Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
11Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Direito e História - Uma Relação Equivocada - Por Godoy

Direito e História - Uma Relação Equivocada - Por Godoy

Ratings:

4.8

(15)
|Views: 4,333 |Likes:
Published by tsapadua1877
Demonstra o qual equívoca é a relação entre história e Direito, citando alguns manuais de Direito, que tal qual apontado por Walter Benjamin em suas famosas teses sobre o conceito de história, dá um "salto de tigre" em direção ao passado e abate a presa, trazendo-a ao presente para legitimar seus modelos.Excelente texto.
Demonstra o qual equívoca é a relação entre história e Direito, citando alguns manuais de Direito, que tal qual apontado por Walter Benjamin em suas famosas teses sobre o conceito de história, dá um "salto de tigre" em direção ao passado e abate a presa, trazendo-a ao presente para legitimar seus modelos.Excelente texto.

More info:

Categories:Types, Research
Published by: tsapadua1877 on Jan 05, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF or read online from Scribd
See more
See less

02/17/2013

 
 
 __________________________________________________________ 
DIREITO E HISTÓRIA: UMARELAÇÃO EQUIVOCADA
Arnaldo Sampaio de Moraes Godoy
___________________________________________________________________________
2003
 
 2 
SUMÁRIO
 
1. DIREITO E HISTÓRIA ..........................................................................2. DIREITO PROCESSUAL CIVIL .............................................................3. DIREITO PENAL ...................................................................................4. DIREITO CONSTITUCIONAL ................................................................5. DIREITO DO TRABALHO .....................................................................6. DIREITO PREVIDENCIÁRIO .................................................................7. DIREITO TRIBUTÁRIO E CIÊNCIA DAS FINANÇAS ............................8. DIREITO AMBIENTAL ...........................................................................9. DIREITO CIVIL ......................................................................................10. DIREITO COMERCIAL ........................................................................BIBLIOGRAFIA ........................................................................................
 
 2 
1. DIREITO E HISTÓRIA
Direito e história vivem uma relação equivocada. A forma como seescreve a história do direito presta-se mais a confirmar conclusões presentes do quea investigar situações concretas pretéritas. A historiografia jurídica suscita reflexõesem torno das relações entre direito e história, entre relato e verdade. O presentetrabalho pretende afirmar que a história do direito pode ter sido utilizada comoargumento, adereço retórico, ornamento, descrevendo menos e criando mais
1
, qualdiscurso legitimador, prenhe de conteúdo apologético
2
. À história do direito reserva-se a
triste tarefa de justificar e legitimar o direito atual 
3
,
função legitimadora 
4
.Disfarça-se todavia esse ônus empírico , alegando-se que a história do direitooxigena a cultura geral do operador jurídico, que alarga horizontes, que fomenta acompreensão do presente, que explicita a realidade ôntica da experiência jurídica,que revela mistérios, que apresenta exemplos, que prevê tempos vindouros.Trata-se de identificar a função da produção historiográfica, dafinalidade da história do direito. Concepções weberianas podem apontar justificativasde dominação tradicional
5
; o direito fundamentar-se-ia no passado, como indicadorde validade
6
, premissa recorrente na formatação da tradição romanística. Sentir
1
António M. Hespanha,
Panorama Histórico da Cultura Jurídica Européia 
, p.18.
2
Idem. Ibidem. p.19.
3
Ricardo Marcelo Fonseca, Walter Benjamin, a
Temporalidade e o Direito 
,
in
A Escola de Frankfurte o Direito, págs. 75-86. Trata-se de texto seminal para reflexões a propósito da historiografia jurídica, com importantíssima incursões em Walter Benjamin e em António M. Hespanha.
4
António M. Hespanha,
Poder e Instituições no Antigo Regime 
, p.12.
5
Max Weber, Sociologia, p.131.
6
Harold J. Berman e Charles Reid Jr.,
Max Weber as Legal Historian 
,
in
The
 
CambridgeCompanion to Max Weber, p. 226.

Activity (11)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
sergio231178 added this note
hist
Thiago Mota liked this
agostinobenilson liked this
Celeste Carvalho liked this
Celeste Carvalho liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->