Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
4Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Trabalho rebites (André Cruz)

Trabalho rebites (André Cruz)

Ratings: (0)|Views: 1,996 |Likes:
Published by André Cruz

More info:

Published by: André Cruz on May 19, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/07/2012

pdf

text

original

 
Instituto de emprego e formação Profissional
ParafusosBrocas AnilhasPinosRebites para Aeronáutica
[15/12/2011]
Formador: José janeiroFormando: AndréCruz nº2
 
3
Índice
História do parafuso....................................................................................................3Introdução....................................................................................................................5Parafuso........................................................................................................................6Parafusos de Aviação............................................................................................... 10Outros tipos de parafusos em aviação................................................................... 12Identificação e códigos de parafusos em aeronáutica……………………………… 13Porcas de aeronaves……………………………………………………………………… 14Anilhas de aviação………………………………………………………………………….16Pinos para estruturas de aeronaves……………………………………………………..18Rebites………………………………………………………………………………………...19Tipos de rebitagem………………………………………………………………………….20Rebites em aeronaves……………………………………………………………………...23Conclusão…………………………………………………………………………………….37Bibliografia……………………………………………………………………………………38
 
3
História Do Parafuso
 NA ANTIGUIDADE, O MATEMÁTICO GREGO ARCHYTAS OF TARENTUM (428 - 350 AC.) FOI  RESPONSÁVEL PELA INVENÇÃO DO PARAFUSO. NO SÉCULO 10 AC. OS PARAFUSOS DE  MADEIRA FORAM USADOS EM TODO O MUNDO MEDITERRÂNEO EM DISPOSITIVOS COMO PRENSAS DE ÓLEO E DE VINHO. ARQUIMEDES ( 287 AC – 212 AC) DESENVOLVEU O PRINCÍPIO DA ROSCA E UTILIZOU-O PARA A CONSTRUÇÃO DE DISPOSITIVOS PARA A ELEVAÇÃO DE ÁGUA NA IRRIGAÇÃO. OS ROMANOS APLICARAM O PRINCÍPIO DE ARQUIMEDES PARA CONDUZIR MATERIAL EM MINAS. TAMBÉM EXISTEM EVIDÊNCIAS DE QUE COMPONENTES PARAFUSADOS  FORAM APLICADOS EM INSTRUMENTOS CIRÚRGICOS EM 79 AC. OS PARAFUSOS DE METAL SÓ APARECERAM NA EUROPA APARTIR DO ANO DE 1400.
O PARAFUSO PODE SER DEFINIDO COMO UM FIXADOR CILÍNDRICO,EXTERNAMENTE ROSQUEADO COM OU SEM CABEÇA.
 DE ACORDO COM REGISTROS HISTÓRICOS, O PARAFUSO ROSQUEADO SURGIU PORVOLTA DO SÉCULOS XV E ERA FEITO À MÃO.
ENTRETANTO, O PARAFUSO NÃO ROSQUEADOÉ BEM MAIS ANTIGO E MUITO MAIS LIMITADO QUANTO A APLICAÇÕES. NA ÉPOCA DOIMPÉRIO ROMANO, OS PARAFUSOS ERAM UTILIZADOS COMO PIVÔS PARA ABRIR EFECHAR PORTAS. OS REGISTROS HISTÓRICOS TAMBÉM APONTAM OS ROMANOS COMOOS PRIMEIROS A UTILIZAREM OS PREGOS PARA MADEIRA FEITOS DE BRONZE OUPRATA.PODEMOS SUPOR QUE FOI SÓ NA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL QUE AS PORCAS EPARAFUSOS TORNARAM-SE COMUNS ENTRE A FAMÍLIA DE FIXADORES. COM AINVENÇÃO DA MÁQUINA A VAPOR, EM 1765, POR JAMES WATT, QUE FICOU CLARA A A NECESSIDADE DE FIXADORES ROSQUEADOS PARA ASSEGURAR UM EFICIENTEDESEMPENHO MECÂNICO E UMA MONTAGEM MAIS FÁCIL.EM 1800, HENRY MAUDESLAY CONSTRUIU O PRIMEIRO EQUIPAMENTO QUEPOSSIBILITAVA A PRODUÇÃO DE PARAFUSOS E PORCAS COM QUALQUER PASSO EDIÂMETRO. (PASSO É A DISTÂNCIA DA CRISTA DE UM FIO DE ROSCA ATÉ A CRISTA DOPRÓXIMO FIO). COMO OS PARAFUSOS E PORCAS NÃO POSSUÍAM NORMALIZAÇÃO,FICAVA MUITO DIFÍCIL A MONTAGEM E DESMONTAGEM DE MÁQUINAS EEQUIPAMENTOS, UMA VEZ QUE CADA PARAFUSO ERA DIFERENTE DO OUTRO.EM 1801, WHITNEY ABRIU CAMINHO PARA A RESOLUÇÃO DESSE PROBLEMA. AINTERCAMBIALIDADE ENTRE AS PARTES PASSOU A SER ALMEJADA, POISPROPORCIONARIA RAPIDEZ E AGILIDADE NA MONTAGEM E DESMONTAGEM.A IDÉIA FOI TÃO BEM ACEITA QUE LOGO PASSOU A FAZER PARTE DE INVENÇÕESDE SUCESSO, TAIS COMO: PISTOLA SAMUEL COLT; MARTELO HIDRÁULICO, JAMES NASMITH; MÁQUINA DE COSTURA ELIAS HOUSE.POR VOLTA DO SÉCULOS XIX, WILLIAN WARD DESENVOLVER A MÁQUINA PARA OFORJAMENTO À QUENTE DE PORCAS E PARAFUSOS. NESSE PROCESSO, A MATÉRIA-

Activity (4)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Christiano Gomes liked this
Luiz Gustavo liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->