Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
movendo ideias

movendo ideias

Ratings: (0)|Views: 25|Likes:
Published by domingues4294
Todos os dias somos bombardeados com
informações de todos os lados, de todas as formas e já não sabemos mais o que fazer com tantos dados.
Todos os dias somos bombardeados com
informações de todos os lados, de todas as formas e já não sabemos mais o que fazer com tantos dados.

More info:

Published by: domingues4294 on Mar 25, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/25/2012

pdf

text

original

 
MOVENDO
Idéias72
- ARTIGOS
Movendo Idéias, Belém, v. 5, n. 8, p.72 - 74, dez. 2000
GERENCIAMENTO DA INFORMAÇÃO
JOSÉ THADEU PAULO HENRIQUES*
Todos os dias somos bombardeados cominformações de todos os lados, de todas as for-mas e já não sabemos mais o que fazer com tan-tos dados. Diante dessa avalanche de papéis, sonse imagens como continuar se atualizando semcorrer o risco de se perder ou de ficar fora docontexto?John Naisbitt na introdução do livro
 Ansie-dade de Informação
1
 
afirma que a informaçãoé uma obsessão e que ela deve ser estruturada ereestruturada para que as pessoas possam en-contrar o seu significado.Nos tempos atuais a quantidade de infor-mações disponíveis, vem duplicando em média acada quatro anos. Devemos considerar que a so-fisticação tecnológica na área da informática ena de comunicação social vem revolucionando oprocesso essencial, cuja informação flui rapida-mente por um canal de comunicação aproximan-do o transmissor / emissor com o receptor e as-sim devemos rever ou refazer alguns conceitos eprocedimentos na realização da comunicação,inserida em nossas atividades profissionais e pes-soais.O volume e a massificação da informa-ção requer maior capacidade de crítica, maiorcapacitação profissional para que essa enormefonte de dados com que nos deparamos no dia-a-dia seja utilizada de forma produtiva ou imediata-mente rejeitada caso não seja de interesse.O objetivo de cada pessoa é transformara informação como material em informação comosignificado. Se não houver significado não consi-deramos que os dados ali contidos sejam infor-mações. O realizar o processo de comunicaçãocom os pontos de transmissão e de armazenamentonão implica compreender a informação. AlvinToffler cita
estamos criando e utilizando idéi-as e imagens a uma velocidade cada vez mai-or. O conhecimento – assim como as pessoas,os lugares, as coisas e as formas de organiza-ção- está se tornando descartável.”
Todos os indivíduos estão buscando apri-morar suas capacidades profissionais e pessoais.O volume e os significados de novos conceitos evocabulários, implicam o desenvolvimento de ter-mos como educação, ambição, ousadia, discipli-na, vivência , bagagem cultural, idiomas, humilda-de, formas de relacionamentos e curiosidade.Esses são alguns dos componentes consideradospor grandes empresários
2,
como característicasbásicas que devem ser valorizadas e assumidaspelos novos profissionais na busca do sucesso.O mercado de trabalho e a sociedade im-plicam que haja a assimilação de um conjunto deinformações de forma crescente a cada minuto.O cuidado de cada pessoa da sociedade é deaprimorar o processo de comunicação para atuarcom a informação como elemento que venha apossibilitar a compreensão de um conhecimentoque possa ser utilizado para o saber, o fazer e oanalisar em seus aspectos de interferência nodia-a-dia do seu usuário.Vamos analisar do ponto de vista de umprofessor com seus alunos em sala de aula, oumesmo de um executivo com seus colaboradoresnas instituições, pois o momento exige executivos,
1
Ansiedade de Informação – como transformar a informação em compreensão - de Richard Saul Wurman - Cultura EditoresAssociados –5.º ed. 1995 SP .* Administrador. Professor dos cursos de Comunicação Social e Administração da UNAMA e do Curso de Administração daUFPa. Mestrando em Administração – Gestão em Finanças, pela UNAMA.
 
