Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
05042012_edicao

05042012_edicao

Ratings: (0)|Views: 641|Likes:
Published by jornalarazao

More info:

Published by: jornalarazao on Apr 05, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/01/2013

pdf

text

original

 
www.arazao.com.brSanta Maria - RS, Quinta-feira, 5/ 04/ 2012Ano 77 155
PREFEITURA DE SANTA MARIA
Seis secretários saem hojepara concorrer em outubro
Pressionados pelo prazo es-tipulado pela lei eleitoral, ocu-pantes do primeiro escalão quepretendem concorrer nas elei-ções municipais de outubro de-verão entregar hoje seus car-gos ao prefeito Cezar Schir-mer (PMDB). Em entrevista àRádio Santamariense e ao Jor-nal A Razão, Schirmer confir-mou ontem reuniões com os par-tidos da base governista paradiscutir as substituições. OPSDB, que avalia o lançamentoda pré-candidatura do deputado
R$ 1,00
 o t   o e t  í   ci   a S  a t   ui  I   s ai   a /   s p e ci   al   /    a ã  o
estadual Jorge Pozzobom à Pre-feitura, deverá continuar noscargos que ocupa. Apesar deconfirmar as saídas dos auxilia-res, Schirmer não deverá anun-ciar os ocupantes definitivos dasvagas imediatamente. Os ad- juntos assumirão como interi-nos e alguns poderão até serefetivados.
Páginas 3 e 5
 Defesa é a preocupação
Riograndense
Página 13
UPA agoraé para valer
Saúde
Página 6
 Assalto com troca de tiros
Restinga Seca
Página 15
   F  o   t  o   R  a   f  a  e   l   D   i  a  s   /   A    R  a  z   ã  o
 Alegria na Turma do Ique
Páscoa antecipada
Crianças que fazem tratamento contra o câncer ganharam festa ontem pela manhã.
Contracapa
Páscoa antecipada
 Adriana Rodrigues,uma jovemengajada
Guria da Capa
Caderno Teen
   F  o   t  o   R  a   f  a  e   l   D   i  a  s   /   A   R  a  z   ã  o
 Inter/SM vence e já é 2º  colocado
Séria A2
Página 13
Vagner conquista medalha mundial 
Bolão
Caderno Teen
C MYK
 
