Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword or section
Like this
13Activity

Table Of Contents

EQUIPE TÉCNICA
SUMÁRIO
1. APRESENTAÇÃO
2. BREVE HISTÓRICO DO MANEJO DE RESÍDUOS EM
3. A CIDADE DE CURITIBA
3.1. CARACTERIZAÇÃO DO MUNICÍPIO
4. DIAGNÓSTICO
4.1. GERAÇÃO DE RESÍDUOS
Tabela 02 – Quantitativo de resíduos
4.2. ORGANIZAÇÃO E RESPONSABILIDADE DOS SERVIÇOS
Tabela 03 – Organograma da Secretaria Municipal do Meio Ambiente
Tabela 04 – Organograma do Departamento de Limpeza Pública
Tabela 05 – Organograma do Departamento de Pesquisa e Monitoramento
Tabela 06 – Organograma do Consórcio Intermunicipal
4.3. COLETA E TRANSPORTE DE RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES
4.3.1. Coleta Convencional
4.3.1.1 Coleta Convencional Porta a Porta
1. Gráfico 1 –Demonstrativo da coleta seletiva
1. Figura 01 - Plano de Coleta Convencional porta a porta - FREQUÊNCIA
4.3.1.2 Coleta Convencional Indireta
Tabela 07 - Locais de Coleta Indireta
Tabela 08 - Locais de Coleta Órgãos Públicos
4.3.2. COLETA SELETIVA
4.3.2.1 Coleta Seletiva Porta a Porta – Programa Lixo Que Não É Lixo
2. Gráfico 2 – Coleta Seletiva Porta a Porta – Lixo que não é Lixo
2. Figura 02 - Plano de Coleta Seletiva porta a porta - FREQUÊNCIA
4.3.2.2 Coleta em Pontos de Troca – Programa Câmbio Verde
Tabela 09 – Relação Pontos de Troca - Câmbio Verde 2010
3. Figura 03 - Pontos de Câmbio Verde
3. Grafico 3 – Coleta em Pontos de Troca – Programa Câmbio Verde
4.3.2.3 Apoio às Organizações de Catadores
Tabela 10 - Número de Depósitos Particulares por Regional
4.3.3. COLETAS ESPECIAIS
4.3.3.1 Coleta Especial de Resíduos Tóxicos Domiciliares
4. Gráfico 4 – Composição dos Resíduos de Coleta Especial
4.3.3.2 Coleta de Resíduos Vegetais
4.3.3.3 Coleta de Resíduos da Construção Civil e Mobiliário Inservível
4.3.3.4 Coleta de Materiais Reaproveitáveis
4.3.3.5 Coleta De Cadáveres De Animais
4.4. SERVIÇOS DE LIMPEZA
4.4.2. VARRIÇÃO MECANIZADA
4.4.4. LIMPEZA DE FEIRAS-LIVRES
4.4.5. LIMPEZA DE RIOS
4.4.6. LIMPEZA MECANIZADA
SÓLIDOS
4.5.1. ATERRO SANITÁRIO DE CURITIBA
4.5.1.1 Histórico de Destinação no Aterro Sanitário de Curitiba
Tabela 11 – Quantidade de resíduos aterrados de acordo com os maciços
4.5.1.2 Aspectos Construtivos do Aterro Sanitário
4.5.1.3 Implantação Do Projeto de Wetlands
4.5.1.4 Aspectos operacionais do Aterro
5. Gráfico 5 – Demonstrativo dos Resíduos dispostos no Aterro Sanitário
4.5.1.5 Plano de Encerramento do Aterro Sanitário
geração de resíduos
4.5.3. ATERROS SANITÁRIOS PRIVADOS
4.5.4. UNIDADES DE VALORIZAÇÃO DE RECICLÁVEIS
4.5.4.1 Unidade de Valorização de Recicláveis
4.5.4.2 Unidades de Valorização de Recicláveis Credenciadas
4.5.4.3 Parques de Recepção de Recicláveis do Programa Ecocidadão
Tabela 13 – Relação dos Parques de Recepção de Recicláveis