MOVENDO
Idéias73
- ARTIGOS
Movendo Idéias, Belém, v. 5, n. 8, p.72 - 74, dez. 2000
educadores não só para se estabelecer umrelacionamento, mas também para proporcionara uma dada empresa condições de atuação nomercado de trabalho e de consumo competitivo.A postura destes empresários em relaçãoaos seus pares ainda deverá ser o de divulgadorde informações? O bom professor ou executivosempre foi considerado aquele que detém um bomnúmero de informações para repassar a seuscolaboradores. Como deve ser a nova postura doprofessor ou de um executivo diante da informaçãodisseminada no planeta, invadindo as instituiçõese cada dia mais a disposição de um maior númerode pessoas?Entendemos que urge uma necessidade degerenciamento da informação que requer umanova postura dos professores, dos executivos, dosalunos, dos funcionários e de todos aqueles quetenham como missão a coordenação de tarefas.Todos os integrantes do processo de comunica-ção devem ter claro que tem responsabilidade deação de sucesso no referido processo. Cada pes-soa deve considerar algumas observações anti-gas mas inabaláveis pelo tempo: “Não se aprendenada falando, prefira ouvir. Leia diversos assun-tos além dos específicos de sua área profissional,pelo menos uma vez por semana. As pessoas queestão a sua volta, independentes de cargos ou fun-ções e hierarquia podem sempre ensinar algo novo.Seja voluntário, pois poderá aprimorar suas pers-pectivas de ver o mundo.”Essa postura requer uma mudança na for-ma de comunicação com seus colaboradores. Oprofessor ou executivo antes ser admirado porser o homem do intelecto, é, agora, um técnicoorientando o seu time e torcendo para que eleganhe não só um jogo mas todos os campeona-tos. A integração, o trabalho em equipe é a metade qualquer empresa ou mesmo de um processode ensino e aprendizagem. Assim podemos afir-mar que atribuir significado é exigido mais infor-mação para que possamos organizar o que te-mos. Recebemos um volume de informação e anossa capacidade de percebê-las é diferenciada,quando não conseguimos efetivar uma seleção dasinformações para que possamos definir um signi-ficado, teremos uma visão distorcida da informa-ção, conseqüentemente passamos a estar ao ladodos fatos, e dos conhecimentos de leitura do mundoem seu contexto de integração sócio cultural.Mudar o comportamento do professor, doempresário, dos alunos e dos funcionários, podeser relativamente fácil de explicar na teoria, ébastante difícil na aplicação da prática, pois re-quer um, certo equilíbrio entre o eu e o ego decada um e a sua relação com o outro.Os executivos, professores e coordenado-res de tarefas, de um modo geral, têm medo dedar essa liberdade aos seus colaboradores – euperderia o respeito deles - a sala de aula virariauma bagunça – se eu não sigo um modelo linearde ensino – como irão aprender? - Como a minhaempresa será vista pela sociedade? Qual será areação da concorrência? Do mercado de traba-lho e de consumo?Há cerca de um ano quando da apresenta-ção dos novos professores na Universidade daAmazônia, ocasião em que tivemos contato como Magnífico Reitor, Prof. Édson Franco, lembra-mos que uma das recomendações repassadas emseu pronunciamento de boas vindas e incentivoao melhor exercício do transmitir informações foi: “
ou vocês encantam seus alunos ou serão ex-cluídos por eles
”. Durante as atividades desen-volvidas nesse período letivo foi possível enten-der muito bem o que ele quis dizer. O encantarnão é uma ação solitária, ela envolve o encanta-dor e o encantado, e na comunicação os papéissão transmutados a cada instante – a essênciado trabalho em equipe.O gerenciamento das informações requeruma mudança de postura. Esta é a fórmula paraencantar. Em outras palavras, o professor devesempre indicar o desafio ao aluno para este pro-
2
Com a palavra, os presidentes in Revista VEJA encarte especial Sua Carreira /out-2000 pg 22 –25.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->