Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Entre a Doutrina e o Slogan

Entre a Doutrina e o Slogan

Ratings: (0)|Views: 47 |Likes:
Published by Elicio Gomes Lima
Vale destacar que o autor em questão procura analisar a difusão isolada de excerto e da fragmentação das obras de Paulo Freire que assistematicamente tornaram-se extremamente popular. Em decorrência da popularização os fragmentos ganharam vida própria, transformando num slogan educacional. Assim, a partir da influência dos slogans educadores passam a construírem práticas pedagógicas e práticas discursivas tomando o slogan como doutrina.
No entanto, o autor ressalta que os slogans difundem aspectos isolados de uma teoria, mas que exerce um papel simbólico unificador gerando um conjunto de princípios didáticos.
Dessa forma, o slogan converte-se em doutrina literal, símbolo de um movimento prático, nesse caso o slogan representa uma simplificação das idéias originais, apenas um fragmento de uma construção teórica bem mais ampla.
Portanto, em nossa visão (do grupo) o título justifica-se uma vez, que o texto e o próprio autor passam a refletir sobre as conseqüências das máximas como recurso discursivo e prático no campo educacional a relação entre a doutrina e o slogan.
Vale destacar que o autor em questão procura analisar a difusão isolada de excerto e da fragmentação das obras de Paulo Freire que assistematicamente tornaram-se extremamente popular. Em decorrência da popularização os fragmentos ganharam vida própria, transformando num slogan educacional. Assim, a partir da influência dos slogans educadores passam a construírem práticas pedagógicas e práticas discursivas tomando o slogan como doutrina.
No entanto, o autor ressalta que os slogans difundem aspectos isolados de uma teoria, mas que exerce um papel simbólico unificador gerando um conjunto de princípios didáticos.
Dessa forma, o slogan converte-se em doutrina literal, símbolo de um movimento prático, nesse caso o slogan representa uma simplificação das idéias originais, apenas um fragmento de uma construção teórica bem mais ampla.
Portanto, em nossa visão (do grupo) o título justifica-se uma vez, que o texto e o próprio autor passam a refletir sobre as conseqüências das máximas como recurso discursivo e prático no campo educacional a relação entre a doutrina e o slogan.

More info:

Published by: Elicio Gomes Lima on Jun 12, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/04/2012

pdf

text

original

 
 
ENTRE A DOUTRINA E O SLOGAN
 ENTRE LA DOCTRINA Y EL LEMABETWEEN THE DOCTRINE AND THE SLOGAN
Elicio Gomes LimaResenha analítica:
Texto:
A transformação daselaborações de Freire em máximas pedagógicas leva àtransposição mecânica e ilegítima de valores políticospara o âmbito escolar
- Autor:
 José Sérgio F. deCarvalho
 
Analytical review: Text: The transformation of elaborations on Freire's teaching leads to maximummechanical transposition and illegitimate political values to the school - Author: José Sérgio F. deCarvalho.
Revisión analítica: Texto: La transformación de las elaboraciones sobre la enseñanza de Freire lleva a la transposiciónmecánica máxima y los valores políticos ilegítimos a la escuela - Autor: José Sergio F. de Carvalho.
*
Mestre em Educação pela UNICAMP Universidade Estadual de Campinas/SP. Professorconvidado do UNASP-EC Centro Universitário Adventista de São Paulo e docente efetivo da redepública Estadual e Municipal de São Paulo. Contato: elicio.lima@bol.com.br.
 
