Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
39Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Aristoteles-resumo

Aristoteles-resumo

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 16,168|Likes:
Published by amesquita2

More info:

Published by: amesquita2 on Mar 27, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

08/12/2013

pdf

text

original

 
Aristóteles
1
Aristóteles foi umfilósofo grego, aluno dePlatãoe professor deAlexandre, o  Grande. Seus escritos abrangem diversos assuntos, como afísica, a metafísica, apoesia, oteatro, amúsica, alógica, aretórica, ogoverno, a ética, abiologiae azoologia.
2
 Juntamente com Platão eSócrates(professor de Platão), Aristóteles é vistocomo uma das figuras mais importantes, e um dos fundadores, dafilosofiaocidental.Seu ponto de vista sobre asciências físicasinfluenciou profundamente o cenário intelectualmedieval,e esteve presente até oRenascimento- embora eventualmente tenha vindo a ser substituído pelafísica newtoniana. Nas ciências biológicas, a precisão de algumas de suasobservações foi confirmada apenas noséculo XIX.
3
Suas obras contêm o primeiro estudo formal conhecido da lógica, que foiincorporado posteriormente àlógica formal. 
4
Na metafísica, oaristotelismoteve uma influência profunda no pensamentofilosófico eteológiconas tradições judaico-islâmicasdurante aIdade Média, e continua a influenciar ateologia cristã, especialmente aortodoxa oriental, e a tradiçãoescolásticadaIgreja Católica.
5
Seu estudo da ética, embora sempre tenha continuado a ser influente,conquistou um interesse renovado com o advento moderno daéticadavirtude.
6
 Todos os aspectos da filosofia de Aristóteles continuam a ser objeto de umativo estudo acadêmico nos dias de hoje. Embora tenha escrito diversostratados e diálogos num estilo elegante (Cícerodescreveu seu estilo literáriocomo "um rio de ouro"),
acredita-se que a maior parte de sua obra tenhasido perdida, e apenas um terço de seus trabalhos tenham sobrevivido.
7
Apesar do alcance abrangente que as obras de Aristeles gozaramtradicionalmente, os acadêmicos modernos questionam a autenticidade deuma parte considerável do
corpus
aristotélico.
8
Foi chamado porAugusto Comtede "o príncipe eterno dos verdadeirosfilósofos",
por Platão de "O Leitor" (pela avidez com que lia e por se tercercado dos livros dospoetas, filósofos e homens daciênciacontemporâneos e anteriores) e, pelos pensadoresárabes, de o "preceptor da inteligênciahumana". Também era conhecido como
O Estagirita
, por sua terra natal,Estagira.
Vida
9
Aristóteles era natural de Estagira, na Trácia,[5] sendo filho de Nicômaco,amigo e médico pessoal do rei macedônio Amintas III, pai de Filipe II.[6] Comcerca de 16 ou 17 anos partiu para Atenas, maior centro intelectual eartístico da Grécia.10 Duas grandes instituições disputavam a preferência dos jovens: a escola deIsócrates, que visava preparar o aluno para a vida política, e Platão e suaAcademia, com preferência à ciência (episteme) como fundamento darealidade. Apesar do aviso de que, quem não conhecesse Geometria ali nãodeveria entrar, Aristeles decidiu-se pela academia platônica e nelapermaneceu vinte anos, até 347 a.C., ano que morreu Platão.11Aristóteles fundou um pequeno círculo filosófico com a ajuda de Hérmias,tirano local e eventual ouvinte de Platão12No ano de 343 a.C. chamado por Filipe II, tornou-se preceptor de Alexandre,função que exerceu até 336 a.C., quando Alexandre subiu ao trono.
 
