Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
8Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
NAEQ - Qabalah Inglesa

NAEQ - Qabalah Inglesa

Ratings: (0)|Views: 316|Likes:
Published by The Project Pleroma

More info:

Published by: The Project Pleroma on Jan 02, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/15/2013

pdf

text

original

 
OTO
Ordo Templi OrientisBrasil Acampamento LaylahSão Paulo/SP
A Qabalah Inglesa
 
A Qabalah Inglesa
 
 As informações contidas no texto foram tiradas da web. Existem diversos sites em inglêssobre o tema, como por exemplo a página de Frater 117, em www.thelema.nu. Estacompilação foi organizada e traduzida livremente por Frater B.’.128 (Luigi).
"Thou shalt obtain the order & value of the English Alphabet; thou shalt find new symbolsto attribute them unto."
Tu obterás a ordem & o valor do Alfabeto Inglês; tu encontrarás novos símbolos aos quaisatribuí-los.
- Liber AL II:55
A Qabalah Inglesa é um novo sistema guemátrico baseado no alfabeto inglês, de acordocom as instruções contidas no verso 55, capítulo II, do Liber
AL
. O sistema foi descobertoem novembro de 1976 por duas ordens iniciáticas thelêmicas.
A origem
Aleister Crowley escreveu diversos comentários sobre o texto do Livro da Lei, utilizando aqabalah hebraica, cóptica e grega para desvendar muitos de seus mistérios. Suas tentativasem encontrar um significado para o verso 55 do segundo capítulo levaram-no a fazer umacomparação com os pictogramas do Liber Trigrammaton. Entretanto, nos NovosComentários, o próprio Crowley declara: "As atribuições dadas pelo Liber Trigrammatonsão teoricamente boas, mas nenhuma qabalah de mérito surgiu daí."Em 1918, o "filho mágico" de Crowley, Frater Achad, encontrou uma chave bastante válidapara se entender o Livro da Lei, de acordo com sua tese publicada no Liber 31:
"Então eu percebi algo muito importante. Estava pensando em por que o A e o L foramescolhidos, ou melhor, porque o L, décima segunda letra do alfabeto hebraico deveriaseguir o A, a primeira"
Ele estava mais próximo da verdade do que imaginava. Apesar de não ter percebido naépoca, a décima segunda letra do alfabeto inglês também corresponde ao L. Assim, as letrasA e L guardavam as mesmas posições, tanto no alfabeto hebraico quanto no inglês.Depois que Achad cortou relações com Crowley, o assunto foi quase esquecido. Até que,na década de 70, foram feitas novas tentativas com o intuito de descobrir a Chave do LiberAL.Em 1976 alguns grupos iniciáticos começaram a estudar novamente com o Livro da Lei,tendo em vista as instruções do verso já citado. Duas ordens, trabalhando de formaindependente, descobriram a resposta simultaneamente: a O.Z.R.C.S e a T.T.S.
 
Depois de várias tentativas, membros das duas ordens decidiram procurar a chave mágickapor meio do número 11
1
. Contaram 11 letras a partir do A, chegando assim à letra L. Emseguida, continuaram a seqüência, chegando à letra W. Não por acaso, as três letras formamo anagrama da palavra LAW, lei, e também são as iniciais de "Azure Lidded Woman",Mulher de Pálpebras Azuis, ou Nuit (vide Liber AL I:19).Continuando, de 11 em 11, encontrou-se a seqüência completa de letras da QabalahInglesa:
 A=1 L=2 W=3 H=4 S=5 D=6 O=7 Z=8 K=9 V=10 G=11 R=12 C=13 N=14 Y=15 J=16 U=17 F=18 Q=19 B=20 M=21 X=22 I=23 T=24 E=25 P=26
 
Essa seqüência, quando posta em uma imagem, forma uma estrela:
Inúmeros grupos e indivíduos a partir dessa descoberta trabalharam com a cifra acima,sempre aplicando-a aos textos Classe A. O consenso foi total. Esta é a Qabalah prometidano verso 55, cap. 2, do Liber AL.
As provas
 
O texto do Liber AL contém um grande número de evidências que corroboram para validara Qabalah Inglesa. Para começar, temos o próprio nome do livro, AL. A terceira letra daseqüência, como demonstrado anteriormente, é o W, o que forma um anagrama da palavraLAW, a "lei" do título em inglês do livro.
1
Vide Liber AL I:60
(Meu número é 11, como todos os números deles que são de nós.)
 

Activity (8)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Michel Silva liked this
mikvirtuoso242 liked this
Lu Martins liked this
AstrologoBr liked this
IdelfonsoVidal liked this
ELISSON liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->