve oconhecimento e as melhores práticas em gerenciamento de projetos, através de noveáreas de conhecimento: Gerência de Integração, Gerência de Escopo, Gerência deTempo, Gerência de Custo, Gerência de Qualidade, Gerência de Recursos Humanos,Gerência de Comunicação, Gerência de Riscos, e Gerência de Aquisições.O CMMI-SW (2002) –
Capability Maturity Model Integration for Software
– foicriado para integrar os diversos modelos do CMM, que atendem as várias atividadesrelacionadas ao desenvolvimento de software, e ainda torná-lo compatível com aISO/IEC 15504 (2003). A problemática do risco é abordada nas áreas de processoPlanejamento do Projeto, Monitoração e Controle do Projeto e Gerência de Risco. Asduas primeiras áreas de processo estão no nível 2 e a última está no nível 3 do CMMI-SW.O AS/NZS 4360 (2004) –
 Australian and New Zealand Standard for Risk  Management 
– é um padrão internacional para o gerenciamento de riscos, que fornecediretrizes para a estruturação e implementação de uma estratégia efetiva para ogerenciamento de riscos. Esse padrão enfatiza que esta estruturação varia de acordocom as necessidades da organização, seus objetivos específicos, seus produtos e26
4
 
V Simpósio Brasileiro de Qualidade de Software – SBQS’2006
serviços, bem como as práticas e os processos por ela utilizados. Sua finalidade éestabelecer um
 framework 
genérico para o estabelecimento do contexto da gerência deriscos e para a identificação, a análise, a avaliação, o tratamento, a monitoração e acomunicação dos riscos na organização.O Padrão IEEE Std 1540 –
Standard for Software Life Cycle Processes-Risk  Management 
– define um processo contínuo de gerenciamento de riscos aplicável nasdisciplinas de engenharia de software e de gerenciamento. É escrito de modo que possaser aplicado conjuntamente com as normas da série ISO ou independentemente. Esteprocesso consiste nas seguintes atividades: Planejar e Implementar o Gerenciamento deRiscos, Gerenciar o Perfil de Risco do Projeto, Executar a Análise do Risco, Executar oTratamento do Risco, Executar a Monitoração do Risco e Avaliar o Processo deGerenciamento de Riscos.O gerenciamento de riscos no RUP (2003) –
 Rational Unified Process
étratado na disciplina de Gerenciamento de Projeto, que se propõe a balancear objetivosconcorrentes, gerenciar riscos e restrições, para que a entrega do produto satisfaça seusclientes e usuários. Essa disciplina provê um
 framework 
onde o projeto é criado egerenciado.O gerenciamento de riscos está integrado ao processo de desenvolvimento, ondeas iterações são planejadas com base nos riscos de maior prioridade. Em umaabordagem iterativa, os riscos são mitigados mais cedo, porque os elementos sãointegrados progressivamente. Além disto, como cada iteração exercita muitos aspectosdo projeto, torna-se mais fácil descobrir até que ponto os riscos percebidos estão sematerializando, como também descobrir riscos novos [Kroll, 2003].
2.2 Processo de Gerenciamento de Riscos para Projetos de Software
Tomando como base as abordagens citadas na seção anterior, foi proposto um Processode Gerenciamento de Riscos para Projetos de Software [Pereira, 2005]. A Tabela 1mostra o mapeamento do processo a partir do PMBOK (2004), CMMI-SW (2002), RUP(2003), IEEE Std 1540 (2001) e AS/NZS 4360 (2004). Um dos critérios utilizados paraa modelagem das atividades do processo proposto foi que essas atividades fossemcomuns à maioria das abordagens utilizadas.Este processo visa auxiliar no planejamento, na identificação, na análise, notratamento e na monitoração sistemática dos riscos em projetos de software, contribuindopara a tomada de decisão durante o ciclo de vida do projeto. Esse processo poderá serespecializado para uma determinada organização ou implantado diretamente em projetosde software. A organização poderá ainda optar por adaptar o processo de acordo com ascaracterísticas do projeto, que vier a utilizá-lo. Assim, para projetos de pequeno porte,pode ser executado apenas um subconjunto das atividades do processo proposto, o quedeve ser previamente definido no planejamento do gerenciamento de riscos do projeto.O fluxo principal do Processo de Gerenciamento de Riscos para projetos desoftware é apresentado na Figura 1, sendo constituído das seguintes macroatividades: (
i
)
Planejar o Gerenciamento de Riscos
; (
ii
)
 Identificar Riscos
, (
iii
)
 Analisar Riscos
; (
iv
)
Tratar Riscos
; (
v
)
 Monitorar e Controlar Riscos
; e (
vi
)
 Avaliar o Processo deGerenciamento de Riscos.
26
5

Activity (35)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Charles Gabriel liked this
Elizael Barros liked this
wiliantst liked this
pdfthiago liked this
Marcelo Miranda liked this
emanuel222 liked this
saulolemos liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->