Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Anti Hipertensivos 2011.1

Anti Hipertensivos 2011.1

Ratings: (0)|Views: 50 |Likes:
Published by Juciê Vasconcelos

More info:

Published by: Juciê Vasconcelos on Jun 15, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/31/2013

pdf

text

original

 
 
Anti-hipertensivos
Autor: Desconhecido (2011.1)
Entende-se por hipertensão arterial valores pressóricos maiores que 139\89mmhg,os tratamentos visam minimizar as conseqüências alongo prazo que a hipertensão arterial pode trazer,como tais conseqüências:danos ao músculo cardíaco,possibilidade dedesenvolvimento de insuficiência cardíaca,dano ao rim com conseqüente perda da função renal,dano aos olhos comoretinopatias,formações de placas de ateroma,o tratamento da hipertensão visa trazer o nível pressórico ao valor normal livrando oorganismo desses danos a longo prazo.A hipertensão pode ser dividida em dois tipos:-
Hipertensão essencial ou idiopática
,
-Hipertensão
 
secundária
que como o próprio nome já diz ela surge como uma conseqüência de algum outro problema de base,seja alguma alteraçãoanatômica cardiovascular,uso de drogas,algum problema endócrino,gestação,etc.Existem dois tipos de terapias porém que uma nãodeve ser feita na ausência da outra terapia não medicamentosa que visa basicamente na mudança do estilo de vida como ter umaalimentação saudável,praticar esportes,etc.E existe a terapia medicamentosa.
Bloqueadores dos canais de
 
cálcio
:O cálcio é um co-fator importante para a contração muscular,independente do tipo demúsculo(liso,estriado e esquelético),esse cálcio deve sair do retículo sarcoplasmático e entrar na célula para que esse processo decontração ocorra.Então como o próprio nome já diz essas drogas bloqueadoras vão bloquear os canais por onde o cálcio passa,essesbloqueadores foram sintetizados a partir do verapamil.Esses bloqueadores dos canais de cálcio se dividem em três grupos principais:
Diidropiridina
Nifedipina(oral e sublingual)
Benzotiazepinas
Diltiazem
Fenilalquilaminas
VerapamilDesses medicamentos os que são administrados por via sublingual são mais utilizados em situações emergenciais dada a rapidez que oseu efeito desenvolve,já os administrados por via oral são mais utilizados do ponto de vista ambulatorial,terapia convencional,nem todospodem ser administrados por via sublingual,esses medicamentos possuem um metabolismo de primeira passagem quandoadministrados por via oral,e se ligam bastante a proteínas plasmáticas.OBS:Na via oral a droga apresenta metabolismo de primeirapassagem indo para o fígado como um primeiro órgão ,e na via sublingual a droga é absorvida indo diretamente para a veia cava superiorindo para o coração e esse distribui para o organismo.São drogas que apresentam um certo grau de lipossolubilidade,e essa característica é importante para o mecanismo de ação dessasdrogas,essas drogas não bloqueiam o canal de cálcio na porção extracelular,
bloqueando o mesmo na porção intracelular
,então ela entrana célula possivelmente por difusão através da membrana plasmática e lá dentro bloqueiam o canal na porção interna dele,quanto maisativo for esse canal mais intenso será esse bloqueio.Esses canais de cálcio são voltagem dependente,eles precisam da corrente elétricado potencial de ação para que ele possa se abrir e o cálcio passar,o canal de cálcio que vai ser o alvo dessas drogas é o canal de
cálcio do
 
tipo L
(canal voltagem dependente).Esses canais vão ser encontrados nos músculos lisos,especialmente nos músculos lisos dos vasossanguíneos,e também vão ser encontrados no coração,então vai ser responsável tanto pela freqüência cardíaca como pela força decontração.A diferença entre esses fármacos é que uns
apresentam uma biodisponibilidade oral maior do que os outros
como a nifedipina que nãoé muito bem absorvida por via oral,essas drogas vão servir não apenas no controle da pressão arterial como também na prevenção daangina e nas arritmias cardíacas.
 
