Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Limpeza-Descontaminação Artig.Médico-Hospitalares

Limpeza-Descontaminação Artig.Médico-Hospitalares

Ratings: (0)|Views: 162 |Likes:
Published by EnneMattos

More info:

Published by: EnneMattos on Apr 16, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/16/2012

pdf

text

original

 
1
BÁSICO de ESTERILIZAÇÃO, LIMPEZA e DESINFECÇÃOARTIGOS MÉDICO-HOSPITALARESATIVIDADE 2: APOSTILA VIRTUAL
www.tspv.com.br
 
OBJETIVOS DO MÓDULO
  Apesar de a maioria das infecções hospitalares, serem causadas pelos próprios microrganismosda microbiota do indivíduo, associados à queda dos mecanismos de defesa locais e sistêmicos, asinfecções de origem exógena merecem a atenção dos profissionais da área da saúde. A utilização de normas técnicas cientificamente estabelecidas e regulamentadas pela AgênciaNacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) deve servir de base para a elaboração de rotinas aserem recomendadas como critérios mínimos de controle de qualidade nos processos de limpeza,desinfecção e esterilização de artigos médico-hospitalares. A limpeza é o primeiro passo para o processamento de artigos, e está intimamente ligada àqualidade final do processo.Quanto mais limpo estiver o artigo, menores as chances de falhas na esterilização. Atenção:Todo artigo odonto-médico-hospitalar contaminado deve ser limpo precedendo ou não adesinfecção ou esterilização. Veja no Material de Apoio:- Processamento de Artigos Superfície
DESCONTAMINAÇÃO DE ARTIGOs
 Descontaminação e desinfecção não são sinônimos. A descontaminação tem por finalidade reduzir o número de microorganismos presentes nosartigos sujos, de forma a torná-los seguros para manuseá-los, isto é, ofereçam menor riscoocupacional.O uso de agentes químicos desinfetantes como glutaraldeído, formaldeído, hipoclorito de sódio eoutros no processo de descontaminação, prática largamente utilizada, não tem fundamentação.O agente químico é impedido de penetrar nos microorganismos, pois há tendência das soluçõesquímicas ligarem-se com as moléculas de proteínas presentes na matéria orgânica, não ficandolivres para ligarem-se aos microorganismos nas proporções necessárias dando uma “falsasegurança” no manuseio do material como descontaminado. Além disso, o uso desses agentes na prática da descontaminação causa uma aderência deprecipitado de matéria orgânica no artigo, prejudicando sobremaneira a posterior limpeza.
 
2
 A descontaminação de artigos poderá ser feita por qualquer uma das seguintes alternativas:- Fricção Auxiliada por esponja, pano, escova, embebidos com produto para esta finalidade, ou:- Imersão Completa do artigo em solução desinfetante acompanhada ou não de fricção comescova/esponja, ou:- Pressão de Jatos D’Àgua com temperatura entre 60 e 90 graus centígrados, durante 15 minutos( maquinas lavadoras sanitizadoras, esterilizadoras de alta pressão, termodesinfetadoras esimilares), ou:- Imersão do Artigo na água em ebulição por 30 minutos, ou:- Autoclavagem previa do artigo ainda contaminado, sem o ciclo de secagem. A escolha da alternativa deve ser baseada nas possibilidades do estabelecimento, obedecendo ànatureza do artigo em processamento.
LIMPEZA
 A limpeza é essencial antes da desinfecção e esterilização.Limpe com água e sabão ou detergentes.O principal objetivo é a remoção de matéria orgânica do instrumental.Este processo deve ser iniciado o mais rápido possível.Logo que os instrumentos acabem de ser utilizados, os mesmos devem ser submetidos aprocesso de limpeza para remoção de resíduos orgânicos (sangue, pus, gorduras), substânciasquímicas (água oxigenada, álcool, éter, iodo, etc.) e outras secreções.Quanto mais tempo demorar para se iniciar este processo tanto mais dificuldade se terá pararemover os resíduos fixados aos instrumentos.Naqueles instrumentos com áreas críticas de limpeza e áreas de difícil acesso pode ocorrer àretenção de tecidos orgânicos e depósito de secreções ou soluções químicas e desinfetantes.Os Instrumentos novos que nunca foram utilizados e instrumentos que estejam retornando demanutenção ou conserto devem ser primeiramente, lavados e inspecionados antes de seremlevados à esterilização.Limpeza é o processo de remoção de sujidade e detritos que mantém em estado de asseio osartigos, reduzindo a população microbiana.O procedimento de remoção constitui o núcleo de todas as ações referentes aos cuidados dehigiene com os artigos hospitalares. A limpeza deve preceder os procedimentos de desinfecção ou de esterilização, pois reduz a cargamicrobiana através remoção da sujidade e da matéria orgânica presentes nos materiais.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->