A RAZÃO
Quinta-feira, 5 de abril de 2012
2
Opinião
E-mail:
redacao@arazao.com.br
Fundador:
LUIZINHO DE GRANDI
Diretora-Presidente:
MARIA ZAIRA DE GRANDI
PORTO ALEGRE
Rua Garibaldi, 659 - Conj. 102, FlorestaCEP: 90035-050 - Porto Alegre - RS
Fone/Fax:
(51) 3272.9595
diarios@grupodediarios.com.br
Telefone Geral:(55) 3220.2100Fundador:
Clarimundo Flores
Em atividade desde09 de outubro de 1934
Empresa JornalísticaDe Grandi Ltda
SEDE
Rua Serafim Valandro, 1284CEP: 97015-630 - Santa Maria - RS
Fone:
(55) 3220.2100
Fax:
(55) 3220.2110
Atendimentoao Cliente
Editor:
JOSÉ MAURO BATISTA
Subeditora:
CLOTILDE GAMA
Assinaturas:
3025.55553220.21223220.21233220.21253220.21363027.54453027.55003025.5855
Anúncios:
3220.2121
Classificados Fonados:
3217.5100
Redação:
3220.21003220.2113
Circulação e edição
A Razão Editora Ltda
Rua Paul Harris, nº 2CEP: 97015-480Fone: (055) 3025.5555
www.arazao.com.br
redacao@arazao.com.br comercial@arazao.com.br 
 Acupuntura precisa ser entendida
F
rente a decisão do Tribunal Fe-deral Regional- 1ª Região, querestringe a prática da acupuntu-ra ao Profissional Médico, presencia-mos uma enormidade de opiniões arespeito do tema sob os mais diferen-tes aspectos. O tema polêmico quelegalmente sugere colocar vários pro-fissionais especialistas na ilegalidadeestá longe de acabar, já transita hámais de uma década na justiça e aochamar a atenção da população pou-co enfoca sobre a Acupuntura de fatoe sim sobre questões legais e corpo-rativas a respeito da prática.A globalização que fez com que aeconomia, os países, suas políticas epessoas estivessem conectadas, pro-piciou uma interação cultural no glo-bo. Desse modo, a Acupuntura, práti-ca com mais de 5 mil anos se difundiuno mundo. Uma das grandes diferen-ças dessa abordagem milenar em rela-ção à Medicina e a cultura ocidental, éque os conceitos se mantiveram osmesmos desde o princípio. A abor-dagem e o entendimento sobre saú-de hoje, é a mesma de 5 mil anos atrás,muito diferente da Medicina ociden-tal a qual se renova e moderniza cons-tantemente; onde, diagnósticos e pro-cedimentos de saúde feitos há 5 anos,hoje podem estar totalmente ultra-passados.É sabida a história do desenvolvi-mento da Pulsologia – Avaliação doPulso que indica o estado energéticoda pessoa- na antiguidade. O limiteestabelecido pelos Imperadores paraque o Acupunturista não falasse etocasse nas mulheres, os forçou a de-senvolver uma avaliação geral apenascom a palpação do Pulso ao nível dopunho. Hoje, essa avaliação é feita porAcupunturistas Tradicionais que en-tendem que a maior colaboração queo Oriente possa trazer à medicina oci-dental não está na sua técnica- Acu-puntura, mas no seu saber.Dessa maneira, aos profissionaisespecialistas em acupuntura não mé-dicos resta esperar o embate jurídicodos conselhos a respeito da legalida-de. É uma espera ansiosa, nada passi-va, que encerra a dúvida sobre qualentendimento fazem os representan-tes das classes que travam tal disputa,e os juízes que julgarão o mérito? En-xergam a reserva de mercado do cená-rio nacional de saúde atual, onde aacupuntura está aprovada para ser dis-ponibilizada pelo SUS e dessa manei-ra, aumentará ainda mais sua procura,ou; entendem a acupuntura como umaprática milenar anterior a sistematiza-ção científica que embasa todas asprofissões de saúde ocidentais?É chegada a hora de todos busca-rem sabedoria em suas ações; a qual,na filosofia oriental é representadapela água que sempre se adapta eatinge seu objetivo. Espera nada pas-siva está em se aprofundar na culturae filosofia oriental para resolver defi-nitivamente essas questões de direi-to sobre a acupuntura. Ir ao movi-mento em busca da harmonia requermais que praticar acupuntura, implicaem ser acupunturista; e se preciso for,a exemplo da pulsologia, poderá serpreciso adaptar a técnica aos impera-dores, digo, às leis modernas.
aofranciscolim@gmail.comFisioterapeuta Especialistaem São Vicente do Sul
FranciscoLima
A
humanidade ao longo da suahistória tem diversos exem-plos de pessoas e grupos queconseguiram materializar a expres-são do amor, da solidariedade, dafraternidade e do ensinamento atra-vés de algumas organizações hu-manitárias, tais como, Cruz Verme-lha, Exercito da Salvação, numainiciativa altruísta da vida. Aqui emSanta Maria, temos o orgulho desediar há 15 anos o Rotary Club deSanta Maria Imembui, que é e oúnico Club, formado em 26 de mar-ço de 1997, exclusivamente por mu-lheres. Isso considerando todo oterritório nacional, segundo ouvino discurso da Presidente da enti-dade. O Rotary Club Santa MariaImembui era um um sonho de umgrupo de senhoras da sociedadesanta-mariense.Para quem não conhece, o Rota-ry Club é uma instituição internacio-nal, fundada nos EUA, em 1905, portrês profissionais, liderados peloadvogado Paul Harris, que tiveram
Os 15 anos do Rotary Imembuí 
