Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
12Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
A prática, a história e a construção do conhecimento

A prática, a história e a construção do conhecimento

Ratings: (0)|Views: 990 |Likes:
Published by Pedotriba
ANDERY, Maria Amália Pie Abid; SÉRIO, Tereza Maria de Azevedo Pires. A prática, a história e a construção do conhecimento: Karl Marx (1818-1883). In: ANDERY, Maria Amália Pie Abid et al (Org.) Para compreender a ciência: uma perspectiva histórica. 14. ed. Rio de Janeiro: Garamond; São Paulo: EDUC, 2004. p. 395-420.
ANDERY, Maria Amália Pie Abid; SÉRIO, Tereza Maria de Azevedo Pires. A prática, a história e a construção do conhecimento: Karl Marx (1818-1883). In: ANDERY, Maria Amália Pie Abid et al (Org.) Para compreender a ciência: uma perspectiva histórica. 14. ed. Rio de Janeiro: Garamond; São Paulo: EDUC, 2004. p. 395-420.

More info:

Published by: Pedotriba on Apr 16, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/15/2013

pdf

text

original

 
© Autoras, 1988, 2004Catalogação na FonteSindicato Nacional dos Editores de LivrosPara compreender a ciência: uma perspectiva histórica / Maria Amália Pie Abib Andery...et al. - Rio de Janeiro: Garamond; São Paulo: EDUC, 2004.436 p.; 21 cm.Bibliografia.ISBN: 85-86435-98-81. Ciência - Metodologia. 2. Ciência - Filosofia. 3. Ciência - História. I. Andery, MariaAmália.CDD 500.18501
___________________________
509
Produção Editorial Impressão
Eveline Bouteiller Kavakama ParkGraf Editora LtdaMaria Eliza Mazzilli Pereira
 Revisão
 Sonia MontoneBerenice Haddad Aguerre
Editoração Eletrônica
Elaine Cristine Fernandes da SilvaMaurício Fernandes da Silva
Capa
Garamond
Sobre os quadros, da esquerda para a direita: “Retrato de Nicolau Kratzer” (1528),de Hans Holbein; “O astrônomo” (1668), deVermeer de Delft; “Retrato de Erasmo deRoterdam” (1526), de Hans Holbein; “Ogeógrafo” (1669), de Vermeer de Delft
EDUC - Editora da PUC-SP
Rua Ministro Godói, 1213, Perdizes05015-001 - São Paulo - SPFonefax: (11) 3873-3359E-mail:educ@pucsp.br
Editora Garamond Ltda
Rua Santa Cristina, 1820241-250 - Rio de Janeiro - RJFonefax: (21) 2224-9088E-mail:garamond@garamond.com.br
 
MarxO século XIX foi um século de grande desenvolvimento do capitalismoe de mudanças radicais no mundo. Esse período poderia se dividido em doisgrandes momentos.O primeiro deles - até 1848 - caracterizou-se pela expansão do capitalismo nos países industrializados, pelo seu impulso inicial nos países nãodesenvolvidos e pela sua primeira grande crise nos países desenvolvidos(1830-1840). Nesse período, assistiu-se à expansão e ao crescimento das forças produtivas, da economia, e, portanto, da riqueza; associados ao imensoavanço da ciência. De par com o crescimento econômico e com o crescimentoda riqueza, cresceu, também, a classe trabalhadora: cresceu em número, cresceu em pobreza e cresceu em consciência política (como o atesta o surgimentode propostas de cunho socialista).O crescimento sem limites e obstáculos do capitalismo era visto, porseus defensores, como o único caminho de solução para suas crises e paraa pobreza. Simultaneamente surgiam propostas que defendiam que a crisee a pobreza eram inerentes ao sistema capitalista e que apenas por meio deuma reordenação econômica e política seria possível superá-las. E tambémcaracterístico desse momento a consciência de cada um dos principais grupossociais (trabalhadores e burguesia) de que suas propostas eram incompatíveisentre si, mas que cada uma delas exigia mudanças urgentes: mudanças qu°são buscadas em 1848, por exemplo, quando explode um período revolucionário por quase toda a Europa. Nesse momento, os trabalhadores lutavampor transformações de cunho socialista, enquanto a burguesia e as classes médiasprocuravam uma solução menos radical. O momento revolucionário de 1848,do ponto de vista das propostas dos trabalhadores, foi um fracasso; do pontode vista do sistema capitalista permitiu mudanças, de cunho político e econômico, que traziam soluções a muitos dos problemas até então enfrentados.

Activity (12)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
aldairlucas liked this
Rafael Santos liked this
Caroline Ribeiro liked this
Samia Quadros liked this
Carlos da Silva liked this
Cleidiomar Rosa liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->