13volta a Atenas, fundou o Lykeion, origem da palavra Liceu cujos alunosficaram conhecidos como peripatéticos (os que passeiam), nome decorrentedo hábito de Aristóteles de ensinar ao ar livre, muitas vezes sob as árvoresque cercavam o Liceu. Ao contrio da Academia de Platão, o Liceuprivilegiava as ciências naturais.14O trabalho cobria os campos do conhecimento clássico de então, filosofia,metafísica, lógica, ética, política, retórica, poesia, biologia, zoologia, medicinae estabeleceu as bases de tais disciplinas quanto a metodologia científica.15Aristóteles dirigiu a escola até 324 a.C., pouco depois da morte de Alexandre.Os sentimentos antimacedônicos dos atenienses voltaram-se contra ele que,sentindo-se ameaçado, deixou Atenas afirmando não permitir que a cidadecometesse um segundo crime contra a filosofia (alusão ao julgamento deSócrates)
O pensamento aristotélico
16A tradição representa um elemento vital para a compreensão da filosofiaaristotélica. Em certo sentido, Aristóteles via o próprio pensamento como oponto culminante do processo desencadeado por Tales de Mileto. A filosofiapretendia não apenas rever como também corrigir as falhas e imperfeiçõesdas filosofias anteriores. Ao mesmo tempo, trilhou novos caminhos parafundamentar as críticas, revisões e novas proposições.17Aluno de Platão, Aristóteles discorda de uma parte fundamental da filosofia.Platão concebia dois mundos existentes: aquele que é apreendido por nossossentidos, o mundo concreto -, em constante mutação; e outro mundo -abstrato -, o das ideias, acesvel somente pelo intelecto, imutável eindependente do tempo e do espaço material. Aristóteles, ao contrário,defende a existência de um único mundo: este em que vivemos. O que estáalém de nossa experiência sensível não pode ser nada para nós.
Lógica
18Para Aristóteles, a Lógica é um instrumento, uma introdução para as ciênciase para o conhecimento e baseia-se no silogismo, o raciocínio formalmenteestruturado que supõe certas premissas colocadas previamente para quehaja uma conclusão necessária. O silogismo é dedutivo, parte do universalpara o particular; a indução, ao contrário, parte do particular para o universal.Dessa forma, se forem verdadeiras as premissas, a conclusão, logicamente,também será.
Física
19
A concepção aristotélica deFísicaparte domovimento, elucidando-o nas análises dos conceitos de crescimento, alteração e mudança. A teoria do atoe potência, com implicaçõesmetafísicas, é o fundamento do sistema. Ato epotência relacionam-se com o movimento enquanto que a matéria se formacom a ausência de movimento. Para Aristóteles, os objetos caíam para selocalizarem corretamente de acordo com a natureza: oéter, acima de tudo;logo abaixo, ofogo; depois oar; depois aáguae, por último, aterra.
 
A Psicologia é a teoria daalma e baseia-se nos conceitos de alma e intelecto. A alma é a forma primordial de um corpo que possui vida em potência, sendoa essência do corpo. O intelecto, por sua vez, não se restringe a uma relaçãoespecífica com o corpo; sua atividade vai além dele.
21
Oorganismo, uma vez desenvolvido, recebe a forma que lhe possibilitaráperfeição maior, fazendo passar suas potências a ato. Essa forma é alma. Elafaz com que vegetem, cresçam e se reproduzam os animais e plantas etambém faz com que os animais sintam.
22
No homem, a alma, além de suas características vegetativas e sensitivas, há tamm a característica da intelincia, que é capaz de apreender asessências de modo independente da condição orgânica. Ele acreditava que amulher era um ser incompleto, um meio homem. Seria passiva, ao passo queo homem seria ativo.
Biologia
23A biologia é a ciência da vida e situa-se no âmbito da física, pois escentrada na relação entre ato e poncia. Aristeles foi o verdadeirofundador da zoologia. A ele se deve a primeira divisão do reino animal.24Aristóteles é o pai da teoria da abiogênese, que durou até séculos maisrecentes, segundo a qual um ser nascia de um germe da vida, sem que umoutro ser precisasse gerá-lo (exceto os humanos):25Ainda no campo da biologia, Aristóteles foi quem iniciou os estudos científicosdocumentados sobre peixes sendo o precursor da ictiologia (a ciência queestuda os peixes), catalogou mais de cem espécies de peixes marinhos edescreveu seu comportamento. É considerado como elemento histórico daevolução da piscicultura e da aquariofilia.[8]
Metafísica
26O termo "Metafísica" não é aristotélico; o que hoje chamamos de metafísicaera chamado por Aristóteles de filosofia primeira. Esta é a ciência que seocupa com realidades que estão além das realidades físicas que possuemfácil e imediata apreensão sensorial.27O conceito de metafísica em Aristóteles é extremamente complexo e não háuma definição única. O filósofo deu quatro definições para metafísica:
a ciência que indaga e reflete acerca dos princípios e primeirascausas;
a ciência que indaga o ente enquanto aquilo que o constitui,enquanto o ser do ente;
a ciência que investiga as substâncias;
a ciência que investiga a substância supra-sensível, ou seja, queexcede o que é percebido através da materialidade e da experiênciasensível.
Quatro causas.
28Para Aristóteles, existem quatro causas implicadas na existência de algo:
A causa material (aquilo do qual é feita alguma coisa, a argila, por exemplo);
A causa formal (a coisa em si, como um vaso de argila);
A causa eficiente (aquilo que dá origem ao processo em que a coisa surge,como as mãos de quem trabalha a argila);

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->