Esses canais são formados por quatro subunidades,duas subunidades alfa,uma gama e uma delta,e a ligação da droga é feita na porçãocitoplasmática do canal na subunidade alfa-1,então necessariamente essas drogas tem que atravessar a barreira lipídica e lá dentro seligar ao domínio citosólico interno.Essas drogas apresentam seletividades diferentes por leitos vasculares diferentes.Quando o canal de cálcio abre ele entra se associa a uma proteína chamada de
calmodulina
,e esse complexo cálcio x calmodulina vãoativar a cadeia leve de quinases da miosina.Essa proteína ativada como se trata de uma quinase da cadeia leve da miosina vai fosforilar,euma vez essa cadeia leve sendo fosforilada ela consegue se associar a actina e têm-se a contração do músculo liso.Quando o cálcio entrana célula do músculo liso do vaso que tudo isso ocorre a conseqüência final disso é a vasoconstrição,aumento da resistência vascularperiférica e consequentemente o aumento da pressão arterial.A lógica do tratamento com essas drogas é de impedir a entrada do cálciono músculo liso do vaso onde esse perde a capacidade de se contrair,a resistência vascular periférica diminui e a pressão arterial éreduzida se normalizando.O mecanismo de ação vai ser esse de bloquear a entrada do cálcio,então nos vasos sanguíneos o efeitoresultante é a diminuição da resistência vascular periférica e relaxamento,porém no coração também existem esses canais de cálcio queocasionam uma diminuição da freqüência e da força de contração,o cálcio é um elemento muito importante para o marca-passocardíaco.Drogas que aumentem o cálcio como os simpatomiméticos como
dobutamina
(coração)e
fenilefrina
(vasos)essas drogas podemreverter,antagonizar o efeito dos bloqueadores dos canais de cálcio,então esse bloqueio pode ser revertido por fármacos que aumentamas concentrações de cálcio,esse bloqueio é do tipo reversível,pois a medida que a droga vai sendo biotransformada e eliminada doorganismo esses canais voltam a permitir a passagem do cálcio.Essas drogas se ligam ao receptor acoplado a proteína G,esse receptorestimula a fosfolipase C que quebra o fosfolipídio da membrana gerando IP3 e DAG.O efeito final dessas drogas vai ser a
redução da pressão arterial
,esse é então um efeito comum em todos os bloqueadores dos canais decálcio,é importante lembrar que canais de cálcio vão se encontrar também em outras estruturas além do músculo liso dos vasos,omúsculo liso uterino,os brônquios e o trato gastrointestinal podem ser afetados.Uma droga que está sendo usada hoje em dia nos partosprematuros é a nifedipina,que bloqueia o canal de cálcio do tipo L que também está no útero,impede a entrada de cálcio no útero ondeesse consequentemente diminui a contração uterina.OBS:A nifedipina ou diidropiridinas de uma maneira em geral tem uma seletividademaior nos canais de cálcio do tipo L dos vasos,em segundo lugar vem o diltiazem(age no vaso porém prefere o músculo cardíaco) e porúltimo o verapamil(age somente no músculo cardíaco),onde esses dois últimos tem uma ação maior sobre o canal de cálcio tipo L domúsculo cardíaco(coração),então esses são mais usados para o tratamento das arritmias cardíacas,todos eles podem ser usados notratamento da angina e hipertensão.Diidropiridinas em especial a nifedipina devido suas ações sobre o músculo liso uterino pode serutilizada no parto prematuro,o ipratrópio que é usado na asma também é usado em partos prematuros,essa droga estimula receptoresbeta-2,bloqueia receptores muscarínicos,onde no pulmão promove broncodilatação e relaxa o músculo liso uterino.Como essas drogas bloqueiam canais de cálcio o efeito colateral esperado vai ser a
constipação
.A
nimodipina
(efeito neuroprotetorimportante) tem uma ação maior sobre os vasos sanguíneos da região cerebral,por isso acaba sendo uma droga muito bem usada apósprocesso isquêmico,essas drogas apresentam seletividades diferentes por leitos vasculares diferentes,pacientes que tem isquemiacerebral e que são tratados com nimodipina tem uma recuperação bem melhor do que pacientes que tiveram o mesmo episódio e foramtratados com outras diidropiridinas.Como essas drogas impedem a entrada de cálcio no coração isso acaba lentificando o processo detransmissão do impulso elétrico que é gerado no nodo sinoatrial e conduzido pela condução átrio ventricular,isso faz com que afreqüência cardíaca acabe diminuindo tendo-se um cronotropismo negativo que é útil no tratamento das arritmias e da angina.Essas drogas podem apresentar outros efeitos,como por exemplo o
verapamil
pode interferir com a liberação da insulina,pois com obloqueio do canal de cálcio esse é importante para a liberação de vesículas e neurotransmissores,nesse caso nas vesículas rica nessehormônio insulina,essa liberação de insulina prejudicada pode ser vista em paciente com diabetes visto que esse tem uma dificuldademaior em termo de concentração de insulina(o cálcio é um co-fator importante para fazer a exocitose da vesícula).Já foram observadostambém efeitos anti agregantes dessas drogas de uma maneira em geral,porém isso acaba sendo bom para o coração,um efeito cárdioprotetor que diminui a formação de trombos principalmente nas artérias coronárias isso deixa os vasos desobstruídos e aumenta o fluxo
 