4.5.5.1 Resíduos Vegetais
4.5.5.2 Resíduos da Construção Civil e Mobiliário Inservível
4.5.5.3 Resíduos Tóxicos Domiciliares
4.5.5.4 Cadáveres de Animais
4.6. PASSIVOS AMBIENTAIS
4.6.1. VALA SÉPTICA
4. Figura 04 – Localização da Vala Séptica
4.6.1.1 Implantação e Operação da Vala Séptica
4.6.1.2 Monitoramento e Saneamento da Vala Séptica
4.6.2. LAMENHA PEQUENA
5. Figura 05 – Localização da Lamenha Pequena
4.6.2.1 Operação e Manutenção da Lamenha Pequena
4.6.2.2 Monitoramento e Saneamento da Lamenha Pequena
4.6.3. ÁREA DE DISPOSIÇÃO DE RESÍDUOS DA CIC
4.6.3.1 Monitoramento e Saneamento da Área de Disposição de Resíduos da CIC
ESPECIAIS
Construção e Demolição - RCD
4.7.3.1 Plano Integrado de Gerenciamento
4.7.3.2 Programa de Gerenciamento
4.7.3.3 Projetos de Gerenciamento
Tabela 14: Apresentação de PGRCC à SMMA por tipo de solicitação
Tabela 15: Apresentação de Relatórios de Gerenciamento à SMMA
4.7.3.4 Transporte dos Resíduos de Construção e Demolição
4.7.3.5 Destinação dos Resíduos de Construção e Demolição
4.7.3.6 Incentivos à reciclagem
4.8. LOGÍSTICA REVERSA
4.9. EDUCAÇÃO AMBIENTAL
4.9.2. LIXO QUE NÃO É LIXO
4.10. ASPECTOS LEGAIS
4.10.1. ÂMBITO FEDERAL
4.10.1.1 Leis Federais
4.10.1.2 Decretos Federais
4.10.1.3 Resoluções CONAMA
4.10.2. ÂMBITO ESTADUAL
4.10.2.1 Leis Estaduais
4.10.3.2 Decretos Municipais
4.11. ASPECTOS FINANCEIROS
5.1. COLETA CONVENCIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES
5.2. COLETA SELETIVA E VALORIZAÇÃO DE RECICLÁVEIS
5.3. COLETA DE RESÍDUOS VEGETAIS
5.4. COLETA ESPECIAL DE RESÍDUO TÓXICO DOMICILIAR
5.5. SERVIÇOS DE LIMPEZA
5.6. TRATAMENTO E DESTINAÇÃO FINAL DE RESÍDUOS
5.7. ÁREAS DE PASSIVOS AMBIENTAIS
5.8. CONTROLE AMBIENTAL
resíduos de serviços de saúde
5.8.3. LOGÍSTICA REVERSA
5.9. EDUCAÇÃO AMBIENTAL
6.1. INDICADORES DE DESEMPENHO OPERACIONAL E AMBIENTAL
6.2. CONTROLE SOCIAL
6.2.1. CONCITIBA – Conselho da Cidade de Curitiba
6.2.2. Conselho Municipal de Meio Ambiente de Curitiba
6.2.3. Conselho Municipal de Saúde
6.2.4. Conselho Municipal da Assistência Social
6.2.5. Proposta
7. AÇÕES DE EMERGÊNCIA E CONTINGÊNCIA
Tabela 17 - Procedimentos para Ações de Emergência e Contingência
8. REFERÊNCIAS
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
gestão de resíduos sólidos

gestão de resíduos sólidos

Ratings: (0)|Views: 905 |Likes:
Published by Audrey Bittencourt

More info:

Published by: Audrey Bittencourt on Apr 05, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/19/2013

pdf

text

original

You're Reading a Free Preview
Pages 4 to 11 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 15 to 69 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 73 to 88 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 92 to 121 are not shown in this preview.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->