Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
3Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
1

1

Ratings: (0)|Views: 1,330|Likes:

More info:

Published by: Tiago A. Valsecchi Gregório on May 19, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

09/04/2013

pdf

text

original

 
92
Direito Civil Esquematizado
Eficácia da lei noespaço
Em razão da soberania estatal, a norma tem aplicação dentro do território delimitado pelasfronteiras do Estado. Esse
princípio da territorialidade
, entretanto, não é absoluto. A neces-sidade de regular relações entre nacionais e estrangeiros levou o Estado a permitir que a leiestrangeira tenha eficácia em seu território sem comprometer a soberania nacional, admitin-do, assim, o sistema da
extraterritorialidade
. O Brasil segue o sistema da
territorialidade mo-derada
, sujeita a regras especiais, que determinam quando e em que casos pode ser invoca-do o direito alienígena (LICC, arts. 7º. e s.).
3.12. QUESTÕES
1. (TJSP/Juiz de Direito/2006 — 179º Concurso/VUNESP) Considere as seguintes afirmações:
I. As leis, atos e sentenças de outro país terão eficácia no Brasil, quando não ofenderem asoberania nacional e a ordem pública, ainda que atentem contra os bons costumes;II. A lei nova, que estabeleça disposições gerais e especiais a par das já existentes, não re-voga nem modifica a lei anterior;III. A lei destinada à vigência temporária terá vigor até que outra a revogue;IV. As correções a texto de lei já em vigor consideram-se lei nova.Pode-se afirmar que são CORRETAS apenas:a) I, II e III.b) II e IV.c) II.d) I, II e IV.
Resposta
: “b”.
2. (TRT/2ª Reg./Juiz do Trabalho/2007) É correto dizer que:
I. Na aplicação da lei, o Juiz atenderá aos fins sociais a que ela se dirige e às exigências dobem comum.II. Quando a lei for omissa, o Juiz decidirá o caso de acordo com a analogia, a doutrina, a jurisprudência, os princípios gerais de direito, podendo também fundamentar suas ra-zões de decidir nos usos e costumes locais.III. Não se destinando a vigência temporária, a lei terá vigor até que a outra a modifique oua revogue.IV. A lei nova, que estabeleça disposições gerais ou especiais a par das já existentes, nãorevoga nem modifica lei anterior, salvo se expressamente o declare.V. A lei em vigor terá efeito imediato e geral, respeitados o ato jurídico perfeito, o direitoadquirido, a coisa julgada e o fim social a que se destina.Assinale a alternativa CORRETA:a) As alternativas II, IV estão incorretas e as alternativas I, III, IV estão corretas.b) As alternativas II, IV e V estão incorretas e as alternativas I e III estão corretas.c) As alternativas III e V são incorretas e as alternativas I, II e IV são corretas.d) Todas as alternativas estão incorretas.e) Todas as alternativas estão corretas.
Resposta
: “b”.
3. (TRT/2ª Reg./Juiz do Trabalho/2007) No que pertine à eficácia da lei no tempo e no espaço,prevê o nosso ordenamento jurídico que:
I. Salvo disposição contrária, a lei começa a vigorar em todo o país 45 dias depois de ofi-cialmente publicada.II. Em se tratando de sentença arbitral estrangeira, tem sua eficácia plena assegurada apósa sua homologação pelo Supremo Tribunal Federal ou conclusão de processo legislativoe promulgação pelo Presidente do Senado Federal.III. Nos estados estrangeiros, a obrigatoriedade da lei brasileira, quando admitida, se iniciatrês meses após oficialmente publicada.
 