a ideia de unirem-se, realizar reuni-ões semanais em rodízio, cada sema-na na sede do negócio de cada umdos associados, daí surgiu o nomeRotary. Nestas reuniões, sempre con-tando com interessados em se en-volver e convidados, ampliava-se ocampo de relacionamento pessoal,profissional, comunitário, visando aefetivação de ações, sendo sempreeste movimento de atuação em prolda comunidade, o que mais tarde es-palhou-se pelo mundo.Hoje, o Rotary Club Santa Ma-ria Imembui tem 30 sócias, das quaisquatro já foram presidentes: SirleiDalla Lana, Maria de Lourdes Gay,Vera Correa e, a atual presidente,Terezinha Antonello. Desde a fun-dação do nosso querido Rotary,nossa comunidade, especialmenteaquela parcela que congrega pes-soas com dificuldades de toda aordem, vem sendo atendida atra-vés de diversos projetos, que semultiplicam a cada dia que passa.Quero destacar com muito orgulhoo espírito de servir que norteia acada uma daquelas rotarianas, quesempre fazem questão de bradarbem alto o lema maior do RotarySanta Maria Imembui: “Dar de sisem pensar em si”.Finalizo, portanto este artigo pa-rabenizando esta eminente organi-zação que não apenas orgulha anós santa-marienses, mas servecomo força potencial no desenvol-vimento social e cultural de nossacomunidade. E é por isso que tenhoa convicção de que o amor ao próxi-mo e a colaboração de cada umadessas mulheres é fundamental paraque dificuldades sejam vencidas.Parabéns a cada uma dessas valo-rosas mulheres que impulsionam oseu dia-a-dia e cheias de dinamis-mo, numa comunhão de esforços,ainda que muitas vezes de maneiraanônima, vão realizando tarefas,transformando realidades com baseno ideal de servir. Portanto, é preci-so que a nossa sociedade saiba re-almente como funciona um clubede Rotary para que haja uma maiorcolaboração, pois com isso, numasoma de esforços, os graves pro-blemas sociais podem ser, pelo me-nos em parte, resolvidos ou minimi-zados, aliviando o sofrimentohumano e propiciando uma melhorqualidade de vida para muitas pes-soas. Até a semana que vem. FelizPáscoa a todos.
Faroeste Caboclo
A
lendária banda brasiliense (naverdade, mais brasileira quebrasiliense) Legião Urbana,sob a liderança poética incontestávelde Renato Russo, marcou época nocenário musical brasileiro do final dosanos 1980 e durante a década de 1990.Com sua aguçada sensibilidade musi-cal e social, Renato Russo e seuscompanheiros embalaram e continu-am a embalar gerações com seus gran-des sucessos.Um deles é a composição FaroesteCaboclo, com letra extensa que contaa saga de um retirante que vai para aCapital Federal em busca de sonhos.João de Santo Cristo, o personagemprincipal do “cordel”, é a metáforaperfeita do jovem que se perde nosubmundo das grandes cidades.Desde pequeno, narra a letra, Joãode Santo Cristo “não entendia como avida funcionava” principalmente de-vido à “discriminação por causa desua classe e sua cor”. Até que “ficoucansado de tentar achar resposta,comprou uma passagem e foi direto aSalvador”. De Salvador, ele “cam-biou” uma passagem com um boadei-ro” e se bandeou para Brasília, quepara ele “neste país lugar melhor nãohá”.E lá chegando, João se encantacom as luzes de Natal. No ano novo,resolve mudar de vida e começa atrabalhar. Conhece Maria Lúcia, umaencantadora menina e com ela “pro-mete se casar”. No subemprego, Joãoconhece as dificuldades de “rapaz tra-balhador” e os malandros da cidade,traficantes “bem-sucedidos” e se ren-de aos apelos do poder e do dinheiro.O traficante Pablo vira seu sócio, João“sobe” na vida, mas um tal de Jeremi-as, traficante de renome decide aca-bar com a concorrência. Trai a galera e“faz todo mundo dançar”. João deSanto Cristo desce ao inferno pelaprimeira vez.Cansado da experiência mal-suce-dida, resolve retornar à vida de traba-lhador do bem e decide reconquistarMaria Lúcia, a menina que balançouseu coração. Descobre que Maria Lú-cia se com Jeremias se casou e está aesperar um filho de seu maior desafe-to. João de Santo Cristo desce aoinferno pela segunda vez e decide searmar para desafiar Jeremias. Daí prafrente, a história termina em um con-fronto em que os dois terminam mor-tos.A metáfora cabe bem para se en-tender o “mundo de Brasília”, já queJoão de Santo Cristo acreditou nospolíticos e no governo, mas sua vidanão mudou. Há muitos “Joãos de San-to Cristo”, Pablos, Jeremias e Marias-Lúcia” por aí. Principalmente em Bra-sília, o coração do poder político bra-sileiro.As estatísticas de homicídios, es-tupros e tráfico de drogas no DistritoFederal aumentaram significativamen-te entre 2010 e 2011, conforme a Co-missão de Desenvolvimento Regio-nal e Turismo, que realizou audiênciapública para discutir o crescimentodesenfreado da criminalidade no en-torno de Brasília.Dados da Secretaria de SegurançaPública do Distrito Federal informamque houve aumento de 13,2% nos ho-micídios, que passaram de 638, em 2010,para 722, em 2011. Já os estupros cres-ceram 26,3% no período. O tráfico, porsua vez, cresceu 33,2% em um ano.Em algumas cidades do entornodo DF a incidência de assassinatoschega a 70 por 100 mil habitantes, mui-to superior à media nacional de 26homicídios por 100 mil habitantes. En-
JorgePozzobom
Deputado estadual, líder do PSDBAdvogado criminalistae professor universitário
Daniel Tonetto
Vasc
tre as causas está o crescimento debolsões de miséria, formados princi-palmente por jovens filhos de famíli-as que foram para o Planalto Centralem busca dos sonhos. Os mesmossonhos de João de Santo Cristo. Gen-te seduzida pelas luzes de Natal. Emais que isso, gente seduzida pelaspromessas de políticos desonestos,que infelizmente infestam a Capitaldo Brasil e até ofuscam o trabalho depolíticos honestos.Que exemplo Brasília pode dar aum João de Santo Cristo? Na terra depolíticos Jeremias, não há Santo Cris-to que sobreviva sem se corromper.Brasília precisa urgentemente recu-perar sua beleza, mesmo que genial-mente forjada na artificialidade dostraços de Lúcio Costa e Oscar Nie-mayer. Brasília precisa se reencontrarconsigo mesma e com o Brasil dosbrasileiros honestos para por um fimnas histórias de faroeste caboclo.
 