ENTRE A DOUTRINA E O SLOGAN1. Justificativa: Título e Texto:
Vale destacar que o autor em questão procura analisar a difusão isolada de excerto e dafragmentação das obras de Paulo Freire que assistematicamente tornaram-se extremamente popular.Em decorrência da popularização os fragmentos ganharam vida própria, transformando num sloganeducacional. Assim, a partir da influência dos slogans educadores passam a construírem práticaspedagógicas e práticas discursivas tomando o slogan como doutrina.No entanto, o autor ressalta que os slogans difundem aspectos isolados de uma teoria, mas queexerce um papel simbólico unificador gerando um conjunto de princípios didáticos.Dessa forma, o slogan converte-se em doutrina literal, símbolo de um movimento prático, nessecaso o slogan representa uma simplificação das idéias originais, apenas um fragmento de umaconstrução teórica bem mais ampla.Portanto, em nossa visão (do grupo) o título justifica-se uma vez, que o texto e o próprio autorpassam a refletir sobre as conseqüências das máximas como recurso discursivo e prático no campoeducacional a relação entre a doutrina e o slogan.
2. Principais argumentos:
Ao apresentar a sua contraposição, refletindo sobre algumas conseqüências da popularização defragmentos da obra de Paulo Freire, o autor constrói uma argumentação para refutar e analisar aidéia das máximas (slogans) na obra de Paulo Freire, compreendidas como doutrina literal. Assim, anossa discussão procura destacar alguns pontos principais da argumentação estabelecida no textopor José Sérgio F. de Carvalho, vejamos:
·
 
Os slogans não oferecem uma elucidação teórica e conceitual da obra;
·
 
Cria símbolos unificadores e simplistas da realidade complexa;
·
 
Toma a forma de frases impactantes abstraídas dos seus contextos teóricos originais, quepassam a impregnar aleatória e genericamente os discursos e práticas pedagógicas;
·
 
Tem efeito retórico persuasivo com o objetivo de promover a identificação com umpossível núcleo fundamental de idéias e preceitos práticos;
 
·
 
Os slogans apresentam apenas um fragmento de uma construção teórica que em si mesma ébem mais ampla e complexa que as máximas extraídas das obras como fonte operacional;
·
 
Por apresentar uma formula concisa de persuasão, os slogans têm tido um papel importanteno que diz respeito ao engajamento de professores na elaboração de suas práticaspedagógicas no cotidiano escolar;Enfim, o autor argumenta que um slogan educacional pode exercer um duplo papel: Divulgarprincípios práticos e vincular fragmentos de teorias que passam a ser interpretados literalmentecomo fundamentos de concepção de educação.
3. Exemplos do texto:
Torna-se importante avaliar os slogans ao mesmo tempo enquanto uma asserção direta e enquantoum símbolo de um movimento social prático, sem confundir uma coisa com a outra.Um exemplo disso foi o destino dos slogans educacionais tanto de Dewey como de Paulo Freire:Divulgados inicialmente como símbolos das concepções didáticas e pedagógicas, expressões efrases de impactos ligadas a essas perspectivas educacionais passaram progressivamente a serinterpretadas literalmente, como se fossem argumentos que visassem a elucidação teórica a respeitode temas como o papel do professor, das instituições escolares e da aprendizagem dos alunos. Nessaperspectiva, o teor literal do slogan seria para despertar e cultivar nos alunos o interesse por novosmodos de pensamento e valores, por novas práticas de linguagens. Em relação aos professores teriao objetivo de reforçar a necessidade de buscar constantemente meios para tornar as aulas maisatraentes. Assim, seria legitimo que, embora rejeitando o slogan como doutrina liberal,aceitássemos suas preocupações programáticas ou um conjunto de práticas a ele associado.
4. Analise do cotidiano escolar exemplo:
Por essa perspectiva, tratando-se da escola pública na qual trabalhamos, (o grupo) decorre como umexemplo de doutrina literal os slogans que apresentam a idéia de autonomia infantil e deprotagonismo juvenil para a formação do cidadão.Contudo, a convergência dessas idéias de autonomia e protagonismo juvenil, fizeram do slogan umadoutrina literal, argumento utilizado para fundamentar a liberdade da criança, dos direitos dascrianças e da importância do ensino democratizado segundo os padrões oficiais.Ao avaliarmos de forma crítica o teor literal de um slogan, percebemos (na escola) que suapertinência está associada às condições especificas das escolas públicas, ou seja, as preocupaçõesprogramáticas e ao contexto estabelecido pelo estado em relação a escola oficial.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->