Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
8Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Plano Pmnni

Plano Pmnni

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 4,396|Likes:
Published by Kranner
Plano de manejo do Parque Municipal de Nova Iguaçu
Plano de manejo do Parque Municipal de Nova Iguaçu

More info:

Categories:Types, Brochures
Published by: Kranner on Dec 14, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/04/2013

pdf

text

original

 
©
SEMUAM
-
Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente da Cidade de Nova Iguaçu, RJ, 2001
ENTIDADES CONVENIADAS PARA PUBLICAÇÃO DO PLANO
Prefeitura da Cidade de Nova Iguaçu - PCNIFundo Nacional do Meio Ambiente - FNMA
Este Plano de Manejo foi elaborado nos anos de 1998-1999, aprovado no ano de 2000. Sua execução deu-se por umConvênio entre a Prefeitura da Cidade de Nova Iguaçu, o Fundo Estadual de Meio Ambiente e o Instituto Estadual deFlorestas. A presente publicação é fruto de Convênio desta prefeitura com o Fundo Nacional do Meio Ambiente.
ENTIDADES CONVENIADAS PARA EXECUÇÃO DO PLANO
Prefeitura da Cidade de Nova Iguaçu - PCNIFundo Estadual de Conservação Ambiental - FECAM (1998-2000)Instituto Estadual de Florestas - IEF
ELABORAÇÃO DO PLANO HABITEC
Ângela Pantoja Maria Pimentel ·
supervisão técnica
Carlos Bernardo Tavares Bontempo ·
fauna
Carlos Roberto S. Fontenelle Bezerril ·
ictiofauna
Débora Rodrigues Barbosa ·
ambiente físico 
Guaraci Sathler ·
coordenação geral 
Juliana M. da Costa Lenz César ·
controle de qualidade 
Karen Lopes Dinucci ·
fauna
Lucy Clara Lima Sathler ·
gerência administrativa
Luiz Carlos Sérvulo de Aquino ·
supervisão técnica
Márcio Werner Lima Sathler ·
socioeconomia
Marco Aurélio Santiago Dias ·
projetista CAD 
Maria Amélia da Rocha ·
 
geoprocessamento 
Maria Elizabete Teixeira dos Santos ·
socioeconomia
Paulo Bidegain da S. Primo ·
aspectos institucionais 
Paulo Roberto Canto Farág ·
 
flora
Ricardo Lima Tavares ·
planejamento ambiental 
Silvia Barbosa ·
editoração 
REPRESENTAÇÃO DO GOVERNO MUNICIPAL
PREFEITO MUNICIPAL
Nelson Roberto Bornier de Oliveira
VICE PREFEITO
Mario Pereira Marques Filho
SECRETÁRIO DE URBANISMO E MEIO AMBIENTE
Vicente de Paula Loureiro
SUPERINTENDENTE DE MEIO AMBIENTE
Frederico Zalán
SUPERVISOR DE PLANEJAMENTO AMBIENTAL
Marco Aurélio Berao Silva
SUPERVISÃO TÉCNICA
Marco Aurélio Berao Silva ·
coordenador 
Miriam Magalhães de Freitas ·
socióloga
Beatriz Machado de Carvalho Penna ·
versão resumida
Alziro Xavier ·
 
fotos 
CECIP ·
produção editorial 
Claudius Ceccon ·
direção de arte 
Dinah Frotté ·
supervisão editorial 
Cristiana Lacerda ·
arte e editoração 
Shape ·
fotolito digital 
Gráfica Onida ·
impressão 
 ○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○  ○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○○ 
REPRESENTAÇÃO DO GOVERNO MUNICIPAL
PREFEITO MUNICIPAL
Nelson Roberto Bornier de Oliveira
VICE PREFEITO
Eduardo Henrique Folgado Gonçalves
SECRETÁRIO DE URBANISMO E MEIO AMBIENTE
Vicente de Paula Loureiro
SUPERINTENDENTE DE MEIO AMBIENTE
Gertrudes Nogueira
SUPERVISÃO TÉCNICA
Marco Aurélio Berao Silva ·
coordenador 
Giovanni Guidone ·
engenheiro 
Gustavo Amâncio ·
geógrafo 
Miriam Magalhães de Freitas ·
socióloga
Ney Alberto ·
historiador 
Ricardo de Oliveira Pinheiro ·
agrônomo 
 
