Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
11Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Resenha do Filme Crepúsculo: Natalia Vassilieva

Resenha do Filme Crepúsculo: Natalia Vassilieva

Ratings:

5.0

(2)
|Views: 19,661|Likes:
Published by Twilighters

More info:

Published by: Twilighters on Dec 23, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

11/07/2012

pdf

text

original

 
"Crepúsculo encanta, mas deixa buracos. Chris Weitz será capaz defechá-los?
Quando se é "incondicionalmente e irrevogavelmente apaixonada" pelasérie num contexto geral, você nunca sabe se algo chegou a te desapontarde verdade ou se isso chega a ser apenas stress físico do momento. Omomento tão aguardado que parecia que não chegava nunca, quando enfimchegou foi inacreditável. Ao final de tudo, eu fiquei tão encantada, é tudomuito magistral no filme, o roteiro ficou inacreditavelmente hilariante, masde modo superficial em certos sentidos, tudo tem certa beleza, e eu queromais, mais muito mais crepúsculo! Apesar de tudo...Pelo ponto de vista de um conhecedor da série, a adaptação nãocorrespondeu ao livro em diversos pontos que eu considerava serem deextrema importância, deixando um vazio não preenchido. Como porexemplo, um esclarecimento ao telespectador sobre o porquê do nome dofilme ser "Crepúsculo" quem não leu ao livro fica confuso com isso. Já queno livro Edward explica para Bella que o crepúsculo é a hora mais segura dodia para eles, a hora mais fácil. "Mas também a hora mais triste, de certaforma...o fim de outro dia, a volta da noite(...)" (Capitulo 11. Complicações,pg. 186). Billy Burke superou todas as minhas expectativas! Ele com todacerteza foi o mais perfeito Xerife Swan que eu poderia ter sido capaz deimaginar! A aparição inusitada de Billy Black e Jacob assusta um pouco,esse momento não era esperado tão cedo. Imaginei o Billy mais carrancudo,no filme ele é divertido. Mas não somente Billy sofreu alterações. Váriospersonagens foram altamente modificados, como Mike, Tyler, e JessicaStanley. Outros, não foram tão decepcionantes. A idéia foi genial de fazerum Eric Yorkie mais cômico e não com aparecia Clube-de-Xadrez. Angela étímida. Não se tem essa percepção no filme. Também não é compreensível aamizade tão "intensa" entre eles, sem parte dos diálogos existentes no livro.Principalmente Mike convidando Bella para o baile de formatura, não fezmuito "sentido" pra mim.Confesso que imaginei o quarto da Bella muito diferente, sem todas aquelascoisas aglomeradas, um cômodo simples no geral. E a escrivaninha com umcomputador, a principio, de "segunda mão" e não um notebook apple deultima geração. E as cortinas de renda amarelas na janela foramesquecidas, e que "falha" aquele telefone celular.Uma das características, mas importantes da personagem (Bella) se perdeu.Faltou ela corando. Não vi isso no filme. Bella parecia com medo o filmeinteiro, as falas tremidas ao dialogar com Edward, isso foi espantoso. Agrandes diferenças entre Bella Swan do livro e do filme. É claro que se tem aconvicção de que os diálogos entre Bella e os demais personagens sãodemasiadamente extensos no livro em certos momentos, mas foram muitasas características da personagem excluídas, é isso resultou numa Belladesigual. E no livro, Edward no refeitório faísca os dentes brilhantes em umsorriso breve e ameaçador pra Bella (capitulo 10 – interrogações pg. 173) nofilme inteiro, nada de dentes. (eu acredito que isso aconteceu devido àclassificação etária). O passeio a La Push foi algo curto, irracional, e porqueBella e Jacob não se conheceram em La Push, isso teria sido tão, masaceitável(?A cena de Port Angels e da clareira foram totalmente modificadas. Catherine
 
Hardwicke (talvez também os roteiristas) não estiveram realmente atentosao que ambos os espaços representavam na narrativa. O Edward nafloresta, um completo bruto ao dialogar com Bella. Um Edward Cullenimpetuoso e medonho, e o cavalheirismo, a forma de se comunicar, mortos.Isso não é digno do personagem, não faz jus a obra literária. Assim comoBella interrogar ele sobre a verdade, na floresta? Justo no lugar que é arepresentação do amor recíproco dos personagens? Foi uma falha grave, jáque essas eram cenas bastante aguardadas por todos nós.Eu não consegue entender afinal, como Edward e Bella se apaixonam tãodensamente no filme. Não tive uma compreensão exata. Porque vira algotão abruptamente forte em relação ao pouco contato deles. Faltou umaexplicação ao telespectador sobre o amor dos personagens, faltaramdiálogos. A cena do primeiro beijo é curiosa. Porque eles se beijam como seestivessem com desejo carnal, prestes a cometer um ato sexual. Não obtiveessa visão lendo o livro. Bella conhecendo os Cullen não foi completamenteimperfeito, mas faltou a cruz que pertenceu ao pai de Carlisle no corredor.Faltou Bella no gabinete de Carlisle, e observando o curioso quadro com Aro,Marcus e Caius. Considerava essa cena importante também, dá certaintrodução a história dos Volturi.Bella e Charlie sempre comendo em uma lanchonete. O que aconteceu comaquela Bella prestativa? Que prepara a comida de todos os dias? Que lavapratos a mão e não na maquina? Fora isso amei a aparição super imprevistada Stephenie Meyer, esse momento foi incrível!Depois dessas novas cenas e personagens modificados, gostei da idéia dediversão constante entre os amigos de Bella,fantástico isso! Carlisleentrando no quarto de hospital isso foi eletrizante, de tirar o fôlego mesmo!Edward e Bella no topo das árvores e aquela visãoimpressionante.Fotografia 10! O começo do filme com a introdução do predador e a presa,muito bem pensado. De Emmett (poucas falas do personagem, masrelevemos) e ao mesmo tempo dos demais personagens. O extra dos Cullencozinhando. A voz super sexy de Victoria na cena do basebol (UAL, essecena foi assim, muito: Oh meu Deus!)A cena de basebol e a do acidente foram uma das melhores do filme.Exatamente como se imagina. Foi algo terrivelmente fantástico e muito bemadaptado, a atuação dos atores, e a semelhanças com os personagens (aAshley Greene encarnou incrivelmente a Alice. Nem é preciso comentarsobre Jackson, ele foi absolutamente um Jasper Hale inacreditável!)Osminutos que antecedem a vinda dos Nômades. A cena do estúdio de Ballet,e a luta entre Edward e James foi algo incrivelmente pensado e intenso.Kristen foi extraordinária nessa cena em que Bella é mordida, a agonia etortura, foi muito bem interpretado. Alice e seu desejo pelo sangue deBella,apesar do momento ser aflitivo ninguém consegue conter o riso! Umaótima interpretação também. O flash back ao som de "let me sign",foicomovente.Robert deve ter ficado feliz! Suas duas músicas tocaram no filmee foram momentos memoráveis, mas todos esperavam mesmo por"Decode" que tocou apenas nos créditos finais. Apenas "I Caught Myself"tocou durante o filme mais é algo quase que imperceptível.Carter Burwell um novo gênio da música instrumental! E como podem estarpensando na possibilidade de retirar o Taylor do papel de Jacob? Ele é

Activity (11)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Natalia Viga added this note|
sera que vai ter o crepusculo 3
Natalia Viga added this note|
este é um dos melhores filmes
Suleides Batista liked this
André Costa liked this
Okizia Simoes liked this
Amilton Santos liked this
Annarya Vieira liked this
Taisa Sousa liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->