Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
14Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
RESUMO DE DIREITO CONSTITUCIONAL - Poder Constituinte e Controle de Constitucionalidade

RESUMO DE DIREITO CONSTITUCIONAL - Poder Constituinte e Controle de Constitucionalidade

Ratings:

5.0

(2)
|Views: 3,453 |Likes:

More info:

Categories:Business/Law
Published by: Edgard Rodrigues Rocha Junior on Apr 06, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/09/2013

pdf

text

original

 
PROVA DE DIREITO CONSTITUCIONAL
 –
PODER CONSTITUINTE ECONTROLE DE CONSTITUCIONALIDADEPODER CONSTITUINTE
Conceito: manifestação soberana da suprema vontade política de um povo, social e juridicamente organizado.Finalidade: impor uma limitação ao poder estatal e preservar os direitos e garantiasindividuais.
PODER CONSTITUINTE ORIGINÁRIO
Estabelece a Constituição de um novo Estado, organizando-o e criando os poderesdestinados a reger os interesses de uma comunidade. Tanto haverá PoderConstituinte Originário no surgimento de uma primeira Constituição, quanto naelaboração de qualquer Constituição posterior.
TITULARIDADE
“A questão do titular do poder constituinte originário é indissociável, na prática, da
questão do titular da soberania. Soberano é o poder que cria o direito; soberano é o 
 poder que "constitui a constituição"; soberano é titular do poder constituinte.” (J. J.
Gomes Canotilho).
Conceito Antigo (Emmanuel Sieyés): para Sieyés, a
NAÇÃO 
detém a titularidade dopoder constituinte, pois o Poder liga-se à ideia de soberania do Estado.
 
“ 
A nação existe antes de tudo, ela é a origem de tudo. Sua vontade, sempre legal, é a própria lei. Antes dela e acima dela só existe o direito natural. Se quisermos ter uma idéia exata da série das leis positivas que só podem emanar de sua vontade, vemos, em primeira linha, as leis constitucionais que se dividem em duas partes: umas regulam a organização e as funções do corpo legislativo; as outras determinam a organização e as funções dos diferentes corpos ativos. Essas leis são chamadas de fundamentais, não no sentido de que possam tornar-se independentes da vontade nacional, mas porque os corpos que existem e agem por elas não podem tocá-la.
” 
 
Conceito Moderno: a titularidade do poder constituinte pertence ao
POVO 
; a vontadeconstituinte é a vontade do povo, expressa por meio de seus representantes.
 
FORMAS DE EXPRESSÃO
Inexiste forma prefixada pela qual se manifesta o poder constituinte originário, umavez que apresenta as características de incondicionado e ilimitado.Pela análise histórica, há possibilidade de apontar duas básicas formas deexpressão do poder constituinte originário:
Assembleia Nacional Constituinte 
ou
Convenção Nacional Constituinte,
e
Movimento Revolucionário (outorga)
OUTORGA: é o estabelecimento da Constituição por declaração unilateral doagente revolucionário, que autolimita seu poder.
 
ASSEMBLEIA / CONVENÇÃO: nasce da deliberação da representaçãopopular, devidamente convocada pelo agente revolucionário, para estabelecero texto organizatório e limitativo de Poder.
 
FORMAS DE MANIFESTAÇÃO
1. EXERCÍCIO DIRETO: um grupo de pessoas assume o poder, elaboraum projeto de Constituição e submete-o à votação do Titular(Referendo Constitucional)2. EXERCÍCIO INDIRETO: elege-se uma Assembléia Constituinte queelabora a Constituição e promulga a mesma.3. EXERCÍCIO MISTO: elege-se uma Assembleia Constituinte queelabora um projeto de Constituição e depois submete-o à votaçãopopular.4. EXERCÍCIO PACTUADO: detentores de poderes em conflito fazem umpacto para fazer uma Constituição.
AGENTE
- As Assembleias Constituintes, bem como as Convenções Constituintes, nãotitularizam o poder constituinte. São apenas órgãos aos quais se atribui, pordelegação popular, o exercício dessa magna prerrogativa.- O povo pode ser reconhecido como titular do Poder Constituinte, mas não é jamaisquem o exerce. É um titular passivo, ao qual se imputa uma vontade constituídasempre manifestada por uma elite.
 
 - O povo é o
titular.
A Assembleia ou Convenção que, em nome do povo, cria oEstado, editando a nova Constituição, é o
exercente.
 
NATUREZA
PODER
DE FACTO 
(positivista):
Os movimentos revolucionários e os golpes de estado não se realizam deacordo com os princípios jurídicos ou regras constitucionais. O poderconstituinte cairá nas mãos do mais forte e não será outra coisa senão umamanifestação de força. A revolução concebe-se como um "facto patológico",como um fenômeno "fora do direito", sendo lógico que todos os factospreparatórios de uma constituinte, as imediatas manifestações do poderconstituinte originário se situam no terreno do pré-jurídico. O direito nasceriaem sincronia com a própria constituição.
O poder constituinte será legítimo a partir de determinadas ideias políticas,mas não a partir do prisma da legalidade. E a legitimidade de um actoconstituinte não é uma qualidade jurídica; é uma
qualidade ideológica 
asua concordância com determinadas ideias políticas.
 
PODER DE DIREITO (jusnaturalista):
Num sentido diverso se orientam os autores que não aceitam que umarevolução seja, por definição, um simples facto antijurídico. A revolução seráum facto antijurídico, ou melhor,
antilegal,
em relação ao direito positivocriado pela ordem constitucional derrubada, mas isso não impede a suaclassificação como movimento ordenado e regulado pelo próprio direito.
Ao estabelecerem uma ordem jurídica nova, as revoluções não se propõemtransformar situações de facto em situações de direito; visam, sim, substituiruma ideia de direito por outra ideia de direito
aquela que informa ou inspiraas forças revolucionárias.
CARACTERÍSTICAS
O Poder Constituinte Originário é:1.
INICIAL: 
pois sua obra - a Constituição
 –
é a base; o fundamento daordem jurídica.

Activity (14)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Mariana Sampaio liked this
Freitas77 liked this
Thiago Tenório liked this
jocabale liked this
Iris Penafort liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->