sanguíneo coronariano.O verapamil inibe a ação da
glicoproteína P
,essa está presente em vários tecidos inclusive célulastumorais,nesses tecidos a glicoproteína P é uma proteína protetora,ela impede que a droga entre na célula,funciona como uma bombade efluxo quando uma substância entra na célula ela joga para fora,muitas vezes a resistência do tumor na ação dessa glicoproteína,quepega a droga tumoral e joga para fora da célula,por o verapamil inibir a ação dessa droga isso pode facilitar a entrada de uma droga anti-tumoral dentro de uma célula cancerígena,de tal maneira que essa proteína inativa não vai mais pegar essa droga e jogar para fora,e issopara o tratamento das células tumorais acaba sendo viável pois a célula perde a capacidade de se tornar resistente,essa glicoproteínaestá presente no barreira hematoencefálica,no rim,ela pode agir em células normais.Em termos de toxicidade essa se dá nos tecidos que acabam sendo alvos da ação dessas drogas,o músculo cardíaco que vai darbradicardia devido ao bloqueio átrio ventricular e falência cardíaca,obviamente que em doses mais elevadas,doses normais não fazemesses efeitos tão exuberantes,nos músculos lisos o que pode ser observado é uma ruborização devido a vasodilatação dos vasossuperficiais onde a pessoa acaba ficando mais avermelhada,pode apresentar edema principalmente de tornozelo,constipação etonteira.Quando se faz uso dessas drogas de hipertensão arterial o organismo tenta se adaptar a curto prazo pelo mecanismobarorreceptor e a longo prazo através dos rins,possivelmente o edema se dá pela adaptação dos rins que acaba retendo mais água,écomum a pessoa apresentar taquicardia reflexa como mecanismo compensatório barorreceptor ou a pessoa apresentar retenção hídricacomo uma compensação em nível renal.Os
principais usos clínicos
são do tratamento de doenças cardíacas e isquêmicas,tratamento da hipertensão arterial,arritmiascardíacas,angina do peito,parto prematuro,isquemia miocárdica,taquiarritmia supraventricular.O tratamento da isquemia miocárdicatanto pode ser a nifedipina como o verapamil,quanto o diltiazem,todos esses reduzem a pressão arterial,do parto prematuro é somentea nifedipina e da taquiarritmia supraventricular o diltiazem ou verapamil.Tanto o diltiazem como o verapamil tem uma biodisponibilidadeum pouco mais elevada por isso que são administrados por via oral.
OBS
:Na angina se tem um aumento do trabalho cardíaco,com uma diminuição do fluxo sanguíneo coronariano,a angina ou é tratada sediminuindo o trabalho cardíaco,ou se aumentando o fluxo ou as duas coisas ao mesmo tempo,se for dado as diidropiridinas elas agemaumentando o fluxo,pois são vasodilatadoras coronarianas,já se for o verapamil e diltiazem eles agem diminuindo o trabalho cardíaco.
Outros tipos de vasodilatadores
:Os vasos dilatadores costumam ser divididos quanto as suas vias de administração,em vasodilatadoresde administração oral e parenteral.
Oral
:Minoxidil,Hidralazina-Podem ser administrados como tratamento ambulatorial.
Parenteral
:Nitroprussiato de sódio(apenas esse dilata artérias e veias,é o mais potente de todos),Diazóxido,Fenoldopam,esses outrosdois só são vasodilatadores arteriais-São utilizados como tratamento emergencial.OBS:As drogas que são administradas por via sublingual devem ser lipossolúveis,não devem ser irritantes e não devem ter um gostodesagradável.
Minoxidil
:É o anti hipertensivo que pode ser administrado por via oral,é utilizado com propósitos estéticos,é uma droga que atua sobreos canais de
potássio
dos vasos sanguíneos,abre esses canais de potássio,como conseqüência as células do músculo liso sofrem umprocesso de hiperpolarização,perdendo a capacidade de se contrair e o vaso se dilata,tendo uma diminuição da resistência vascularperiférica.O
efeito hipotensor
do minoxidil é devido a dilatação desses vasos,então os mecanismos de compensação são a taquicardiareflexa devido a queda da pressão arterial(deve ser evitado em pacientes que tem angina,pois pode precipitar uma crise se o pacientetiver alguma obstrução na coronária,pois tem a diminuição da pressão arterial), a ativação do mecanismo barorreceptor acelera ocoração,retenção de sal e água e liberação de aldosterona que aumenta a reabsorção de sal e água nos túbulos e ductos coletores.Temuso mais estético do que necessariamente no tratamento da hipertensão arterial,pois um dos seus efeitos colaterais vai ser ahipertricose onde se aumenta o desenvolvimento de pêlos sendo então utilizados no tratamento da calvice,ocorre a dilatação do vaso dofolículo piloso,aumentando a nutrição do pêlo e esse então se desenvolve mais.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->