O Parque Municipal de Nova Iguaçu, graças ao empenho da Prefeitura e a inestimável cooperação deorganismos ambientais de esferas superiores de governo, tem conquistado, em tão pouco tempo devida institucional, o que muitas Unidades de Conservação ainda sonham obter. O Plano de Manejo, orapublicado com recursos provenientes de convênio com o Fundo Nacional de Meio Ambiente, éexemplo sintético, e desejamos duradouro, desta profícua forma de cooperação institucional.Tudo começou quando a Prefeitura, ao receber do Governo do Estado a incumbência de gerir a áreaonde se localiza o Parque, através do Decreto Municipal nº 6.001 de 5 de junho de 1998 do PrefeitoNelson Bornier, criou o Parque Municipal de Nova Iguaçu. Os desafios de preservar e valorizar umpatrimônio natural daquela magnitude afloraram quase instantaneamente. Afinal passava, com avigência do Decreto, a existir um ente responsável, para o qual a partir daquele momento, dirigiam-seexpectativas e cobranças de quem desejava ver aquele bem, tratado com respeito e distinçãomerecidos.Com o agravante de estar praticamente dentro do território urbano de Nova Iguaçu e também agora deMesquita, a Gleba, como é popularmente conhecida, exigia naquele instante, um conjunto de medidase ações administrativas inadiáveis, para que pudesse se tornar de fato um Parque, se possível no maiscurto espaço de tempo. Digamos que só alguns desafios poderiam, naquela altura, ser agrupados eenfrentados de forma adequada e conveniente. Assim, elegemos três grandes grupos de problemas,que no entender de Administração Municipal, poderiam ser resolvidas no curto prazo.A institucionalização efetiva do Parque, a solução das questões fundiárias e investimentos emrecuperação ambiental e implantação de melhorias foram então as ações escolhidas como prioritárias.No aspecto institucional nos parece que, além da cessão da área, da criação oficial do Parque e suacorreta delimitação, seria de fundamental importância elaborar um Plano de Manejo que permitisse aAdministração Municipal programar ações e investimentos futuros, numa perspectiva estratégica tendo em vista a efetiva implantação do Parque e sua sustentabilidade econômica e ambiental.Deste modo então, com a ajuda do Fundo Estadual de Conservação Ambiental (FECAM), a Prefeitura daCidade de Nova Iguaçu contratou a elaboração do Plano de Manejo ora apresentado, de ondepoderemos destacar duas decisivas contribuições: uma extraída de um profundo e detalhadodiagnóstico socioeconômico e ambiental da Unidade de Conservação e outra, resultante de umcuidadoso zoneamento ambiental e da formulação de um conjunto de programas de manejocompatíveis com a capacidade suporte do Parque.Temos agora, em mãos, orientações e diretrizes emergentes do Plano de Manejo que poderão regular oUso Público dentro dos limites da Unidade tais como: o manejo dos seus recursos naturais; oaprofundamento do conhecimento técnico e científico sobre aquele ecossistema; as relações deunidades com o seu entorno e finalmente as condições para gestão participativa e compartilhada damesma. Deste conjunto, ficarão certamente mais visíveis aquelas diretrizes destinadas a regular edelimitar o Uso Público da parte tangível da Unidade. Algumas delas inclusive, já implantadas e outrasem implantação. Todas, assim como as demais diretrizes do Plano de Manejo, destinadas a colocar oParque nos corações e nas mentes do povo da Baixada.
VICENTE DE PAULA LOUREIROVICENTE DE PAULA LOUREIROVICENTE DE PAULA LOUREIROVICENTE DE PAULA LOUREIROVICENTE DE PAULA LOUREIRO
Secretário Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente
 Apresentação

Activity (8)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Rafaela Vidal liked this
José Carlos Jr. liked this
Anavirginiamelo liked this
Bruno Torres liked this
Letícia Caxias liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->