Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
(Estratégias Para Reforçar E Expandir O Uso Da Contracepção De Emergência Entre Aolescentes E Jovens)

(Estratégias Para Reforçar E Expandir O Uso Da Contracepção De Emergência Entre Aolescentes E Jovens)

Ratings: (0)|Views: 10|Likes:
Published by ecos_sexualidade
Contracepção de Emergência (CE) - é um recurso que pode ser usado pelas mulheres
para evitar uma gravidez não planejada depois de uma relação sexual desprotegida, em
que houve falha potencial de um método anticoncepcional (por exemplo, quando a
camisinha se rompe durante a relação, quando se esquece de tomar a pílula por dois ou
mais dias) ou em caso de estupro.
Contracepção de Emergência (CE) - é um recurso que pode ser usado pelas mulheres
para evitar uma gravidez não planejada depois de uma relação sexual desprotegida, em
que houve falha potencial de um método anticoncepcional (por exemplo, quando a
camisinha se rompe durante a relação, quando se esquece de tomar a pílula por dois ou
mais dias) ou em caso de estupro.

More info:

Categories:Types, Research
Published by: ecos_sexualidade on Apr 14, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/02/2013

pdf

text

original

 
 
Estratégias Para Reforçar E Expandir O Uso Da Contracepção DeEmergência Entre Adolescentes E Jovens
O projeto foi gerado em uma reunião em Brasília, em 2005, envolvendo representantesda BEMFAM, da ECOS e do GTPOS. Nessa reunião ficou definido que a BEMFAMapoiaria em São Paulo o projeto de advocacy em contracepção de emergência.
Coube à ECOS duas atribuições:
• Criar e divulgar o documento Marco Referencial para a Promoção e Defesa dosDireitos de Adolescente e Jovens à Contracepção de Emergência.• Realizar um seminário para discutir e referendar o documento.Contracepção de Emergência (CE) - é um recurso que pode ser usado pelas mulherespara evitar uma gravidez não planejada depois de uma relação sexual desprotegida, emque houve falha potencial de um método anticoncepcional (por exemplo, quando acamisinha se rompe durante a relação, quando se esquece de tomar a pílula por dois oumais dias) ou em caso de estupro.A Contracepção de Emergência tem como base o uso de pílulas com alta dose dehormônios, que devem ser ingeridas até 5 dias após a relação sexual com risco degravidez. No entanto, quanto mais cedo forem tomadas, maior é a chance de evitargravidez.• As pílulas de Contracepção de Emergência não funcionam se a mulher já estivergrávida.• A contracepção de emergência não é considerada um método abortivo.• Trata-se ainda de um procedimento aprovado pelo Ministério da Saúde.
 
 
Vantagens e desvantagens do uso da Contracepção de Emergência
 VANTAGENS• É o único método contraceptivoque pode ser utilizado pela mulherapós a relação sexual.• Se não funcionar, não causaefeitos colaterais no feto.• Não é abortiva.• É uma opção contraceptivacomplementar para evitar umagravidez não desejada.DESVANTAGENS• Os comprimidos possuem altaconcentração de hormônios e sódevem ser utilizados em casos deemergência.• Em mulheres que amamentam,pode diminuir a quantidade de leitematerno.• Os comprimidos podem causarefeitos colaterais leves como:náuseas, vômitos, tontura,desconforto nas mamas e dor decabeça.• A menstruação pode adiantar ouatrasar alguns dias.• O uso repetitivo da CE em ummesmo ciclo menstrual é menoseficaz do que os outros métodos.• Medicamentos, comobarbitúricos e alguns antibióticos,podem reduzir a eficácia dométodo.• Não previne contra as DST/Aids.Fonte: www.redece.org, visitado em 10/10/20061. A importância do Marco Referencial para a Promoção e Defesa dos Direitos deAdolescente e Jovens à Contracepção de Emergência.O documento foi criado com uma premissa básica: adolescentes e jovens, assim comomulheres e homens adultos, têm direito à contracepção de emergência e devem teracesso à informação e a este insumo nos serviços de saúde. Os tópicos do MarcoReferencial apresentam as seguintes informações:• Histórico das ações empreendidas pela sociedade civil para divulgar e disseminar ouso contracepção de emergência (CE);• Panorama atual da legislação brasileira sobre a CE;• Recomendações para a elaboração de um plano de ação para garantir à populaçãoacesso à informação e ao medicamento nos serviços públicos de saúde.O Marco Referencial tem por objetivo contribuir para a promoção e a defesa do direito àinformação e ao acesso dos adolescentes e jovens à CE, chamar a atenção para anecessidade de divulgar sistematicamente este recurso e garantir sua distribuiçãoadequada e ágil, principalmente por serviços públicos de saúde, em todo o territórionacional.
 
2. Realização do seminário Direitos Sexuais e Reprodutivos e Contracepção deEmergência para Adolescentes e JovensO seminário foi realizado em 31 de agosto/2006, em São Paulo, nas dependências doInstituto de Saúde da Secretaria de Saúde de São Paulo. Contou com a participação de jovens feministas, de grupos de jovens (entre eles, o Juventude Força e Ação do Icaraí),de profissionais da saúde e da educação (destaque para a drª. Wilza Vilela, AntonioCarlos Egypto, Ana Adeve, Juny Kraiczyk e Beth Gonçalves).
O encontro teve como objetivo:
• Analisar o documento Marco Referencial para a Promoção e Defesa dos Direitos deAdolescente e Jovens à Contracepção de Emergência.• Discutir e recomendar ações de advocacy para garantir o direito à informação e aoacesso ao medicamento de contracepção de emergência.
Na parte da manhã houve exposição e debate dos temas:
• Marco Referencial como Estratégia de Advocacy.• Panorama da Situação da Política de Distribuição da Contracepção de Emergência noBrasil.• Contracepção de Emergência e Orientação Sexual.Na parte da tarde as/os participantes foram divididos em grupos para discutir odocumento e ações de advocacy em prol da contracepção de emergência.
Algumas informações e posicionamentos referendados pelos/as participantes doseminário:
• A Contracepção de Emergência começa a fazer parte do universo de opçõescontraceptivas de jovens.• Seu uso ocorre predominantemente através da aquisição em farmácias e drogarias,beneficiando um público de maior poder aquisitivo.• A disponibilização da CE ainda precisa ser ampliada na rede pública de saúde, paragarantir o acesso da população que dela necessita.• É necessário orientar o público e os profissionais da rede pública sobre a contracepçãode emergência.3. Treinamento de MídiaEm janeiro e abril de 2007 os jovens do Grupo Juventude Força e Ação do Icaraí participaram do Primeiro Treinamento de Mídia e Contracepção de Emergência e doSegundo Treinamento de Mídia e Contracepção de Emergência, ambos promovidos pelaBEMFAM e realizados pelo Instituto Patrícia Galvão.No primeiro encontro foram discutidos os desafios a serem enfrentados para utilizar amídia na divulgação da contracepção de emergência, o funcionamento da uma redaçãode um grande jornal; etc. Os /as participantes também treinaram/simularam falar emprol da contracepção de emergência em uma rádio e em um canal de televisão.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->