93
 
Parte GeralIV. A lei nova, que estabeleça disposições gerais ou especiais a par das existentes, não revo-ga nem modifica a lei anterior.V. Aplicar-se-á a lei do país em que for domiciliado o proprietário, quanto aos bens móveisque ele trouxer ou se destinarem a transportes para outros lugares.Assinale a alternativa CORRETA:a) As alternativas II e V estão incorretas e as alternativas I, III e IV estão corretas.b) Apenas a alternativa V esincorreta e as alternativas I, II, III e IV estão corretas.c) Apenas a alternativa II está incorreta e as alternativas I, III, IV e V estão corretas.d) Todas as alternativas estão incorretas.e) Todas as alternativas estão corretas.
Resposta
: c.
4. (Procurador do Trabalho/2007) Complete com a opção CORRETA. Nos Estados estrangeiros,a obrigatoriedade da lei brasileira, quando admitida, se inicia ___________ depois de oficial-mente publicada.
a) 2 meses;b) 3 meses;c) 4 meses;d) 5 meses;e) não respondida.
Resposta
: “b”.
5. (MP/SP/Promotor de Justiça/2006) A Lei A, de vigência temporária, revoga expressamentea Lei B. Tendo a lei revogadora perdido a vigência, é certo que:
a) A lei revogada é automaticamente restaurada, já que a lei revogadora é temporária e osseus efeitos estavam apenas suspensos.b) A lei revogada é automaticamente restaurada, já que não se pode ficar sem lei.c) A lei revogada não se restaura por ter a lei revogadora perdido a vigência, porque nãoé admitido o princípio da comoriência.d) A lei revogada não se restaura por ter a lei revogadora perdido a vigência, salvo dispo-sição expressa neste sentido.e) Como não existe lei de vigência temporária, a revogação da anterior nunca teriaacontecido.
Resposta
: “d”.
6. (TRT/15ª Reg./Juiz do Trabalho/Campinas/2008) Assinale a alternativa CORRETA. A lei revo-gada não se restaura por ter a lei revogadora perdido a vigência, salvo disposição em contrá-rio (LICC). Havendo disposição em contrário, ocorre:
a) revogação;b) derrogação;c) ab-rogação;d) repristinação;e) anulação.
Resposta
: “d”.
7. (TRF/3ª Reg.-SP/MS/Juiz de Direito/2007) Assinale a alternativa CORRETA:
a) A eficácia de uma norma é condição de sua validade, mas não de sua vigência.b) A condição de validade de uma norma é a sua vigência imediata.c) Princípios jurídicos distinguem-se de normas por não implicarem em sanção na hipótesede seu descumprimento.d) Nenhuma das anteriores.
Resposta
: “d”.
 
94
Direito Civil Esquematizado
8. (MP/SP/Promotor de Justiça/2005, 84º Concurso) Quando o conflito normativo for passívelde solução mediante os critérios hierárquico, cronológico e da especialidade, estaremos dian-te de um caso de:
a) conflito normativo intertemporal.b) conflito jurídico-positivo de normas.c) conflito jurídico-negativo de normas.d) antinomia real.e) antinomia aparente.
Resposta
: e.
9. (TJSP/Juiz de Direito/2008/181º Concurso/VUNESP) O magistrado se encontra em situaçãode decisão da lide, mas as normas de direito positivo que lhe parecem aplicáveis à matéria semostram obscuras. Por outro lado, as regras seguidas pelo povo aparentariam contrariedadeao sistema positivo. Assinale a alternativa correta.
a) O juiz de direito deve aplicar, no julgamento da causa, as regras seguidas pelo povo,no caso.b) O juiz de direito deve extinguir o processo, sem decisão sobre o mérito, ante obscurida-de manifesta da lei.c) A sentença, na dúvida, deverá se mostrar contrária à pretensão deduzida pelo autor em juízo, de modo a não se verem feridas as regras seguidas pelo povo.d) A sentença deve ser dada mediante extensão da interpretação, buscando-se nela algu-ma norma aplicável a uma situação jurídica semelhante, ainda que diferente, ou princí-pio jurídico não positivado.
Resposta
: “d”.
10. (TJSP/Juiz de Direito/2004/176º Concurso) Analise as assertivas abaixo:
I. Quando houver conflito entre o critério hierárquico e o critério cronológico para a solu-ção de uma antinomia jurídica, estaremos diante de uma antinomia de segundo grau,que se resolve através da meta-regra de prevalência do critério temporal.II. Toda interpretação jurídica pressupõe a valoração objetivada na proposição normativa.III. Os conflitos de leis no espaço relativos aos direitos reais regem-se pelo princípio da ex-traterritorialidade.IV. Deparando com lacuna jurídica, o juiz, para seu preenchimento, deverá se valer da ana-logia, do costume e dos princípios gerais do direito.São CORRETAS apenas as assertivas:a) I e II.b) I e III.c) II e III.d) II e IV.
Resposta
: “d”.
11. (TRT/2ª Reg./Juiz do Trabalho/2005) À luz do ordenamento vigente, pode-se afirmar que:
I. A lei em vigor terá efeito imediato e geral, respeitados o ato jurídico perfeito, o direitoadquirido e a coisa julgada.II. Reputa-se ato jurídico perfeito o já consumado segundo a lei vigente ao tempo em quese efetuou.III. Consideram-se adquiridos assim o direito que o seu titular ou alguém por ele, possaexercer, como aqueles cujo começo do exercício tenha termo pré-fixo, ou condição pre-estabelecida inalterável, a árbitrio de outrem.IV. Chama-se coisa julgada ou caso julgado a decisão judicial de que já não caiba maisrecurso.V. A lei nova, que estabeleça disposições gerais a par das já existentes, revoga a lei anterior,salvo disposição em contrário.

Activity (3)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 thousand reads
1 hundred reads

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->