Política
A RAZÃO
Quinta-feira, 5 de abril de 2012
3
Secretários deixam o governo hoje
Paratentar umavaganaCâmara, secretáriosprecisam seafastar desuasfunçõesseismesesantesdaseleições
Maurício AraujoSabrinaKluwe
QUEM SAI
-Marcelo Bisogno-PDT-Secretaria de Controle e Mo-bilidade Urbana-Sai no momento para dispo-nibilizar seu nome ao partido.Tentará uma vaga na CâmaraMunicipal de Vereadores. No en-tanto, a executiva estadual doPDT quer que Bisogno seja lan-çado como vice-prefeito nas elei-ções municipais.- Esteve durante um ano etrês meses à frente da Secretá-ria. Destacou-se por melhorar amobilidade da cidade e desafo-gar pontos de congestionamen-to, como nas avenidas Presiden-te Vargas e Medianeira.
O
cenário político de SantaMaria já está contagiadopelas eleições de outubro.Os partidos já se organizam e aindaque de forma modesta, trabalhamos nomes de seus candidatos aoscargos do Executivo e Legislativomunicipal. Quem é secretário deMunicípio ou ocupa alguma fun-ção no primeiro escalão da Prefei-tura e deseja concorrer nas elei-ções deste ano, tem até hoje parase desligar de seu cargo e colocaro nome a disposição do partido.De um total de 17 Secretarias, seisdevem trocar de comando.Na prefeitura de Santa Maria,hoje é um dia de grande movimen-tação. O prefeito Cezar Schirmer(PMDB) deve encerrar a série dereuniões com os partidos da basealiada para definir quem sai e quemé indicado para as secretarias e de-mais cargos do primeiro escalão. Jáé certo que algumas pastas devemmudar de comando. Nomes como odo secretário de Controle e Mobili-dade Urbana, Marcelo Bisogno(PDT); secretário de Esporte e La-zer, Erony Paniz Júnior (PP) e se-cretária de Assistência Social, Mar-ta Zanella (PMDB); são nomescertos para deixarem os cargos econcorrerem ao Legislativo santa-mariense. (Confira os quadros dequem deixa o governo na página 5)Em entrevista ao programa BomDia Cidade da Rádio Santamarien-se, o prefeito falou a respeito doPSDB, partido que pode lançar odeputado estadual Jorge Pozzobomcomo pré-candidato à Prefeito, con-correndo com o atual líder do Exe-cutivo. A legenda faz parte do go-verno Schirmer desde 2008 e apoioua candidatura vitoriosa de CezarSchirmer e José Haidar Farret (PP).Porém, com as últimas mudan-ças, tudo indica que Pozzobom ve-nha acirrar a disputa para Prefeitu-ra. No entanto, até este momento,nada preocupa o atual prefeito, afir-mando que deve manter o PSDBno governo. Hoje os tucanos ocu-pam a Secretaria de Proteção Am-biental, Secretaria adjunta de De-senvolvimento Rural e Secretariaadjunta de Esporte e Lazer, além dealguns Cargos em Comissão, tantona Prefeitura, como na Câmara deVereadores.
Reuniões -
O prefeito CezarSchirmer declarou que esteve reu-nido com partidos pertencentes àbase governista para tratar de al-gumas questões. Entre os assun-tos está a substituição de secretá-rios e a nominata de vereadores.Ontem, o último encontro seria como DEM.Quanto ao PSDB, partido queintegra a base do governo, Schir-mer diz já ter conversado com lide-ranças do partido e que se algumdos atuais secretários da sigla ti-ver intenção de concorrer ao cargode vereador o substituto será doPSDB, afirmando que o partidoserá tratado “da mesma forma quetemos feito com outros (partidospolíticos) até esse momento”, fa-lou o prefeito.De acordo com Schirmer, ele ain-da considera o PSDB parte do go-verno, “estamos juntos agora e oque vai acontecer no futuro eu nãosei, mas até esse momento não hánenhuma razão para substituirquem quer que seja do PSDB nogoverno”, finaliza.
(Continua na página 5)
Prefeito diz que PSDB ainda é base do governo e deve manter cargos

Activity (3)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->