Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
13Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Translucência Nucal no Rastreamento de Cardiopatias Congênitas em Fetos Cromossomicamente Normais

Translucência Nucal no Rastreamento de Cardiopatias Congênitas em Fetos Cromossomicamente Normais

Ratings:

4.5

(2)
|Views: 11,336 |Likes:
Objetivo: Avaliar a acurácia da medida da translucência nucal (TN) entre 11 semanas e 13 semanas e 6 dias como marcador ultra-sonográfico para rastrear cardiopatias congênitas (CC). Métodos: Estudo multicêntrico retrospectivo onde foram analisadas gestações únicas de fetos euplóides. A medida da translucência nucal foi realizada no exame de 1o trimestre quando os fetos tinham entre 45 e 84 mm de comprimento cabeça-nádega (CCN), segundo os critérios estabelecidos pela Fetal Medicine Foundation. Resultados: Foram analisadas 3664 gestações, das quais 20 recém-nascidos apresentaram alguma cardiopatia congênita até o primeiro mês de vida (prevalência de 0,55%). A mediana da TN nos fetos com CC foi de 1,70 mm e nos fetos sem CC foi de 1,60 mm. Não houve diferença significativa entre as duas medianas (Teste de Mann-Whitney, p > 0,05). A sensibilidade da TN na detecção de CC foi de 20%, produzindo um grande número de falsos positivos (75,2% para um ponto de corte de 4 mm). Nenhuma forma de CC isolada que apresentou uma maior correlação com o aumento da TN. Conclusão: a medida da translucência nucal isolada não é um bom método para rastrear CC.
Objetivo: Avaliar a acurácia da medida da translucência nucal (TN) entre 11 semanas e 13 semanas e 6 dias como marcador ultra-sonográfico para rastrear cardiopatias congênitas (CC). Métodos: Estudo multicêntrico retrospectivo onde foram analisadas gestações únicas de fetos euplóides. A medida da translucência nucal foi realizada no exame de 1o trimestre quando os fetos tinham entre 45 e 84 mm de comprimento cabeça-nádega (CCN), segundo os critérios estabelecidos pela Fetal Medicine Foundation. Resultados: Foram analisadas 3664 gestações, das quais 20 recém-nascidos apresentaram alguma cardiopatia congênita até o primeiro mês de vida (prevalência de 0,55%). A mediana da TN nos fetos com CC foi de 1,70 mm e nos fetos sem CC foi de 1,60 mm. Não houve diferença significativa entre as duas medianas (Teste de Mann-Whitney, p > 0,05). A sensibilidade da TN na detecção de CC foi de 20%, produzindo um grande número de falsos positivos (75,2% para um ponto de corte de 4 mm). Nenhuma forma de CC isolada que apresentou uma maior correlação com o aumento da TN. Conclusão: a medida da translucência nucal isolada não é um bom método para rastrear CC.

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Rafael Frederico Brus on Dec 04, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF or read online from Scribd
See more
See less

07/09/2013

pdf

 
 
RAFAEL FREDERICO BRUNSTRANSLUCÊNCIA NUCAL NO RASTREAMENTO DE CARDIOPATIAS CONGÊNITASEM FETOS CROMOSSOMICAMENTE NORMAISTese apresentada à Universidade Federal de SãoPaulo – Escola Paulista de Medicina para obtençãodo título de Mestre em Ciências.São Paulo2005
 
 
RAFAEL FREDERICO BRUNSTRANSLUCÊNCIA NUCAL NO RASTREAMENTO DE CARDIOPATIAS CONGÊNITASEM FETOS CROMOSSOMICAMENTE NORMAISTese apresentada à Universidade Federal de SãoPaulo – Escola Paulista de Medicina para obtençãodo título de Mestre em Ciências.Orientador: Prof. Dr. Antonio Fernandes MoronCo-orientador: Prof. Dr. Carlos Geraldo Viana MurtaSão Paulo2005
 
 
FICHA CATALOGRÁFICA
Bruns, Rafael Frederico
Translucência nucal no rastreamento de cardiopatias congênitas em fetoscromossomicamente normais
 
Rafael Frederico Bruns.-- São Paulo, 2005.xxii, 125f.Tese (Mestrado) – Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina.Programa de Pós-graduação em Obstetrícia.Título em inglês: Nuchal translucency in screening for congenital heart defects inchromosomally normal fetuses.1. Translucência Nucal. 2. Cardiopatia Congênita. 3. Gravidez.

Activity (13)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
anavirgulaetc liked this
Andrea Magalhaes liked this
Valdereza Borges liked this
jeaneleite liked this
douglaskbr liked this
lmachado86 liked this
Tereza Oliveira liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->